Corais, Bandas & Congados

Foto

Banda de Música São Vicente de Paulo - São Vicente/Baldim/Minas Gerais

Foto

Regente: Milton Henrique de Souza Brasil

O maestro Milton Henrique de Souza Brasil é formado pela Banda União dos Artistas de Sete Lagoas e tem ampla experiência em corporações musicais. Apresenta-se regularmente em festividades de cidades mineiras.

Release do Coral:

A Banda de Música São Vicente de Paulo é composta predominantemente por crianças apartir de 12 anos, jovens, e idosos e foi criado em abril de 2012.Mantida pela Associação Coral São Vicente de Paulo (ACOSVP), sócios, projetos do Governo e Prefeitura/ CRAS. Possui repertório basicamente de música clássica ao popular brasileira. Acredita que a boa música proporciona momentos de encantamento e alegria interior. A Banda foi instituída, inicialmente, apenas com a ideia de promover uma melhor integração entre a comunidade e músicos. Porém, aos poucos, o gosto pela música e o prazer de tocar extrapolou e o grupo já chegou a se apresentar em festas religiosas e populares da cidade e municípios vizinhos, eventos estaduais , entrega de instrumentos musicais promovido pela ACOSVP, encontro de Bandas na praça da Assembleia, e em outras instituições públicas; além de participar do FIC Assembleia Legislativa/MG, em 2013. Presidente Eduardo Eustáquio Pereira, Diretores Musicais, Gleice Vieira e Flávio Schultz.

Foto

Camerata Lux - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Luzia Antoniol

Bacharel em Música pela UFMG. Integrou por quinze anos o Ars Nova – Coral da UFMG, sob a regência do Maestro Carlos Alberto Pinto Fonseca, seu grande mestre, atuando como ensaiadora e chefe do naipe de sopranos. Conquistou as seguintes premiações em concursos internacionais: 3º lugar no II Concurso Internacional de Coros de Marktoberdof (Alemanha, 1991), 1º lugar no XLI Concurso Polifonico Internacional Guido d\'Arezzo (Itália, 1993) e o Grand Prix e 1º lugar no VII Concurso de Corais da Cidade de Atenas (Grécia, 1998). Integrou, também, o Coral Lírico de Minas Gerais onde atuou com maestros como Emílio de César, David Machado, Sérgio Magnani, Ângela Pinto Coelho, Afrânio Lacerda, Sílvio Viegas e Holger Kolodziej. É professora e coordenadora de Música do Colégio Santo Antônio. Lecionou Música e Canto na Faculdade de Filosofia e Teologia do Instituto Santo Inácio dos Jesuítas. É regente da Camerata Lux desde a sua fundação.

Release do Coral:

A Camerata Lux foi criada em 1999 por uma confraria de amigos apreciadores da música que desejavam celebrar sua harmoniosa convivência por meio da arte do canto coral. Desde então, o grupo vem se desenvolvendo artisticamente, visando sempre o aprimoramento de sua qualidade técnica. Além disso, a Camerata Lux tem por principal foco de atuação a pesquisa e divulgação de repertório polifônico a cappella. Neste sentido, contempla obras de diferentes estilos e épocas indo da Renascença a música folclórica e a música popular contemporânea. Realiza regularmente concertos em diferentes espaços culturais da capital mineira e de outras cidades brasileiras. Apresenta-se, também com regularidade, em festivais nacionais e internacionais de corais.

Foto

Coral Afro Thulany - Limeira /SP

Foto

Regente: José Donizeti dos Santos

José Donizeti dos Santos iniciou sua trajetoria musical aos 9 anos de idade onde fez parte do grupo Musikolor dirigido pelo então Maestro José Luis da Silva onde se mudou para Porto Alegre vindo a concluir sua formação na OSPA em P.Alegre, curso de percussão rítmica UNICAMP Campinas. Professor de musica na Einstein Faculdade Limeira SP 2009 até a presente data.

Release do Coral:

O Coral Afro Thulany nasceu em 02 de Fevereiro de 2002 na cidade de Limeira interior de São Paulo, em suas trajetoria representou Limeira no Mapa Cultural 2005/2006 participou do FIC 2009 e 2010 , participou do programa "Sons fa fé " na Band TV gravou seu primeiro CD no ano de 2012 , hoje conta com 40 coralistas de 08 anos a 72 anos trabalhando a diversidade em tons e sons.

Foto

Coral Bom Pastor - Cariacica/Espírito Santo

Foto

Regente: Max Carvalho

Max Carvalho iniciou-se profissionalmente como regente em 2008, com o então recém formado Coral Bom Pastor, inicialmente formando um grande coro intitulado Coral das Comunidades Católicas, com um número aproximado de 75 vozes e uma mini orquestra. Em 2009 Max assumiu o Coral Joaquim Lovatti substituindo o maestro Adolfo Alves, também foi convidado á reger o coral da Paróquia Sagrada Família neste mesmo ano. Foi convocado pela prefeitura de Marechal Floriano em 2010 para reger três corais, sendo eles o Coral Italiano Pio Bello de Araguaia, o Coral Criança Encanto da Escola em Marechal Floriano e o Coral São José de Santa Maria de Marechal. Participou também de vários eventos estaduais e nacionais, incluindo o Festival Internacional de Arraial do Cabo RJ, onde o Coral Joaquim Lovatti teve a oportunidade de cantar ao lado de grandes corais. Em Setembro de 2012 o Maestro Max Carvalho participou juntamente com o Coral Joaquim Lovatti no Festival Internacional de Corais do estado de Minas Gerais (FIC) em Homenagem a Carlos Drummond de Andrade. Em 2014 no FIC em homenagem ao futebol. Hoje o maestro Max Carvalho é regente de um total de 150 pessoas distribuídas em sete corais e também proprietário e professor da Escola de Música Max Music.

Release do Coral:

O Coral Bom Pastor de Campo Grande - Cariacica foi criado em agosto de 2008, sob o apoio da Paróquia Bom Pastor, na pessoa do Pároco Edemar Endringer. É conduzido e administrado pelo Maestro Max Carvalho. Formado em música pela FAMES (Faculdade de Música do Espírito Santo) pós-graduando em Regência pelo Instituto Superior de Educação Elvira Dayrell Iseed. Atualmente rege seis corais, entre Cariacica, Vila Velha e Marechal Floriano. Tendo o Coral Bom Pastor o primeiro de sua carreira. Repertório: Música Clássica, Sacra, Italiana, MPB e Natalinas. Apresentações: Em missas, formaturas, casamentos, eventos em geral, festivais. Finalidade: Levar a música a todas as classes sociais. Fazer disso um momento de cultura, alegria entretenimento familiar, até mesmo uma terapia... Conhecemos bem o efeito que a música tem principalmente sobre nossas emoções e o poder que ela tem de induzir estados emocionais

Foto

Coral Canarinhos de Santana - Mariana/MG

Foto

Regente: Maria Rita da Silva Cruz

Maestrina Maria Rita da Silva Cruz Marianense, casada mãe. Desde cedo interessada pela musica por ser filha de família de músicos. Sempre participou indiretamente de grupos musicais, até que em meados dos anos 80 ao perceber as necessidade de um grupo, que pudesse alegrar as missas Na comunidade Santíssima Trindade criou se então o Coral Canarinhos de Santana. onde resgata até nos dias de hoje adolescentes e jovens para um mundo melhor.

Release do Coral:

O Coral Canarinhos de Santana iniciou suas atividades em 08 de fevereiro de 1998 na cidade de Mariana ,sob a coordenação de Maria Rita da Silva Cruz. É formado por 30 adolescentes e jovens. O coral é bastante conhecido na cidade e nos distritos de Mariana. Participa de vários eventos culturais e religiosos. O nome do coral foi sugestão do ex Pároco Padre Paulo Barbosa que é o padrinho do grupo e a invocação à Senhora Santana que foi escolhida como sua protetora. Dentre várias apresentações do coral como festa de padroeiros, encontros de corais realizado em Mariana e apresentações em creches, asilo, hospital e inaugurações significativas uma se destacou. inauguração da revitalização da praça Tancredo Neves e da Praça Minas Gerais em Mariana o tom solene foi quebrado quando o então Ministro da Cultura Gilberto Gil acompanhou o coral com duas músicas de seu repertório. tivemos a honra de apresentar pela primeira vez no Encontro internacional de Corais (FIC) 2015, onde na oportunidade fizemos apresentações na casa do Lago na Pampulha BH e na igreja Nossa Senhora de Nazaré Cachoeira do Campo.

Foto

Coral da Associação São Vicente de Paulo - São Vicente/Baldim/Minas Gerais

Foto

Regente: Gleice de Fátima Vieira Fernandes

Gleice de Fátima Vieira Fernandes Iniciei minhas atividades musicais aos 10 anos de idade, quando tive interesse em aprender a tocar um instrumento musical. Meus pais me inscreveram assim na Corporação Musical da Companhia Cedro e Cachoeira em São Vicente –Baldim. Aprendi meus primeiros estudos de teoria musical com o Maestro Israel Teotônio Filho, após essa etapa cumprida, comecei os estudos referentes ao instrumento escolhido: Clarineta. Permaneci nesta Banda de Música por muitos anos até o seu término que se deu com o fechamento da Fábrica da Companhia Cedro e Cachoeira. Vindo de uma família amante da música comecei a cantar nas celebrações na Igreja. Graduada em Pedagogia e pós-graduada em Educação Infantil e Neurociência. Em 2013 estudou com a cantora católica Ziza Fernandes no curso Oficina Viva. Atualmente esta no 2° ano de curso de canto e Teoria com o Maestro Lucas Souza na escola de música Alegro Moderato em Sete Lagoas.

Release do Coral:

Surgiu em Janeiro de 2013 com o objetivo de integrar seus participantes e contribuir para a criação de uma comunidade mais fraterna através do Canto Coral, propiciando o desenvolvimento de um espírito de equipe coeso e solidário e que venha a fortalecer os serviços prestados pela a Associação. Sob a presidência de Eduardo Eustáquio e direção musical da maestrina Gleice Vieira, o Coral possui 20 cantores, com a idade de 10 a 70 anos e sobrevive através de mensalidades dos cantores e sócios, o Coral tem um repertório música sacra, folclórica e popular. Participamos do FIC 2015, onde foi realizado em nossa cidade o Mega Show do artista Marcus Viana.

Foto

Coral da Terceira Idade Lia Viana - Vespasiano/Minas Gerais

Foto

Regente: Márcia Alves

Márcia Alves é formada em Terapia Ocupacional pela UFMG. Atualmente desenvolve atividades artísticas como professora de canto coral e cantora solista do Grupo Contraponto. Estudou canto e percepção musical na Escola de Música da UEMG, e participou do Curso de Regência Coral ministrado pelo Maestro Márcio Miranda Pontes. Como corista, integrou diversos grupos como Corpo Coral Estável da UFMG, Coral da ASSEFAZ, Coral da Colônia Portuguesa, Coral Municipal de Vespasiano e o Coro de Câmara UNIMED BH.

Release do Coral:

O Coral da Terceira Idade Lia Viana é um projeto do serviço de convivência da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social do município de Vespasiano. O Coral possui 35 integrantes com idade entre 60 e 85 anos e traz em seu repertório músicas folclóricas, sacras, música popular brasileira e internacional. Neste ano de 2015 o Coral “Lia Viana” completou quinze anos de intensa atividade musical com apresentações em escolas, empresas, conferências municipais, festas religiosas e eventos culturais de Vespasiano como o Festival de Inverno, Concertos nas Igrejas, Concertos de Natal, etc. Em 2014 e 2015 gravou o Programa Dedo de Prosa da TV Horizonte com exibição em rede nacional pela TV Aparecida. Nas edições do FIC cantou e encantou no Teatro Municipal de Sabará, Catedral da Boa Viagem, Igreja N.Sra.das Dores, Igrejinha da Pampulha, Cidade Administrativa, Cine Teatro Capucho de Vespasiano, dentre outros lugares, sempre levando mensagem de alegria e vida através da música.

Foto

Coral de Tradição Italiana Joaquim Lovatti - Cariacica/Espirito Santo

Foto

Regente: Max Coutinho Carvalho

Max Carvalho iniciou-se profissionalmente como regente em 2008, com o então recém formado Coral Bom Pastor, inicialmente formando um grande coro intitulado Coral das Comunidades Católicas, com um número aproximado de 75 vozes e uma mini orquestra. Em 2009 Max assumiu o Coral Joaquim Lovatti substituindo o maestro Adolfo Alves, também foi convidado á reger o coral da Paróquia Sagrada Família neste mesmo ano. Foi convocado pela prefeitura de Marechal Floriano em 2010 para reger três corais, sendo eles o Coral Italiano Pio Bello de Araguaia, o Coral Criança Encanto da Escola em Marechal Floriano e o Coral São José de Santa Maria de Marechal. Participou também de vários eventos estaduais e nacionais, incluindo o Festival Internacional de Arraial do Cabo RJ, onde o Coral Joaquim Lovatti teve a oportunidade de cantar ao lado de grandes corais. Em Setembro de 2012 o Maestro Max Carvalho participou juntamente com o Coral Joaquim Lovatti no Festival Internacional de Corais do estado de Minas Gerais (FIC) em Homenagem a Carlos Drummond de Andrade. Hoje o maestro Max Carvalho é regente de um total de 150 pessoas distribuídas em sete corais e também proprietário e professor da Escola de Música Max Music.

Release do Coral:

“Coro de Tradição Italiana \"Joaquim Lovatti\" O Coro foi fundado em 1994, a princípio como um grupo de “cantoria” de canções italianas ensinadas pelas “nonas”. Porém, o desejo de preservar as tradições e costumes dos imigrantes fez surgir o então Coral “Voce D`Itália” que teve sua 1ª apresentação oficial no I Encontro de Descendentes de Italianos de Cariacica, evento realizado pela Associação de Moradores do Núcleo de Campo Grande - AMNCG. Posteriormente, em 1999 recebeu o nome de “Coro de Tradições Italianas Joaquim Lovatti”, em homenagem ao seu idealizador. É filiado a FECORES – Federação de Coros do ES, desde 10.09.1999. O Coro esteve, desde o início e por mais de 10 anos, sob a responsabilidade técnica do reconhecido maestro Adolfo Alves da Silva Filho. Atualmente responde pela direção técnica o regente Max C Carvalho. É mantido pela AMNCG que também coordena o Gruppo Folklorístico Tarantella, especializado em danças típicas da Itália. coro é composto atualmente por 22 componentes distribuídos nos naipes soprano, contralto, tenor e baixo. De seu repertório constam músicas folclóricas e populares italianas e nacionais, além de algumas peças sacras tradicionais do calendário natalino, semana santa, missas e cultos católicos e ecumênicos. O coro já se apresentou em diversos eventos culturais na Grande Vitória e em várias localidades do Espírito Santo, além de outros estados como Goiás, Sergipe, Encontro de Corais em Arraial do Cabo-Rj e FIC 2012.

Foto

Coral Flor da Terra - Francisco Badaró/Minas Gerais

Foto

Regente: Luciano Silveira

Luciano Silveira é ator , diretor e fundador da Companhia de teatro ÍCAROS DO VALE.Agente cultural, pesquisador da cultura do Vale do Jequitinhonha.É diretor também do Movimento de Artes Cênicas do Vale do Jequitinhonha e atualmente é Diretor da Companhia de teatro Ícaros do Vale .Coordena ainda os corais: Araras Grandes (Araçuaí), Nós de Minas (Coronel Murta), Bem ti ví (Virgem da Lapa).

Release do Coral:

O Coral FLOR DA TERRA é um grupo da cidade de Francisco Badaró que nasceu com objetivo de divulgar a cultura popular brasileira, especialmente a do Vale do Jequitinhonha. Formado por 30 integrantes o grupo já participou de vários eventos locais como o FESTIVALE. A partir de 2015 o coral começou a pesquisar músicas de domínio público dos tamborzeiros do rosário da cidade , rodas, vilão e grupos da dança do nove para acrescentar em seu repertório uma cultura mais próxima de sua realidade. O canto do Flor da Terra é um canto forte que alimenta a alma de todos que o escutam. Um canto que vem das terras do antigo arraial do SUCURIÚ.

Foto

Coral Gregoriano de Belo Horizonte - Belo Horizonte - Minas Gerais/MG

Foto

Regente: Maria das Dores Faustina Lage

Dorinha Lage é formada pela Escola de Música da UFMG e fez parte do Coro de Câmara da Escola de Música da UFMG e foi regente do Coral da Faculdade de Educação.

Release do Coral:

Além de cantar em várias missas em Belo Horizonte, o coral já participou de celebrações nas seguintes cidades do estado de Minas Gerais: Caeté, Campo Belo, Congonhas, Juiz de Fora (V Festival Internacional de Música Antiga e Música Colonial Brasileira), Lavras (1º Festival de Coros da Fundação Abraão Kasinski - FAK), Mariana, Ouro Preto, Santa Luzia, São João del Rei e em Barretos, no estado de São Paulo, na missa de Ação de Graças pelo aniversário do Dr. João Monteiro Filho, fundador da Rede Vida de Televisão, e Cabo Frio, no estado do Rio de Janeiro, e como parte das comemorações dos 10 anos de atividades, o coral cantou uma missa com os monges do Mosteiro de São Bento, na cidade do Rio de Janeiro.

Foto

Coral Infanto Juvenil Padre Paulo - Santo Antônio do Monte/Minas Grais

Foto

Regente: Igor Silva

Maestro Igor Silva Tem 27 anos e é professor há Dez anos. É formado em arranjo e composição e também está cursando Licenciatura em Historia. Toca vários instrumentos seja corda ou sopro, e está à frente do grupo há três meses, onde define Repertório e trabalha os arranjos de instrumentistas e Coralistas.

Release do Coral:

O coral faz parte do Projeto do Tempo integral da Escola Estadual Padre Paulo, foi formado no de 2017, com o objetivo de fomentar a Cultura do Canto Coral e ajudar na formação musical das Crianças. Já participou de apresentações no Colégio e eventos municipais, está com um repertório bem elaborado de Músicas Nacionais e pretende fazer bonito nesse primeiro Festival que irá Participar.

Foto

Coral IPSEMG - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Karina Cunha Haddad Faria

A maestrina Karina Cunha Haddad Faria rege o Coral IPSEMG desde 1998. É graduada em Piano pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG e tem atuado como Maestrina de corais desde 1992. Além de professora de canto, piano, teclado, flauta doce, musicalização infantil e teoria musical, Karina tem feito trabalhos como compositora e arranjadora. É professora de artes musicais do infantil no Colégio Logosófico González Pecothe.

Release do Coral:

O Coral IPSEMG nasceu em 10 de setembro de 1998, por iniciativa de servidores da Casa, na Divisão de Recursos Humanos (DVRH), atualmente Departamento de Desenvolvimento Humano (DEDH), integrando o projeto de valorização do servidor no âmbito do Instituto, com o objetivo de canalizar a energia de seus servidores para alcançar mais eficiência e eficácia, preocupando-se acentuadamente, nos dias de hoje, com o imprescindível resgate da auto-estima e da valorização de seus funcionários e, como conseqüência, melhorando sua qualidade de vida. O Coral fez sua estréia no mês de dezembro de 1998, no Hospital Governador Israel Pinheiro (HGIP), no Salão do Cruzeiro Esporte Clube (festa de Natal das crianças dos servidores), no Edifício-Sede e na Superintendência Odontológica (SUODONT) que atualmente é a Gerência Odontológica (GEODONT). Com o passar do tempo, foram-se agregando ao Coral membros de outras instituições do Estado – servidores aposentados – interessados em adquirir habilidades de canto, admitidos por meio de processos de seleção periódicos. Assim, apesar de estar voltado especialmente aos servidores deste Instituto, a participação no CORAL IPSEMG tornou-se aberta aos nossos segurados. Os ensaios acontecem às quintas-feiras, no horário de 13h15m às 15h15m, no Centro de Especialidades Médicas, à Rua Domingues Vieira nº 488, 2º andar, sala 116. Ao longo de sua história, o Coral IPSEMG vem constituindo um repertório variado que vai do estilo clássico ao canto popular brasileiro, sempre explorando a diversidade de sons e ritmos brasileiros e alguns de origem estrangeira. Além das apresentações nas Unidades do Instituto, o Coral atuou em uma série de solenidades, eventos e encontros culturais como I Encontro de Corais/IPSEMG; I e II Encontro de Corais de Órgãos Públicos promovido pela Assembléia Legislativa de Minas Gerais; IV e V Festival de Corais de Minas Gerais promovido pela FUMEC e sob o patrocínio da BELOTUR, Prefeitura de Belo Horizonte e SESC; concertos de música coral Quatro Cantos – Coral na Praça promovido pelo BDMG, missas de formaturas de servidores e filhos de servidores do IPSEMG, casamentos de servidores e filhos de servidores do IPSEMG, Semana do Servidor na Secretaria da Fazenda, dentre outros. Nossa Maestrina é Karina Cunha Haddad Faria, que está conosco desde a criação do Coral em 1998. É graduada em Piano pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG e tem atuado como Maestrina de corais desde 1992. Além de professora de canto, piano, teclado, flauta doce, musicalização infantil e teoria musical, Karina tem feito trabalhos como compositora e arranjadora. O Coral IPSEMG conta com o apoio do Sindicato do IPSEMG.

Foto

Coral Jovem SESC - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Flávia Campanha

Flávia Campanha adquiriu sua renomada experiência profissional atuando como maestrina nos municípios de Sabará e Belo Horizonte, dentre outros, nos seguintes corais: Coral Infantil, Juvenil e adulto Waldemar Baptista, Coral Adulto Júlia Pardini (regente auxiliar), Coral Juvenil Júlia Pardini, Juvenil e Adulto do Colégio Magnum Agostiniano e Coral da Orquestra de Câmara do Sesc Para agregar e solidificar seus conhecimentos, a maestrina participou de diversos cursos, laboratórios e oficinas no Brasil e no exterior. Atualmente rege o Coral Jovem Sesc e o seu Grupo infanto Juvenil desde a sua formação em 2012.

Release do Coral:

Formado em 2012, o Coral Jovem Sesc, em BH, é regido pela maestrina Flávia Campanha. É composto por 130 alunos com idades entre 10 e 18 anos. O Coral também é uma ação continuada de formação musical com caráter social, cultural e artístico. Compreende a formação e desenvolvimento de um grupo de canto coral e propõe vivências práticas diárias que experimentam o fazer musical e a convivência em grupo em torno de um objetivo artístico comum.

Foto

Coral Melodia - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Ronaldo Ponciano

Formação Acadêmica: 1999 - UEMG - Universidade do Estado e Minas Gerais; Escola de Música - Belo Horizonte/MG; Extensão de Regência Coral; Técnica Vocal - Análises e Estudos de Obras Corais; Prática Coral - Regência; Utilização do Computador Prática Musical. Experiência Profissional - Regência: Coral 100 Vozes - Assembleia Legislativa de Minas Gerais - ALMG, Coral Minas em Melodia (Clube da Maturidade), Coral Esperança (Centro de Apoio e Convivência Esperança), Coral Seicho No Iê e Coral Melodia (Associação dos Funcionários Fiscais do Estado de Minas Gerais).

Release do Coral:

Criação: março/2011; formação: maturidade; técnica: polifônico; estilo: misto; origem: independente; apoio: Associação dos Funcionários Fiscais do Estado de Minas Gerais - AFFEMG; Apresentações: + 40; ensaios: semanais (3ª feira); eventos (principais): Encontro de Corais/ALMG e \\\\\\\\\\\\\\\"Quatro Cantos\\\\\\\\\\\\\\\".

Foto

Coral Puer Singers - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Paulo Ricardo Castro Costa

Maestro e Fundador do Coral Puer Singers, Paulo iniciou-se na música aos 8 anos de idade como soprano no Coral SAMZ em Belo Horizonte, após 3 anos estudou teoria musical, flauta e piano clássico. Aos 15 anos iniciou os estudos de regência e aos 17 assumiu, como Regente Titular, o Coral Puer Singers e Coral Zaccaria. Aos 19, passou a frequentar cursos especializados em técnica vocal e regência e piano nas cidades de Belo Horizonte (MG),Curitiba (PR), Petrópolis (RJ) Novo Hamburgo, Porto Alegre e Gramado (RS), São Paulo (SP), Buenos Aires –Argentina – na EMBA (Escola de Música de Buenos Aires), na Universidade Nacional de Quilmes e na Universidade Nacional de Lanús e em Santiago - Chile- participou de Masterclass no Instituto Profissional Escuela Moderna de Música. Nesses 10 anos de regência participou de varios cursos de atualização em sua área de atuação, participando de festivais de inverno no Sul de Minas e em São Paulo. Além do Coral Puer Singers, regeu o Coro Octans Musical, o Coral Zaccaria, a Orquestra de Câmara de Ouro Preto, Coral dos Alunos da Escola de Música Padre Simões também em Ouro Preto e foi Instrutor Musical da Fundação Cultural de Minas Gerais. Hoje atua como Maestro e Diretor Artístico do Madrigal Scala de Belo Horizonte, além de ministrar aulas de piano, canto, flauta e teoria musical nos municípios de Belo Horizonte, Contagem, Sabará e Rio de Janeiro.

Release do Coral:

No intuito de difundir o canto-coral, o Coral Puer Singers-Jovens Cantores do IEMG foi criado pelo ex-aluno e Maestro Paulo Ricardo Castro Costa no ano de 2010. Desde então, nos últimos sete anos o coral tem se apresentado dentro e fora do estado, com um repertório totalmente eclético, passando por todos os períodos da história da música até atualidade. O Projeto Coral Puer Singers atente cerca de 400 alunos do Instituto de Educação de Minas Gerais, e conta com o apoio de parceiros para manter uma grade de aulas de Piano, Flauta, violino, canto, violão, dança e teatro além de possuir também uma grade de matérias teóricas. Fundado em 2010, o Coral Puer Singers fez em 2014 sua primeira tournée pelas cidades do estado do Rio de Janeiro e hoje se prepara para uma segunda tournée a se realizar em Julho, onde passará por todos os estados do Sudeste e Sul do Brasil onde promoverá concertos gratuitos e participará do primeiro festival de inverno de Canto Coral da cidade de Gramado-RS. Sob os pontos de vista técnico e artístico, o Coral Jovens Cantores do IEMG apresenta um repertório eclético, formado por composições de todos os períodos da História da Música Mundial, incluindo a Música Brasileira – Profana, Popular e Erudita – do Período Colonial ao Contemporâneo.

Foto

Coral Raio de Luz - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Daniel Rezende Lopes

Natural de Conselheiro Lafaiete – MG. Bacharel em Canto Lírico pela UFMG na Classe da Professora Dra. Luciana Monteiro de Castro. Interessado principalmente em Música Coral, atua constantemente como cantor nos principais coros de Minas Gerais: Coro Madrigale, Coral Ars Nova da UFMG e Coral Lírico de Minas Gerais; e já trabalhou com importantes maestros do cenário nacional como Fábio Mechetti, Marcos Arakaki, Sílvio Viegas, Lincoln Andrade e Arnon Oliveira. Integrou o Núcleo de Música Coral da UFMG nas funções de Regente, Musicalizador e Preparador Vocal. Lecionou Canto e Prática de Conjunto junto à Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (Itabira-MG). Regente Assistente do Coral BDMG, conduziu diversos concertos dedicados a Música Brasileira em Turnê pela Estrada Real. É Regente Titular do Coral Raio de Luz BDMG e do Coral Magis Loyola.

Release do Coral:

O “Coral Raio de Luz BDMG" foi criado em fevereiro de 2005 e faz parte do programa de responsabilidade social "Raio de Luz BDMG", idealizado e mantido pelo BDMG Cultural desde 1989 nas Obras Educativas Jardim Felicidade. O programa tem como objetivo abrir espaços para a promoção da arte e cultura às crianças e adolescentes com poucas condições socioeconômicas. O Coral Raio de Luz BDMG sob a regência do maestro João di Souza e acompanhado instrumentalmente pelo músico e compositor Marco Aurélio, participaram de vários eventos: - FIC - Festival de Corais e bandas (2015 e 2016) - Festa Tradicional Italiana (2009 e 2013) - Aniversário de 50 anos do BDMG Cultural (2012) - Apresentação na Semana da Cultura da Escola Trilha da Criança (2012 e 2013) - Apresentação de Natal do BDMG Cultural (2011, 2012 e etc.) - Lançamento do Selo Dom Virgílio Resi (2012) - Comemoração de aniversário de 35 anos das Obras Educativas Padre Giussani (2013) - Varias edições na Série Quatro Cantos Coral na Praça

Foto

Coral Sagrada Família - Vila Velha/Espirito Santo

Foto

Regente: Max Carvalho

Max Carvalho iniciou-se profissionalmente como regente em 2008, com o então recém formado Coral Bom Pastor, inicialmente formando um grande coro intitulado Coral das Comunidades Católicas, com um número aproximado de 75 vozes e uma mini orquestra. Em 2009 Max assumiu o Coral Joaquim Lovatti substituindo o maestro Adolfo Alves, também foi convidado á reger o coral da Paróquia Sagrada Família neste mesmo ano. Foi convocado pela prefeitura de Marechal Floriano em 2010 para reger três corais, sendo eles o Coral Italiano Pio Bello de Araguaia, o Coral Criança Encanto da Escola em Marechal Floriano e o Coral São José de Santa Maria de Marechal. Participou também de vários eventos estaduais e nacionais, incluindo o Festival Internacional de Arraial do Cabo RJ, onde o Coral Joaquim Lovatti teve a oportunidade de cantar ao lado de grandes corais. Em Setembro de 2012 o Maestro Max Carvalho participou juntamente com o Coral Joaquim Lovatti no Festival Internacional de Corais do estado de Minas Gerais (FIC) em Homenagem a Carlos Drummond de Andrade. Hoje o maestro Max Carvalho é regente de um total de 150 pessoas distribuídas em sete corais e também proprietário e professor da Escola de Música Max Music.

Release do Coral:

O Coral Sagrada Família é formado por um grupo de pessoas pertencentes à comunidade da Igreja Sagrada Família, situada em Vila Velha - ES. Sob a regência do maestro Max Carvalho, teve seu início em março de 2010 com objetivo de incentivar a comunidade maior participação no dia a dia da igreja e abrilhantar as celebrações ao som de cantos mais belos e elaborados.

Foto

Coral São José - Marechal Floriano /Espírito Santo

Foto

Regente: Max Carvalho

Max Carvalho iniciou-se profissionalmente como regente em 2008, com o então recém formado Coral Bom Pastor, inicialmente formando um grande coro intitulado Coral das Comunidades Católicas, com um número aproximado de 75 vozes e uma mini orquestra. Em 2009 Max assumiu o Coral Joaquim Lovatti substituindo o maestro Adolfo Alves, também foi convidado á reger o coral da Paróquia Sagrada Família neste mesmo ano. Foi convocado pela prefeitura de Marechal Floriano em 2010 para reger três corais, sendo eles o Coral Italiano Pio Bello de Araguaia, o Coral Criança Encanto da Escola em Marechal Floriano e o Coral São José de Santa Maria de Marechal. Participou também de vários eventos estaduais e nacionais, incluindo o Festival Internacional de Arraial do Cabo RJ, onde o Coral Joaquim Lovatti teve a oportunidade de cantar ao lado de grandes corais. Em Setembro de 2012 o Maestro Max Carvalho participou juntamente com o Coral Joaquim Lovatti no Festival Internacional de Corais do estado de Minas Gerais (FIC) em Homenagem a Carlos Drummond de Andrade. Hoje o maestro Max Carvalho é regente de um total de 150 pessoas distribuídas em sete corais e também proprietário e professor da Escola de Música Max Music.

Release do Coral:

O Coral de São José é formado por membros da Igreja Católica de São José, Paróquia de Sant’ana, da Arquidiocese de Vitória do Espírito Santo. O Coral São José iniciou seus trabalhos em 20 de março de 2012 com o objetivo de aperfeiçoar a música nas celebrações litúrgicas da Igreja de São José, da qual participamos e herdamos de nossos antepassados. Desde o seu início contou com a presença do maestro Max Carvalho na frente dos trabalhos do coral. E após a contratação do maestro pela prefeitura municipal de Marechal Floriano foi estendido o repertório para apresentações culturais com músicas de raiz e populares. Com isso, começamos a realizar apresentações não só em celebrações litúrgicas, mas também em eventos do município de Marechal Floriano e em outros municípios do estado do Espírito Santo, fazendo ecoar nos corações das pessoas as mais diversas letras e melodias. A nossa primeira apresentação aconteceu no festival Ítalo-Germânico realizado em 01 julho de 2012 no município de Marechal Floriano/ES. Depois os convites se estenderam para: * Festival Internacional de Inverno de Domingos Martins/ES em 2012 e 2013; * Brilho de Natal dos municípios de Marechal Floriano, Domingos Martins, Santa Maria de Jetibá, Cariacica e Vila Velha em 2012 e 2013; * Oficina de Música ministrada pelo Maestro Cláudio Modesto durante o Festival Internacional de Inverno de Domingos Martins 2013; * Festas Religiosas (Corpus Christi e do padroeiro São José) e Culturais (Festa do Café) no distrito de Santa Maria – Marechal Floriano/ES. * Além das missas nas comunidades da paróquia de Sant’ana. Atualmente o Coral São José, se reúne semanalmente para os ensaios, com a participação afinca dos coristas. Embora residirmos em uma comunidade do interior do município de Marechal Floriano/ES, onde o deslocamento é difícil, mesmo assim a participação dos coristas nos ensaios é perseverante. Temos hoje um coro formado de 29 coristas. Para ajudar nos custos do coral, realizamos rifas, roletas e nos organizamos para que todos possam participar dos nossos eventos. E ao sairmos da nossa casa, vamos ao encontro de outros corais para aperfeiçoarmos nossos conhecimentos e trocarmos experiências.

Foto

Coral Souza Marques - Rio de janeiro/Rio de Janeiro

Foto

Regente: Luiz Abreu

Maestro Luiz Abreu Formado em Educação Artística com habilitação em música pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Bacharel em Letras pela Faculdade Pedro II. Possui vários cursos de especialização em regência e canto. Atualmente, Maestro do Coral da ATAERJ, do Coral Eventus, do Coral da Fundação Souza Marques, ex-regente do Coral da Empresa Ampla. Participou de vários Festivais Internacionais de Coros na Europa e em 2001 coordenou o Workshop de Música Gospel na Iglesia Hispana Highland Covenant Church Seatle – USA. Em 2008 participou do Festival de Verão em Barcelona, tendo a oportunidade de reger o Coral de Advogados da Cidade.

Release do Coral:

O Coral Souza Marques é uma iniciativa da presidência da Fundação Técnico-Educacional Souza Marques, Professora Stella de Souza Marques Gomes Leal, criado com a finalidade de promover não só a educação artística de seus alunos como também do povo em geral. Desde sua organização até o presente momento, o Coral Souza Marques tem se apresentado em várias estados brasileiros como também em várias cidades do exterior há 30 anos. Ultimas apresentações: Encontro de Corais de Angra dos Reis-RJ, Encontro de Corais Conservatória-RJ, Apresentação no Forte de Copacabana- RJ.

Foto

Coral Total - Tres Coraçoes/MG

Foto

Regente: Mayara Silva Blanco

Mayara Blanco, natural de Americana-SP, iniciou seus estudos musicais aos oito anos no conservatório Estadual de musica de Varginha, fez piano clássico e logo após licenciou-se em musica na UNINCOR, em Três Corações, com habilitação em Canto Lírico. Foi, por 5 anos, maestrina do coro municipal de Caraguatatuba, que ja se apresentou diversas vezes no FIC, fez 4 turnês na Itália e atualmente professora do conservatorio estadual de música de Varginha- MG, colégio Alpha (grupo UNIS) e maestrina do Coral Total, da empresa Total Alimentos, da cidade de Tres Coraçoes- MG..

Release do Coral:

O Coral Total iniciou suas atividades em 2003, em Três Corações, composto somente por vozes masculinas. Contando com 60 integrantes, todos funcionários da empresa Total Alimentos, patrocinadora do projeto e com o principal objetivo de proporcionar aos seus colaboradores um momento de interação e entretenimento. Participou de Encontros de Corais nas cidades de São Lourenço, Caxambu, Cambuquira, São Bento Abade, Varginha, São Tomé das Letras, Juiz de Fora (MG), Saquarema, Barra Mansa (RJ), Alumínio (SP), entre outras. Além de diversas apresentações na cidade de Três Corações, como casamentos, missas, cultos evangélicos, cantatas de Natal, e durante eventos da Empresa Total Alimentos. Até dezembro de 2014 esteve sob a regência da maestrina Rosimeire Bernardes, que veio a falecer no ano seguinte. Durante este período o coral ficou inativo, realizando somente duas apresentações, sendo uma na SIPAT Total Alimentos e outra na cidade de São Bento Abade, onde prestaram uma carinhosa homenagem à saudosa e inesquecível maestrina Rosimeire Bernardes. O Coral retorna suas atividades em agosto de 2016, agora com 18 integrantes, sendo nove funcionários da Total Alimentos e nove convidados, sob a regência da maestrina Mayara Blanco, mas mantendo sua essência nas vozes masculinas.

Foto

Coral Voz Em Canto - Belo Horizonte/MG

Foto

Regente: Prof. João Adamor Neves

Prof. Adamor Neves lida com coral desde a época em que era estudante da PUC, tendo participado do coral do mesmo nome, sob a direção do Padre Nereu Teixeira. Nesta época criou o coral da Fundação Dom Silvério, em Congonhas, MG, onde trabalhou durante quatro anos, de 1973 a 1977. A seguir, transferiu-se para Viçosa, como professor, sendo convidado para criar o coral da Universidade, onde atuou durante seis anos. Parou de ser regente porque foi fazer doutorado no Reino Unido. Durante o período em que foi regente do coral da UFV,, Prof. Adamor participou de vários cursos de regência coral, de encontros estaduais de corais e seminários patrocinados pela FUNARTE, sobre técnicas de regência coral. Foi aluno de Carlos Alberto Fonseca, Eladio Pérez e Afrânio Lacerda. Devido a constantes mudanças, esteve na Europa, durante dezesseis anos, tendo participado de corais e cursos de regência em Stirling, Escócia e Lisboa, tendo sido o regente substituto do Coro Renascença, ligado à Rádio Renascença, da Arquidiocese de Lisboa. De volta ao Brasil, o regente Prof. Adamor foi para Fortaleza, onde criou o coral Tauape, tendo funcionado durante quatro anos. De lá, após se aposentar da universidade, transferiu-se para Uberlândia, onde criou outro coral que funcionou por cerca de quatro anos e meio.

Release do Coral:

O Voz Em Canto começou suas atividades em novembro de 2015, por iniciativa de seu regente, Prof. Adamor Neves, que acabava de se mudar de Uberlândia para cá. O vigário da igreja de Santa Efigênia, Padre Anderson, estimulou a criação do coral, oferecendo o espaço da salão paroquial para os ensaios. Com um mês de atividade o coral se apresentou no Natal de 2015 com apenas 8 integrantes. De lá para cá ele já se apresentou dez vezes, em locais diferentes e atualmente conta com 21 integrantes. Os ensaios acontecem duas vezes por semana e o coral canta um pouco de tudo, mas com ênfase na música popular, brasileira e internacional. Prof. Adamor lida com corais há bastante tempo e foi o fundador do coral UFV, da Universidade Federal de Viçosa, em 1978, o qual continua em atividades até hoje.

Foto

Coral Vozes do Vale do Paraopeba - Piedade do Paraopeba/Minas Gerais

Foto

Regente: Tania Caramaschi

Professora de música desde 1984. Formação musical pela FUMESO, Fundação Educacional de Olinda (Conservatório de Música) e pela UEMG. Estudou piano, violão, acordeon e canto clássico e popular. Criou o Espaço Cultural Arte Nossa, em Piedade do Paraopeba em 2011, visando trabalhos no Inhotim onde mistura música e dança num trabalho social outrora patrocinado pela Vale e atualmente caminhando sozinho.

Release do Coral:

O coral surgiu para um trabalho na Igreja Matriz de Nossa Senhora de Piedade com peças religiosas em 2012. O grupo formado na época gostou da experiencia e estamos cantando não apenas um repertório religioso mas também o clássico e popular. Tem duas apresentações fixas durante o ano. Uma acontece no dia das mães em maio e a cantata de natal em dezembro. Trabalhamos com apoio da Secretaria de Turismo e Cultura de Brumadinho, Vallourec e da comunidade local. O coral foi formado somente com pessoas da terceira idade mas devido a diminuição da terceira idade local estamos recebendo também os jovens interessados no canto coral. Temos participados de alguns festivais e encontros de corais na região adquirindo experiencias e conhecimentos nestes intercâmbios com outros corais.

Foto

Coro del Liceo Departamental de Maldonado - Maldonado/Uruguay

Foto

Regente: Alicia Noemí Capel Britos

Quien suscribe , Alicia Capel Directora de Coros en la ciudad de Maldonado tengo a mi cargo tanto Coros de Secundaria como del Instituto de Formación Docente de esta ciudad. También ejerzo como profesora de Educación Musical (Aula) en centros de Secundaria Públicos y Privados, dictando clases en los niveles de 1er año, 2do, 3er, y en Bachillerato Artístico de 5to y 6tos años. Egresada de Instituto de Profesores Artigas (en año 2001) Montevideo. He participado con Coros en festivales de Chajarí , Entre Ríos, Argentina , y en Nuevo Hamburgo, Brasil ,en festival organizado por el Coro Cantalomba de aquella ciudad.También he organizado y participado en Festivales Liceales y en Instituto de Formación Docente en nuestro Departamento y en Festival Internacional en Carmelo, Uruguay.

Release do Coral:

El Coro está integrado por alumnos de Bachillerato (segundo ciclo), que aprenden a cantar por imitación ya que la varios de ellos no poseen estudios musicales. Excepto aquellos estudiantes que pertenecen al Bachillerato de Artes, en el que reciben formación Musical. Se han presentado en festivales organizados en nuestra ciudad y en otros Departamentos , como en Festival Internacional organizado en la ciudad de Carmelo. Participan generalmente en actividades organizadas en nuestro Liceo , también en Instituto de Formación Docente de Maldonado y en Liceos Públicos y Privados de la zona.Nuestro Coro está integrado por Sopranos, Contraltos , Tenores y Bajos y Barítonos. El Repertorio es variado, incluyendo canciones de distintos estilos y géneros, desde el popuar y folklórico , hasta el académico.Cantando en distintos idiomas como el propio Español, Inglésy Latín. Actualmente integran este Coro unos 31 alumnos , quien suscribe Alicia Capel Directora del Coro, Licenciado Federico Rodríguez(Pianista acompañante) Y Nicolás San Martín (Percusionista)

Foto

Corporação Musical Nossa Senhora de Lourdes - Vespasiano /MG

Foto

Regente: Roberto Junior

Regente da Corporação Musical Nossa Senhora de Lourdes, na cidade mineira de Vespasiano, onde iniciou seus estudos de música, integra ainda o Quarteto de Saxofones Lund, ao Quarteto de Saxofones Monte Pascoal é Diretor da Escola de Artes Capitão Carambola/Vespasiano. Ainda estudante, deu continuidade à sua formação artística sob a orientação do professor Ivan Egídio, na Escola de Música da Universidade do Estado de Minas Gerais, onde concluiu o curso bacharelado em Música com habilitação em saxofone. Como instrumentista, participou no II Encontro Internacional de Bandas de Música em 2002, realizado pela Universidade Federal de Minas Gerais. Como saxofonista já se apresentou ao lado de grandes nomes da música instrumental brasileira, a exemplo de Chico Amaral, Teco Cardoso, Célio Balona, Nivaldo Ornelas, Márcio Bahia, Cléber Alves, Carlos Malta, dentre outro. Como regente já se apresentou em diversas cidades mineiras com a Corporação Musical Nossa Senhora de Lourdes e em 2014 realizou a primeira turnê pela Europa com a mesma, se apresentando em algumas cidades alemãs das quais destacam-se Ladau, Annweiler, Edenkoben e BadBergzabern. Como produtor cultural realiza diversas atividades dentro da Secretaria de Cultura da cidade Vespasiano, das quais se destaca o Festival de Inverno de Vespasiano - FIV.

Release do Coral:

A Corporação Musical Nossa Senhora de Lourdes aos longos de quase um século de sua existência, tem vivenciado importantes momentos da história musical mineira. Como protagonista dessa história, pode-se dizer que contribui significativamente para a tradição das bandas do nosso estado. Desde o seu nascimento, a Corporação tem prestados relevantes serviços à cidade de Vespasiano, como: apresentações em festividades cívicas, religiosas e de entretenimento. Ela também contribui para a formação de novos instrumentistas, uma vez que oferece concertos e atividades músico-educadoras, na promoção de aulas gratuitas e públicas aos interessados, o que fortalece ainda mais o seu compromisso social. Em setembro de 2014, por intermédio do Maestro da banda Kreisjugendorchester, o Sr. Dietmar Wiedmann, a Corporação realizou sua primeira turnê internacional pela a Europa. Nessa ocasião foram executadas peças de compositores brasileiros, ressaltando os autores da cidade de Vespasiano. No primeiro semestre de 2015 receberam a banda alemã e realizaram uma série de concertos nas cidades de Vespasiano e Pedro Leopoldo. Já em 2016, lançou o seu primeiro CD intitulado “Tocando Nossa História”. O disco contém 10 faixas de áudio com as obras de compositores que fizeram parte da história musical da Corporação, toda a tiragem será doada gratuitamente a todas as bandas registradas na Secretaria de Cultura do Estado de Minas Gerais. As obras gravadas, foram digitalizadas e disponibilizadas para impressão no formato PDF. O disco, não representa apenas um novo produto no mercado cultural, mas sim um auxílio na preservação da memória musical da cidade de Vespasiano. Com um repertório que vai desde dos tradicionais dobrados, perpassando pela música de concerto e popular nacional e internacional, a Corporação Nossa Senhora de Lourdes contagiará todo o público presente em uma grande atmosfera musical.

Foto

Grupo Angelus - Coral/Camerata - Caxambu/Minas Gerais

Foto

Regente: Jonhy da Silva Pinto

Johny da Silva Pinto (Regente titular): Membro atuante desde a fundação do Grupo Angelus, músico com formação em Clarinete, atuou como coordenador musical da Escola Municipal de Música de Caxambu - MG, Leciona Teoria Musical e aulas práticas de instrumento. Dedica-se à formação social e religiosa de crianças, jovens e adultos. Advogado formado pela Universidade Valse do Rio Verde - UNINCOR, campus Caxambu.

Release do Coral:

Grupo Angelus - Coral/ Camerata - Caxambu Atuante na Igreja e na Comunidade desde 18 de dezembro de 1994 tem como objetivo a Evangelização e Socialização através da Música, Integração, cultura e difusão da arte e da Fé bem como a divulgação de Nossa Terra e de nossa Gente. Criado por Izabelina Rocha Spinelli Batista tem como regente Jonhy da Silva Pinto, músicos e cantores juvenis que voluntariamente se dedicam arte musical nos mais variados estilos( Sacro-Clássico e Popular) participando de variados eventos pelo Brasil. Durante vários anos é participante do Festival Internacional de Belo Horizonte ( Em destaque) Canta Brasil, Solenidades Sacras e Civis, Casamentos, Cantatas e Encontros de corais. Incontáveis são os convites que chegam para variados eventos. Na formação de seus membros incluem as de Conservatório, particulares, fraternos e autodidatas. Destacam-se pela unidade de seus membros, harmonização, formação e dedicação. Mediadores do Amor e da Alegria cantam e tocam em eterna louvação. Paz e Bem!

Foto

Grupo Vocal Octocantos - São Manuel/São Paulo

Foto

Regente: Antonio Carlos Martorelli de Lima

Iniciou seus estudos musicais aos 7 anos, dentro de sua casa, por ser de uma família de musicistas. Seguiram-se vários anos de Piano, sempre com professores particulares em São Manuel e Botucatu. Por ocasião de sua estada em Piracicaba, onde graduou-se em Odontologia, ingressou na Escola de Música da Piracicaba. Nesse conservatório, que tinha como diretor artístico o Maestro Ernst Mahle, continuou seus estudos de Piano com a Profª Maria Helena Peixoto, completados com Orientação de Teoria Musical pelo Prof. Edmundo Hora. Teve aulas de Regência, Técnica Vocal e Canto Coral com a Profª Cintia Pinotti e cursou Flauta Transversal sob a orientação do Prof. Rafael Gobeth. Em 1991, aceitando a indicação dos próprios colegas do grupo, passou a dirigir o Coral São Manuel. No ano de 1994 atuou como regente convidado do Coral do Centro Cultural Brasil-Itália, em Botucatu. Em 1998 realizou a gravação, mixagem e lançamento do CD ECCHO. Atualmente é o regente o Octocantos.

Release do Coral:

A história do grupo Octocantos está intrinsicamente ligada ao Coral São Manuel. Nos idos dos anos 60, por iniciativa do compositor e regente Pe. José Girardi, Missionário da Consolata, unindo as vozes masculinas do Seminário Teológico e Filosófico Sta Teresinha às femininas da comunidade católica, criou-se o Coral Paroquial para embelezar as cerimônias da Semana Santa, Natal e outras festividades sempre ligadas à Igreja, aproveitando o material trazido pela Congregação. Em 1980 o Coral São Manuel tendo à frente as professoras Maria do Carmo de Oliveira Faraco e Amélia Ramos de Oliveira Faraco e com formação já não dependente do desativado Seminário, apresentou a 1.ª Vigília de Natal e, no ano seguinte, o I Concerto de Inverno, com músicas de Schubert, Mozart, Bach, Verdi, Lamartine Babo e Pixinguinha, entre outros. Sucederam-lhes, na direção, as professoras Elizabeth M. Nelli Santiago e Marisa Daniel Barbosa Carvalho. De 1991 a 2003, o Coral esteve sob a regência e Antonio Carlos Martorelli de Lima e atuou em diversas cidades, participando de missas e encontros ou apresentando concertos. Um grupo dentro do Coral São Manuel, formou, em janeiro de 2003, o Madrigal Ars Cantandi, com cerca de 18 elementos e executava obras de diversos períodos da história da música, essencialmente a cappella. Em 2105, um grupo de oito pessoas, entre interessados em música, somados a alguns integrantes dos antigos Coral São Manuel e Madrigal Ars Cantandi, continuando com a regência de Antonio Carlos Martorelli de Lima, formaram o Octocantos. O Coral São Manuel e o Madrigal Ars Cantandi participaram de encontros, festivais, missas e apresentações solo em São Manuel, cidades da região e São Paulo. No ano de 1998 gravou o CD “Eccho”, com repertório de músicas da Renascença e do período colonial brasileiro. Destacamos a participação na III Mostra Mackenzie de Música Sacra e no Festival Internacional de Música Sacra (Catedral Evangélica), ambos em São Paulo. No ano de 1998 gravou o CD “Eccho”, com repertório de músicas da Renascença e do período colonial brasileiro. O recente Grupo Vocal Octocantos já realizou vários concertos, entre eles, “Canções de Natal”, em dezembro de 2015; “Natal em Tempos e Cantos”, em dezembro de 2016,, “Pão da Vida, Sacrifício de amor”, em abril de 2017.

Foto

Imperial coro do Penedo - Penedo/Alagoas

Foto

Regente: José Manoel da Silva Junior

Maestro Manoel Junior, natural de Maceió/AL, há 08 anos atua na área de regência coral no Estado de Alagoas. Em sua carreira funcional Manoel Junior cursou com o Professor e Maestro André Vital da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Regência Barroca I e II. Participou do Curso de Regência com a Professora e Maestrina Valéria Matos da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Teve aprimoramentos de sua regência com o Maestro Gustavo Campos Lima, e participou do Curso de Extensão em Musica pela UFAL no Espaço Cultural. Atualmente é regente e ensaiador dos seguintes coros da capital das Alagoas: Imperial Coro do Penedo, Coro Ângelus e Coro Eru Dictus. Atua como Regente Adjunto, corista e ensaiador do Coro Prisma de Maceió; canta e é ensaiador do CORUFAL - Coro da Universidade Federal de Alagoas. Dos exercícios elementares de conhecimentos dos sons básicos à harmonia de todas as notas, o maestro Manoel Junior fez o caminho para alcançar esse Objetivo Máximo Definido: a música, a única linguagem que se sobrepõe à mística das guerras e das religiões.

Release do Coral:

O Imperial Coro do Penedo foi criado por um grupo de penedenses para desenvolver a cultura musical na região do Baixo São Francisco. Um coral independente que tem na sua estrutura formal 22 componentes, apresentando repertórios ecléticos dinâmicos com ênfase no nativismo nordestino, preparados com apoio técnico do maestro Manoel Junior, um jovem maceioense que dispõe de seu tempo integral para o Imperial Coro do Penedo. Um coral pequena empresa de produtores culturais exercitando ações culturais ousadas, inteirando um circuito musical que vai desde o centro de cultura musical, músicas educativas nas escolas e em empresas particulares, criação de novos grupos musicais, realizações de Festivais em Penedo com dimensão internacional de canto coral, e honrando a representação do Baixo São Francisco em festivais de outros países. EVENTOS DE DESTAQUE: 2005-Festival de Tradições Populares de Penedo – AL 2005 – 3º Festival Internacional de Corais em Belo Horizonte – MG 2005 - Festival de Tradições Populares em Penedo-AL 2005 - Festival de Coros de Penedo – AL 2006 - Festival em homenagem aos 50 anos da Cooperativa Pindorama – AL 2006 - Festival Internacional de Coros em Maringá – PR 2006 –Festival Nacional de Musica Sacra em Penedo– AL 2007 - Festival Nacional de Canto Coral em Penedo –AL 2007 -Festival de Canto Coral Empresas em Recife –PE 2008 - Festival Internacional de Corais em Belo Horizonte - MG 2008- Festival de Bom Jesus dos Navegantes em Penedo- AL 2009-Festival de Canto Coral em Penedo - AL 2010 - Festival Nacional de Canto Coral em Penedo- AL 2010 – Festival Internacional de Coros em Maceió – AL 2010-Festival de Canto Coral em Traipu –AL 2011-Festival Internacional de Corais em Recife –PE 2012-Festival Nacional de Canto Coral em João Pessoa-PB 2012- Festival Nacional de Coros em Maceió - AL 2013 - Natal de Luz em Penedo - AL 2014 - Festa de Bom Jesus dos Navegantes - Penedo - AL

Foto

Madrigal Scala - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Paulo Ricardo Castro Costa

Paulo Ricardo iniciou-se na música aos 8 anos de idade como soprano no Coral SAMZ em Belo Horizonte, após 3 anos estudou teoria musical, flauta e piano clássico. Aos 15 anos iniciou os estudos de regência e aos 17 assumiu, como Regente Titular, o Coral Puer Singers e Coral Zaccaria. Aos 20, passou a frequentar cursos especializados em técnica vocal e regência e piano nas cidades de Belo Horizonte (MG),Curitiba (PR), Petrópolis (RJ) Novo Hamburgo, Porto Alegre e Gramado (RS), São Paulo (SP), Buenos Aires –Argentina – na EMBA (Escola de Música de Buenos Aires), na Universidade Nacional de Quilmes e na Universidade Nacional de Lanús e em Santiago - Chile- participou de Masterclass no Instituto Profissional Escuela Moderna de Música. Nesses 10 anos de regência participou de varios cursos de atualização em sua área de atuação, participando de festivais de inverno no Sul de Minas e em São Paulo. Além do Coro Octans Musical regeu também o Coral Zaccaria, a Orquestra de Câmara de Ouro Preto, Coral dos Alunos da Escola de Música Padre Simões também em Ouro Preto e foi Instrutor Musical da Fundação Cultural de Minas Gerais. Hoje atua como Maestro e Diretor Artístico do Madrigal Scala de Belo Horizonte, Coral Puer Singers e Grupo Lyricus, além de ministrar aulas de piano, canto, flauta e teoria musical nos municípios de Belo Horizonte, Contagem, Sabará e Rio de Janeiro.

Release do Coral:

Iniciando suas atividades em Agosto de 1988, o MADRIGAL SCALA é, hoje, um dos principais coros amadores do Estado de Minas Gerais, não vinculado a qualquer instituição. Tem como regente titular o Maestro Paulo Ricardo Castro Costa, que é também responsável pelo preparo vocal e Direção Artística do gupo. O coro conta hoje com 40 coralistas. Sob os pontos de vista técnico e artístico, o Madrigal Scala apresenta um repertório eclético, formado por composições de todos os períodos da História da Música Mundial, incluindo a Música Brasileira – Profana, Popular e Erudita – do Período Colonial ao Contemporâneo, além de obras sinfônicas e obras sacras completas. Alguns dos principais ventos em que o grupo se fez presente: Festival de Corais do Vale dos Sinos – Canoas (RS), Festival Internacional de Corais de Cabo Frio (RJ), Festival Internacional de Corais de Juiz de Fora (MG), Festival Bach de Corais – São Lourenço (MG). Festival Internacional “Cantapueblo”, em Mendoza / Buenos Aires – Argentina; Coral convidado a encerrar a Terceira Convenção Nacional da Associação Brasileira de Regentes de Coros – em Goiânia/GO. Em 2003 gravou o seu primeiro CD. Em 2005, o Madrigal recebeu a “Medalha Santos Dumont”, grau Ouro, por se destacar em suas atividades no Estado de Minas Gerais. Em Agosto de 2010 realizou concertos na cidade de Santiago do Chile, nas Universidades Central e Mayor daquele pais e representou o Brasil no VI Festival Internacional de Coros Mario Baeza, em Valparaiso e Viña del Mar, também no Chile. O maestro Carlos Alberto Pinto Fonseca definiu como principais características do Madrigal Scala: acurada articulação do texto, precisão rítmica e notada musicalidade.