Corais

Foto

Camerata Lux - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Luzia Antoniol

Bacharel em Música pela UFMG. Integrou por quinze anos o Ars Nova – Coral da UFMG, sob a regência do Maestro Carlos Alberto Pinto Fonseca, seu grande mestre, atuando como ensaiadora e chefe do naipe de sopranos. Conquistou as seguintes premiações em concursos internacionais: 3º lugar no II Concurso Internacional de Coros de Marktoberdof (Alemanha, 1991), 1º lugar no XLI Concurso Polifonico Internacional Guido d\'Arezzo (Itália, 1993) e o Grand Prix e 1º lugar no VII Concurso de Corais da Cidade de Atenas (Grécia, 1998). Integrou, também, o Coral Lírico de Minas Gerais onde atuou com maestros como Emílio de César, David Machado, Sérgio Magnani, Ângela Pinto Coelho, Afrânio Lacerda, Sílvio Viegas e Holger Kolodziej. É professora e coordenadora de Música do Colégio Santo Antônio. Lecionou Música e Canto na Faculdade de Filosofia e Teologia do Instituto Santo Inácio dos Jesuítas. É regente da Camerata Lux desde a sua fundação.

Release do Coral:

A Camerata Lux foi criada em 1999 por uma confraria de amigos apreciadores da música que desejavam celebrar sua harmoniosa convivência por meio da arte do canto coral. Desde então, o grupo vem se desenvolvendo artisticamente, visando sempre o aprimoramento de sua qualidade técnica. Além disso, a Camerata Lux tem por principal foco de atuação a pesquisa e divulgação de repertório polifônico a cappella. Neste sentido, contempla obras de diferentes estilos e épocas indo da Renascença a música folclórica e a música popular contemporânea. Realiza regularmente concertos em diferentes espaços culturais da capital mineira e de outras cidades brasileiras. Apresenta-se, também com regularidade, em festivais nacionais e internacionais de corais.

Foto

Canta Cântaro - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Flávia Betti

Flávia Betti iniciou aos 4 anos de idade um trabalho de musicalização infantil. Dos 9 aos 14 anos estudou piano clássico quando então, entrou para o conservatório Livre de Aprendizagem Musical (C.L.A.M.).Paralelamente estudou bateria, flauta doce e teoria musical. Iniciou seus estudos de canto em 1984 com Jurgem Schrijfer e, desde então, é aluna de Thomas Adam, professor e canto terapeuta, responsável pela Escola do Desvendar da Voz no Brasil. Paralelamente, estudou canto com a professora Maria Isilda, com a maestrina Márcia Mafra Ferreira; regência e técnica vocal com Elza Lakschevitz,canto com Nedy Thomas e canto de câmara com Marta Herr. Publicou o livro "Brincando e Cantando com Crianças" volumes I e II e Cantarolã para crianças de 0 a 7 anos. É hoje referência nacional no trabalho com o Kântele e a música pentatônica para crianças, lecionando em diversos cursos de formação de professores na Pedagogia Waldorf e na rede estadual de ensino. Fundou o Grupo de Liras Acalanto (1996-2002), com o objetivo de desenvolver um trabalho social e terapêutico através da música. Com este grupo, se apresentou em hospitais e projetos sociais. Em 2000, fez o caminho de Santiago de Compostela tocando Lira nas catedrais. Foi cofundadora e coordenadora do Antropomúsica curso de ampliação musical através da antroposofia em 2007 e 2008. Participou dos I, II,III e IV Congressos Internacionais de Lira na Alemanha (2000), Estados Unidos (2003, Irlanda e Suécia, onde se apresentou com outras liristas brasileiras, representando o Brasil. Mora atualmente em Belo Horizonte e junto com Karla Polanczyk fundou o Cântaro – Centro de desenvolvimento musical, onde realizam cursos, workshops, palestras e atividades semanais de iniciação musical,grupos de canto, Kântele, Lira, harpa, piano, euritmia e outros Integrante do Kallíope Duo de Liras com Karla Polanczyck , com quem tem dado concertos e levado a música das Liras para diversos tipos de evento.

Release do Coral:

O Canta Cântaro já fez incontáveis apresentações em hospitais, escolas, aberturas de eventos, na Igreja de São Bento, Santíssima trindade, e em muitos teatros de Belo Horizonte tais como: Sesi Minas, Fundação de Educação Artística, Teatro da Assembleia, Teatro do Museu da Pampulha, Retiro das Pedras,Teatro do Colégio Estadual Central, para citar alguns. As fotos desses eventos podem ser vistas em nosso site www.cantaro.com.br Nas aulas de Canto Coral trabalhamos a partir do método da Escola do Desvendar da Voz, desenvolvido pela cantora sueca Valborg Werbeck-Svärdström (1879/1972) em estreito trabalho com Rudolf Steiner, que traz uma maneira muito diferenciada e harmoniosa de cuidar e desenvolver a voz. Ela pode ser usada com objetivos terapêuticos ou artísticos através de exercícios específicos. O Grande diferencial deste coral é que ele é acompanhado de um grupo de 25 liristas que cantam e tocam junto com o coral. A lira se parece com uma harpa de colo e possui 36 cordas. É o instrumento mais antigo de cordas de que se tem notícia. Num determinado momento da história da humanidade a lira desapareceu, tendo ressurgido com enorme força na Europa, no início do século passado pelas mãos do músico Edmund Pracht e do construtor de instrumentos Lothar Gäertner. Nosso grupo de Liristas participou de 5 Congressos internacionais de Liras tocando e representando o Brasil na Alemanha, Suécia, Irlanda, EUA e Alemanha novamente. Nosso repertório abrange músicas sacras, Bach, Mozart, músicas celtas e músicas populares brasileiras que são muito apreciadas no exterior como: Muié Rendeira, Bachianas no5, Passaredo, Trenzinho Caipira, Berimbau, trem das onze, etc. Em conversa com Lindomar pesquisei muito um local onde nosso coral poderia se apresentar dentro do FIC pois, por termos as Liristas precisamos de um espaço maior para nos acomodarmos e de uma boa acústica (as Liras são muito delicadas). Temos em torno de 50 músicos que se apresentam. Dependendo da data e disponibilidade. Assim, gostaria de pedir a gentileza de termos uma confirmação o mais breve possível. Eu e Lindomar encontramos um local adequando que pode nos receber. Fico no aguardo Obrigada Flávia Betti (regente)

Foto

Cantos de Minas - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Lindomar Gomes

Formado em Música pela UEMG e Palácio das Artes com pós graduação em Gestão Cultural pela PUC Minas desenvolve intensas atividades em prol do Canto Coral. Idealizador e curador do FIC Festival Internacional de Corais, representou o Brasil em festivais na Argentina, Cuba, Itália, Portugal e Venezuela. Recebeu do Governo Mineiro em 2012 a medalha da inconfidência pelos relevantes serviços prestados à cultura nacional.

Release do Coral:

O Coral Banda Cantos de Minas é formado por experientes musicistas oriundos das Escolas de Música do Palácio das Artes, Universidade do Estado de Minas Gerais e Universidade Federal de Minas Gerais. Idealizado pelo maestro Lindomar Gomes em 2006 tem uma extensa agenda nos eventos natalinos com acendimento das luzes em diversas cidades históricas. É o grupo âncora do projeto Festival Natalino Minascentro

Foto

Casa Voz - Grupo Vocal - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Eduardo Pio

Eduardo Pio é compositor, professor, instrumentista e arranjador musical. Bacharel em violão erudito pela Universidade Estadual de Minas Gerais - UEMG, atua também como guitarrista de jazz e de música popular brasileira. Atualmente é regente e produtor musical do Casa Voz Grupo Vocal, violonista e arranjador do grupo "Canções de Brechó", violonista do cantor Black Pio e prepara a gravação do seu primeiro CD autoral de samba e samba-rock. ? Trabalhou como arranjador, produtor e guitarrista do projeto “Black Sopa”, grupo pré-selecionado como finalista do Conexão Vivo 2011. Esteve entre os doze finalistas do XI Prêmio BDMG-Instrumental, apresentando-se para um júri composto de reconhecidos músicos, como Chico Amaral, Paulo Bellinati e Carlos Malta. Artista independente, conseguiu veicular suas músicas em programas da Rádio Inconfidência.

Release do Coral:

O CASA VOZ é um Grupo Vocal que tem sua sede no bairro Piratininga na região de Venda Nova em Belo Horizonte. O Corpo-vocal do grupo possui 9 integrantes. A direção artística do grupo, assim como a regência e arranjos é feita pelo músico Eduardo Pio. O Casa Voz tem por objetivo, preservar a “mineiridade” através do resgate e divulgação de canções de compositores e intérpretes mineiros mineiros como Milton Nascimento, Rubinho do Vale, Lô Borges, Clara Nunes, Vander Lee, dentre outros e canções “folclóricas” que remetam, de uma forma ou outra, às tradições culturais de Minas Gerais em seu vasto território. O Grupo Vocal busca em seu repertório um novo olhar, trabalhando arranjos contemporâneos que envolvem a linguagem vocal e corporal, envolvendo o som da voz com sons que são produzidos no corpo, integrando batidas rítmicas corporais as melodias cantadas. O Casa Voz no ano de 2010 se apresentou na PUC-MG e também no almoço de Natal do Restaurante Popular de Belo Horizonte, cuja apresentação foi transmitida nos jornais da Globo Minas e TV Minas. Em 2011 o Grupo-Vocal participou em 2 eventos relativos aos 300 anos de Venda Nova (Abertura Solene das festividades e Câmara Municipal de Belo Horizonte), novamente no Restaurante Popular (projeto Expresso Cultural), no FIC-Natal (Praça da Liberdade e na Feira de Artesanato da Av. Afonso Pena), no palco da Vila dos Sonhos (Evento da Coca-Cola realizado no Parque Municipal) e na 7ª Edição do Evento “Encontro Minas Na MPB” realizado no Sesc Palladium. Em 2012 se apresentou nos centros culturais de Venda Nova e Lagoa do Nado, além de participar do FIC 2012 levando a sua música para o interior de Minas Gerais (Ouro Preto e Sabará) e Belo Horizonte (Auditório PUC-MG, Palácio da Justiça, dentre outros). Informações: http://casavoz.wix.com/site

Foto

Chorus Vocalis - Caraguatatuba/São Paulo

Foto

Regente: Fernando Montemor

Professor Regente Fernando Montemor tem sua formação em regência de bandas e fanfarras pela SME do município de São Paulo em 1996, iniciando no mesmo ano projetos de canto coral nas escolas. Em 1999 passa a reger o coral municipal de Ilhabela, "Cellina \Pellizzari". Em 2000, ganha o concurso sobre o Padre José de Anchieta com o projeto "Canto da Ilha Sagrada", culminando na gravação de um CD com músicas de autoria própria e poemas em tupi arcaico de Anchieta, através desse projeto, o coral foi o único a receber um convite para realizar a missa de 500 anos do Brasil na igreja do pátio do colégio São Paulo, missa essa toda cantada em tupi. Em 2012 inicia projetos de canto coral pela SME de Caraguatatuba, formando um coral infantil e em 2013 inicia a formação do Chorus Vocalis, levando a MPB às escolas do município através do canto.

Release do Coral:

O Chorus Vocalils é um grupo infanto-juvenil formado por alunos do ensino fundamental II, da rede pública de Caraguatatuba que tem seu início em Março de 2013, com objetivo de inserção sócio cultural dos integrantes através da música (canto). O grupo vem realizando apresentações em eventos no município, e se preparando, para eventos regionais. O repertório é composto de músicas da MPB.

Foto

COMJA - Coral Municipal de Jaguariúna - Jaguariúna/São Paulo

Foto

Regente: Antonio Fraga

Antônio Fraga, estudou teoria e solfejo na Escola Paulista de Música; Regência com os maestros Luiz Roberto Borges, José Carlos Siqueira, Joaquim Paulo do Espírito Santo e participou de diversos cursos de Regência, Escolha de Repertório, Harmonia Coral, com professores como José Zula de Oliveira, Marilena de Oliveira, Marcos Júlio Sergl; estudou canto com Zuinglio Faustini, Helena Russo. Participou como corista e solista da Pró-Música Sacra de São Paulo por 10 anos, participando de várias peças em 1a. Audição no Brasil, tais como: Réquiem de Mozart, Paixão 2o. São João de Bach, A Criação de Heidn etc. Em São Paulo fundou e regeu os Corais Ars Livre; Coral Santo Antônio de Vila Ré; Coral Santana no Alto da Boa Vista; Coral Impresa e Coral da Sai-Sociedade Amigos de Interlagos; em 1995 mudou-se para Jaguariúna e fundou o COMJA - Coral Municipal de Jaguariúna, onde permanece até hoje!

Release do Coral:

O grupo iniciou suas atividades em 20 de novembro de 1996, a partir da iniciativa do maestro Antônio Fraga, até então com mais de 30 anos de experiência em Canto Coral e morador recente da cidade. Com elementos originários do Coral da Matriz de Santa Maria, estabeleceu uma nova mentalidade a nível de canto coral, partindo do principio que a música coral é desprovida de barreiras sociais, políticas ou religiosas. O COMJA como é conhecido, desde então tem participado de inúmeros Encontros e Festivais de Corais em todo o país destacando o 4o. Circuito de Corais em Diamantina MG; Encanta Blumenau -SC; Festival em Cruz da Almas - BA; além de ser anfitrião em mais de 15 Encontros de Corais realizados na cidade de Jaguariúna, inclusive por dois (2) anos seguidos, sediou a modalidade Canto Coral do Mapa Cultural Paulista, que é um projeto da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, que visa mapear todas as produções artísticas no estados em 9 modalidades, é o representante oficial do município na modalidade Canto Coral, tendo sido agraciado várias vezes! Seu estilo é Canto a Capella, 4 vozes mistas!

Foto

Coral AABB-BH - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Leo Cunha

Leonardo Cunha é mestre em Música e bacharel em Violino pela Escola de Música da UFMG. O seu currículo é ilustrado pela constante participação entre a música erudita, onde participa como solista e regente de orquestras e corais, e a música popular onde atua tocando, fazendo arranjos, gravando, dirigindo e produzindo diversos artistas, o que lhe rendeu uma indicação ao Prêmio TIM da Música Brasileira 2008. Produziu e fez direção musical de várias peças teatrais, e compôs e arranjou canções para espetáculos, encontros e festivais em Minas Gerais. Entre os artistas com quem atuou, podemos citar: Hermeto Pascoal, Toninho Horta, Roberto Menescal, Emílio Santiago, Leila Pinheiro, Danilo Caymi, Derico Sciotti, Wanda Sá, Celso Adolfo, Daniela Mercury, Fafá de Belém, entre outros. No mês de Julho de 2008 lançou um livro de arranjos de música brasileira para coral, entitulado "MPB a Quatro Vozes", que já está sendo utilizado por vários corais no Brasil e no exterior. Atualmente rege a Orquestra de Câmara OPUS, a Orquestra Jovem de Nova Lima, o Coral da AABB/BH, Coral da Colônia Portuguesa e o Coral da GEPES-BB.

Release do Coral:

O “Coral AABB-BH” é patrocinado pela Associação Atlética do Banco do Brasil, de Belo Horizonte-MG e foi fundado em 2002. É composto, atualmente, de 32 elementos e é regido pelo maestro Leonardo Cunha. É constituído por associados da AABB, aposentados do Banco do Brasil e seus parentes e membros da comunidade local. Seu estilo musical é variado: bossa nova, samba, canções folclóricas, clássicos, gospel, etc. Em Março de 2.010 lançamos nosso primeiro CD composto por músicas de Fernando Brant e Leonardo Cunha, Flavio Venturini, Lô Borges, Ary Barroso, Sá e Guarabyra, Marcos Valle, Noel Rosa., etc... O “CORAL DA AABB-BH” tem tido destaque no cenário musical mineiro e participa sempre do FIC (Fertival Internacional de Corais) de Belo Horizonte, Assembléia Legislativa, Agências do Banco do Brasil, e outros eventos diversos, além de participação em festivais de corais de outras cidades, como a de Caxambu (MG) e Conservatória (RJ). Vejam as apresentações no youtube, através do endereço: http://www.youtube.com/watch?v=MDi1LzC0ahE&feature=relmfu E outras mais, a partir deste.

Foto

Coral Alegria de Cantar - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Cristina Maria Bello

A regente Cristina Bello é filha de músico e iniciou sua formação musical com o próprio pai,dede cedo.É professora de música e também rege o coral do Ministério Público de Minas Gerais.Com vasto conhecimento musical ,estudou com os melhores mestres de Belo Horizonte.Certamente o maestro Lindomar ,melhor que ninguém ,conhece seu trabalho.

Release do Coral:

O Coral Alegria de Cantar é sediado em Belo Horizonte a mais de 12 anos.Coral de terceira Idade de predominância feminina,canta desde o clássico ao popular.Filiado a Associação Brasileira de corais da melhor idade ,conta com 35 participantes.Já cantou em várias cidades mineiras como São João Del Rei,Mariana,São Lourenço e muitas outras.Participou de festivais de coral nos estados do rio de Janeiro (conservatória).Tem gravado um CD(Outono em Canto) e prepara-se para a gravação de seu segundo CD.Participou de todas as edições do FIC

Foto

Coral Alunos Pais e Funcionários Col. S. Doroteia - Belo Horizonte/MG

Foto

Regente: Cláudia Duarte Cândido

A maestrina Cláudia Duarte formou-se na UEMG (Universidade Estadual de Minas Gerais) e atuou durante um ano e meio como violinista convidada na Orquestra Sinfônica de Minas Gerais.

Release do Coral:

- Vem participando anualmente das edições do FIC. - Participou da gravação de 3 CDs, resultado da parceria com o cantor e compositor Rubinho do Vale. São eles: Verde Maravilha (2002), Trem da História (2005) e Natureza em Canto (2009). - Em 2012 gravaou o CD comemorativos dos 50 anos do Colégio Santa Dorotéia. - Soba a condução da maestrina Cláudia Duarte, o coral já se apresentou ao lados de consagrados cantores mineiros, dentre eles: Paulinho Pedra Azul, Celso Adolfo, Saulo Laranjeiras, Rubinho do Vale, Pereira da Viola e Dércio Marques.

Foto

Coral Arte & Canto da PBH - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Kézia Vieira Lima Ferreira

Estudou Canto lírico e Regência no Centro de Formação Artística do Palácio das Artes, sendo aluna de regência do professor e maestro Márcio Miranda. É graduada também em Ciências Biológicas. Atua como professora de canto e técnica vocal, acompanhando cantores e grupos vocais. É Regente do coral Arte & Canto da Prefeitura de Belo Horizonte e do Coral infantil Unimed da Escola Municipal São Rafael.

Release do Coral:

O coral Arte & Canto é formado por funcionários da Prefeitura de Belo Horizonte, fazendo parte do programa Qualidade de Vida de incentivo à saúde do servidor. O coral já apresentou em escolas, eventos oficias, igrejas, teatros, festivais de corais e em algumas cidades de MG. O mesmo também já trabalhou com peças musicais em forma de teatro apresentando o musical: A alegria do Natal e agora está inovando através da dança. O repertório utiliza todos os tipos musicais.

Foto

Coral Artistas da Paz da Melhor Idade - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Gislene Rigamont

Pós-graduada em Gerenciamento de Projetos pelo Pitágoras (2013) e graduada em Licenciatura em Música pela UEMG (2005). Atua como regente do coral desde 2008. Atualmente também está na coordenação da Escola de Música da Sociedade Cruz de Malta, um projeto em parceria com Prefeitura de Belo Horizonte. Professora de piano, teclado e musicalização infantil, em escolas de músicas em Belo Horizonte e região.

Release do Coral:

O Coral Artistas da Paz da Melhor Idade é um projeto da Fundação Guimarães Rosa em parceria com a Sociedade Cruz de Malta, que assiste moradores do Aglomerado Morro das Pedras desde agosto de 2005. Está inserido no programa: Artistas da Paz: Cidadania e Segurança também se fazem com Música. O Coral tem se apresentado em muitas manifestações artísticas culturais em Belo Horizonte bem como regiões metropolitanas, em espaços como: Praça da Liberdade, Rodoviária de BH, CERSAN, Regionais da Prefeitura, Museus, Asilos dentre outros.

Foto

Coral Artistas da Paz Infanto Juvenil - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Reinaldo Araújo

Formado em Licenciatura pela Universidade do Estado de Minas Gerais. Iniciou seus estudos aos 14 anos no interior de Minas Gerais, na cidade de Bueno Brandão. Atuante no Aristas da Paz a mais de 6 anos, além de reger o Coro Infanto Juvenil trabalha também com oficina de violão, flauta e música em grupo.

Release do Coral:

Composto por crianças e adolescentes da comunidade do Morro das Pedras em Belo Horizonte, o Coral Artistas da Paz completa 10 anos de atuação em 2013. Fruto de uma parceria entre a Fundação Guimarães Rosa e a Sociedade Cruz de Malta, o programa \"Artistas da Paz - Cidadania e segurança também se fazem com música\" através do projeto Coro Infanto Juvenil já se apresentou na Praça da Liberdade, Palácio da Artes, Palácio do Governador, Câmara dos Vereadores, em outras edições do FIC e na inauguração da Igreja São João Batista em Brasília.

Foto

Coral ASES - MG - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Rodrigo Garcia

Formado em Regência pela Escola de Musica da UFMG, onde cursa bacharelado em Violoncelo e Composição. Regente Titular do Coral Ases MG desde 2008, e também de diversos outros corais de Belo Horizonte (atualmente 'Vozes da Liberdade - PRMG, Madrigal Cura d'Ars' e 'Grupo Orguel Musical'). Rodrigo também participou de diversos eventos como regente, violoncelista, guitarrista, arranjador, produtor e compositor, tendo o prazer de trabalhar com grandes nomes da música brasileira como Alceu Valença, Paulinho Santos e Décio Ramos do Uakti, Cálix, Cartoon, Aggeu Marques, Renato Savassi e a Orquestra Ouro Preto (incluindo Homenagem aos Beatles em Liverpool). Fundador da Orquestra Sinfônica Libertas com a qual pode fazer alguns concertos com casa lotada no Palácio das Artes em homenagem aos Beatles.

Release do Coral:

O Coral ASES -MG foi criado em Abril de 2008 por funcionários do Serpro/BH em busca de uma atividade que proporcionasse melhor qualidade de vida e socialização através da música. Composto por 38 integrantes e sob a regência do maestro Rodrigo Garcia desde a sua fundação, o coral tem se apresentado na empresa Serpro, onde trabalham os seus integrantes, nos eventos promovidos pela Ases (Associação dos Empregados do Serpro - Belo Horizonte), festivais, encontros e instituições na comunidade. Agora, em sua terceira participação no FIC e contando com um repertório diferenciado, em músicas populares, queremos dar voz aos excelentes compositores de MG e do Brasil. SLOGAN: "Nas montanhas, cantar é emoção..."

Foto

Coral Astra - Jundiaí/São Paulo

Foto

Regente: Vastí Atique

VASTÍ ATIQUE - Mestre em Música pela UNICAMP e e Bacharel em Música pela FAAM. Participou de diversos cursos de regência coral e orquestral com os maestros Hans Peter Schurz (Alemanha), Kurt Mazur (Alemanha – EUA), Rodney Eichenberger (EUA), Gunta Malevica (Letônia) e Osvaldo Ferreira (Portugal). No exterior participou do curso “Creating Artistry na Butler University com o maestro Henry Leck (Indianápolis – EUA 2000 e 2007) e na Associación Orff España – Musica Y Movimento en la Educación – Curso Internacional de Verano (Madri - 07/2012). Obteve a menção honrosa de “Melhor Regente” no Mapa Cultural Paulista 2005/2006. Exerceu a coordenação musical do Projeto “Sons e Cenas”, programa de educação musical nas escolas municipais de período integral de Jundia em 2011 e 2012. .É regente e diretora musical dos corais: Madrigal Vivace, Astra, Cultura Inglesa Jundiaí e Os Canarinhos da Terra – Unicamp/ Petrobrás e Canarinhos da Terra Núcleo Jundiaí.

Release do Coral:

O Coral Astra foi formado em agosto de 1999 com o objetivo de promover a cultura, a integração e momentos de lazer entre os funcionários da empresa. Conta, atualmente, com 25 integrantes. O grupo é regido pela maestrina Vasti Atique e, para a composição das cenas, conta com o ator e diretor Marcelo Peroni. Atualmente acompanham o coral os músicos Angela Lima ao piano e Dantas Rampin na percussão.O grupo começou com apresentações no auditório da empresa e no Grêmio Esportivo Astra (GEA) e aos poucos, o coral foi crescendo e os convites começaram a surgir. Nos últimos cinco anos o Coral Astra fez cerca de 60 apresentações em diversas cidades do estado de São Paulo e em Minas Gerais. O que diferencia o Coral Astra dos demais é a forma de apresentação de seus repertórios, sempre com cenas e figurinos característicos. Desenvolveu os seguintes musicais “Pescador e mulher rendeira”, “Programa de Rádio dos anos 50, “Jovem Guarda”, “Músicas regionais do Brasil”, “ Homenagem a Adoniran Barbosa e Alvarenga e Ranchinho” e recentemente “ Boteco Maracangalha”.

Foto

Coral Bom Pastor - Cariacica/Espirito Santo

Foto

Regente: Max Carvalho

Max Carvalho iniciou-se profissionalmente como regente em 2008, com o então recém formado Coral Bom Pastor, inicialmente formando um grande coro intitulado Coral das Comunidades Católicas, com um número aproximado de 75 vozes e uma mini orquestra. Em 2009 Max assumiu o Coral Joaquim Lovatti substituindo o maestro Adolfo Alves, também foi convidado á reger o coral da Paróquia Sagrada Família neste mesmo ano. Foi convocado pela prefeitura de Marechal Floriano em 2010 para reger três corais, sendo eles o Coral Italiano Pio Bello de Araguaia, o Coral Criança Encanto da Escola em Marechal Floriano e o Coral São José de Santa Maria de Marechal. Participou também de vários eventos estaduais e nacionais, incluindo o Festival Internacional de Arraial do Cabo RJ, onde o Coral Joaquim Lovatti teve a oportunidade de cantar ao lado de grandes corais. Em Setembro de 2012 o Maestro Max Carvalho participou juntamente com o Coral Joaquim Lovatti no Festival Internacional de Corais do estado de Minas Gerais (FIC) em Homenagem a Carlos Drummond de Andrade. Hoje o maestro Max Carvalho é regente de um total de 150 pessoas distribuídas em sete corais e também proprietário e professor da Escola de Música Max Music.

Release do Coral:

O Coral Bom Pastor de Campo Grande - Cariacica foi criado em agosto de 2008, sob o apoio da Paróquia Bom Pastor, na pessoa do Pároco Edemar Endringer. É conduzido e administrado pelo Maestro Max Coutinho Carvalho. Formado em música pela FAMES (Faculdade de Música do Espírito Santo). Atualmente rege seis corais, entre Cariacica, Vila Velha e Marechal Floriano. Tendo o Coral Bom Pastor o primeiro de sua carreira. Repertório: Música Clássica, Sacra, MPB e Natalinas. Apresentações: Em missas, formaturas, casamentos, eventos em geral, festivais. Finalidade: Levar a música a todas as classes sociais. Fazer disso um momento de cultura, alegria entretenimento familiar, até mesmo uma terapia... Conhecemos bem o efeito que a música tem principalmente sobre nossas emoções e o poder que ela tem de induzir estados emocionais

Foto

Coral Canto & Magia da ASSIPEV - Vespasiano/MG

Foto

Regente: Márcia Alves

Márcia Alves é formada em Terapia Ocupacional pela UFMG. Atualmente desenvolve atividades artísticas como professora de canto coral e cantora solista do Grupo Contraponto. Estudou canto e percepção musical na Escola de Música da UEMG, e participou do Curso de Regência Coral ministrado pelo Maestro Márcio Miranda Pontes. Como corista, integrou diversos grupos como Corpo Coral Estável da UFMG; Coral da ASSEFAZ; Coral da Colônia Portuguesa e Coral Municipal de Vespasiano.

Release do Coral:

O Coral “Canto & Magia” é uma das oficinas artísticas desenvolvidas pela ASSIPEV (Associação Integrada Pela Vida) no município de Vespasiano. Através de exercícios de técnicas de canto e ensaio de repertório, a oficina favorece aspectos emocionais e sociais como incremento da auto-estima e de relações interpessoais. Também propicia momentos prazerosos próprios do canto coral, além de estimular talentos artísticos. Em três anos de atividades, o Coral “Canto & Magia” apresentou-se em eventos diversos de sua cidade como Audições da ASSIPEV, Projeto Concertos nas Igrejas, Festival de Inverno, III Seminário da Semana de Ação Mundial, além do FIC 2012, quando cantou e encantou o público no Museu da Inconfidência em Ouro Preto.

Foto

Coral Canto das Cachoeiras - Cachoeira Da Prata/Minas Gerais

Foto

Regente: Uilton de Souza Araújo

O regente Uilton de Souza Araújo é formado pela - Escola de Música Melodia Livre- Sete Lagoas-MG -Escola de Música Scalla-Sete Lagoas-MG - Curso de Regência ministrado pelo professor Renato Goulart- Vespasiano-MG É regente da: - Banda de Música Sagrado Coração de Jesus de Cachoeira da Prata desde do ano 2000. - Regente da Banda de Música do Instituto Rômulo Júnior de Fortuna de Minas. - Regente do Coral Voz de Fortuna.

Release do Coral:

O coral é composto aproximadamente de 20 a 30 integrantes, na faixa etária a partir de 10 anos. Possui um caráter popular, mas atende a diversos estilos. O coral participou de festas religiosas, encontros de banda apresentação em diversas instituições como asilos, escolas e clubes como também do último Festival Internacional de Corais. sua característica marcante é sua diversidade, uma vez que é constituído por crianças, adolescentes e adultos.

Foto

Coral Cidade em Canto - Belo Horizonte /Minas Gerais

Foto

Regente: Sgt Geraldo José

SGT GERALDO JOSÉ FERREIRA – REGENTE - Nascido em Sabará, 48 anos, é Sargento e Músico da Orquestra Sinfônica da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (OSPMMG), na Reserva. Trabalha, voluntariamente, com o Coral Santo Antônio de Pádua (CORASANPA), de Sabará, no bairro onde reside. Em sua trajetória musical, pode-se destacar o trabalho feito com músicos de diversos grupos, dentre eles, a Sociedade Musical Santa Cecília (SMSC) de Sabará, por quase 20 anos, o Coral da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/Vozes da Saúde) e o Coral da Secretaria de Estado de Educação de MG (SEE/Educanto), que foram fundidos em um só coral, o “Cidade em Canto”.

Release do Coral:

Sob a regência do Maestro Geraldo José, Sargento e Músico da Orquestra Sinfônica da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (OSPMMG), na Reserva, o Coral Cidade em Canto, da Cidade Administrativa Tancredo Neves, iniciou suas atividades em 08 de fevereiro de 2011. Tem a proposta de ser um elo de integração humana dentro do Governo de Minas Gerais e um reflexo da sua humanidade e responsabilidade social para com o cidadão, oferecendo ao servidor qualidade de vida e entretenimento. É formado pelos servidores do Estado, lotados na Cidade Administrativa, porém aberto a participação de convidados de acordo com o estatuto. Por ser um coral de servidores que já participaram de outros corais e de amantes do canto coral, não possui um estilo único, indo do popular ao clássico. Embora novo, já participou do 6° Encontro de Corais da Assembléia Legislativa de MG em 2011; da Semana Cultural da Cidade Administrativa em 2011; da AGRIMINAS 2012; Dia de Minas 2011; do Festival Internacional de Corais – FIC 2011; da Cantata de Natal 2011 da Assembléia Legislativa; da Cantata de Natal 2011 da Cidade Administrativa; do Festival de Verão 2012 de Pedro Leopoldo (Show de Marcus Viana, Sagrado Coração da terra e Coral de 500 vozes), da AGRIMINAS 2012, no Festival de Inverno de Itabira (Show de Marcus Viana, Sagrado Coração da Terra e Coral de 1000 vozes), Festival de Corais – FIC 2012; Cantata de Natal 2012 da ALMG, FIC Natal 2012, Cantata de Natal 2012 da CAMG, Encontro de Corais da ALMG 2013. O Coral Cidade em Canto é acompanhado pela Camerata Canticum Novum, integrada por músicos da Orquestra Sinfônica da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (OSPMMG). Atualmente conta, também, com a participação do professor Francisco Simal, na prática da aplicação de Técnica Vocal, como instrumento de aprimoramento para seus integrantes.

Foto

Coral Comunicanto - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Maestro Júlio Cesar Faria

Maestro Júlio Cesar Faria formado em regência e violoncelo pela Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais. Rege os corais da Igreja Santíssima Trindade e Nossa Senhora da Conceição, movimento das Donas de Casa e Coral Comunicanto. Ministra aulas de violão, violino, Grupo de Percussão, Harmonia e Computação Musical. Já regeu a Orquestra Experimental de Três Pontas e Varginha, também foi regente dos Corais do Colégio Marista Dom Silvério e Coral da Infraero.

Release do Coral:

O Coral Comunicanto foi fundado em 4 de outubro de 1987 pelo Maestro Devanil Leandro e também teve na sua direção a Maestrina Cristina Grossi atualmente é regido pelo Maestro Júlio Cesar Faria. Tem em seu repertório basicamente Musica Popular Brasileira. Já participou de apresentações em cidades como Marília, Araxá, Carmopólis de Minas, Varginha, Três Pontas e por toda a Belo horizonte. Formado por profissionais liberais, estudantes e pessoas de várias partes de Belo Horizonte que tem vontade de desenvolver sua voz e sua musicalidade. Mantém também um grupo de Sopros, Violino e Percussão. Atualmente com 20 integrantes.

Foto

Coral Copasa - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Eliane Fajioli

Pequeno currículo do regente Eliane Fajioli é natural de Belo Horizonte, pianista, maestrina e cantora lírica, com graduação em piano pela Fundação Mineira de Arte. Já na Fundação de Educação Artística, estudou canto com Eládio Perez Gonzalez e piano com Eduardo Hazan, Berenice Menegale e Lilly Kraft. A maestrina especializou-se em regência coral com Carlos Alberto Pinto Fonseca, Sérgio Magnani, David Machado e Osvaldo Colarusso. Atua como maestrina, pianista acompanhadora, cantora solista em recitais, concursos, concertos com orquestras e óperas em todo país, além de ter sido professora da UFMG e UEMG. Atualmente, é regente titular do Coral da Companhia de Saneamento de Minas Gerais - Copasa e do Coral do Minas Tênis Clube.

Release do Coral:

Pequeno histórico do CORAL COPASA Fruto do investimento da empresa na expressão artística de seus empregados, como forma de humanizar o espaço empresarial e melhorar a qualidade das relações, o Coral Copasa teve sua trajetória iniciada em 1981. Atualmente, o grupo é formado por 40 integrantes entre empregados da Companhia, familiares e membros da comunidade. Sob coordenação da empregada Maria das Graças Luz Conceição e regência da maestrina Eliane Fajioli de Almeida, o Coral Copasa desenvolveu ao longo dos anos, técnica apurada e personalidade interpretativa. Desde sua formação, além de participar em eventos internos da companhia, festivais estaduais e nacionais, representou o Brasil nos festivais internacionais de coros no Paraguai e Espanha.

Foto

Coral Curumim Vila Perola - Contagem/MG

Foto

Regente: Renato Pedroso

O maestro Renato Pedroso é natural de Bragança Paulista e iniciou seus estudos musicais na Fanfacali (Fanfarra Casper Libero), tocando trompete. Iniciou seus estudos ao piano no ano de 2000 com a professora Bernadete Pacheco e posteriormente com a professora Odila baisi. Em 2002 iniciou estudos ao violino na orquestra do Projeto Guri de Bragança Paulista. Ingressou na escola de Música da UFMG no ano de 2006.Em 2011 obteve o bacharelado em regência.

Release do Coral:

O coral Curumim Vila Pérola surgiu através de um grupo de pesssoas solidárias para com o social, em 1999, com crianças e adolescentes carentes, vulnerabilizados pelo social, oriundos da Vila União, Região do Ressa, Contagem, Minas Gerais, tida como uma das vilas mais violentas da Região Metropolitana de Contagem, foi regido durante 08 anos pelo maestro Dejanir Sabino, que com muita garra e esforço conseguiu trazer a tona os talentos destas crianças embasados pela carência de afetividade e pobreza. O Coral apresenta-se sem que seja cobrado nenhum Ônus, somente a vontade de mostrar a todos o potencial destas crianças, fazendo com que a auto estima dos mesmos seja aumentada.

Foto

Coral da Assembleia Legislativa de MG - BELO HORIZONTE/MG

Foto

Regente: Guilherme Bragança

O regente, Guilherme Francisco Furtado Bragança, é Mestre em Música pela UFMG (2008) e está cursando, desde 2011, o doutorado em Neurociências, pela UFMG, com pesquisa ligada à interface entre neurociências e música. Concluiu os cursos de pós-graduação lato sensu em Neurociências pela UFMG (fevereiro de 2011), Musicologia Histórica Brasileira, promovido pela UFMG (1994) e para o magistério superior, promovido pela UEMG (1990) e é bacharel em Composição pela UFMG (1989). Durante dois anos, lecionou, no curso superior de Música da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg), Acústica e Música Contemporânea e, para o curso básico, Harmonia I e II. Regeu o então Coral da Aslemg no período de junho de 1993 a junho de 1998, retornando à frente do atual Coral da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais em 2000. Regeu também os corais Canto das Geraes (INSS) e Coral Libertas (Sec. de Governo) e os grupos de câmara Solari e Promenade.

Release do Coral:

O Coral da Assembleia Legislativa conta hoje com 36 componentes e completa este ano 20 anos de atividade ininterrupta. Como temos um número muito maior de mulheres, cantamos muito frequentemente nas formações SABar, SSAABar, SSAA, com dobramento pelos homens das vozes extremas ou variações dessas formações. Nosso repertório é bastante variado, abarcando música clássica de diversos períodos, Negro Spirituals, popular brasileiro e internacional. O coral participa principalmente de eventos promovidos pela Assembleia Legislativa, organiza anualmente um encontro de corais de instituições públicas e uma Cantata de Natal. Além disso, participa de encontros na Capital e interior.

Foto

Coral da Associação Arte pela Paz - Belo Horizonte /Minas Gerais

Foto

Regente: Edson Doliveira

Edson Doliveira é maestro e cantor lirico. Graduando em regência pela Universidade Carlos Gomes- Sp, tem extensão em canto coral na Royal Academy de Londres e Academia Santa Cecilia de Roma. Foi aluno dos maestros Mara Campos, Alberto Grau- Venezuela, e Carlos Alberto Pinto Fonseca. Foi um dos únicos brasileiros a reger o coral da Capela Sistina em solene missa presidida por sua santidade o Papa João Paulo II.

Release do Coral:

O coral Arte pela paz é um dos projetos vencedores da Associação Arte pela Paz. O seu maior intuito é utilizar da musica como instrumento difusor da paz na sociedade. A cultura das ações pela paz e a necessidade de sermos todos instrumentos desta multiplicação da paz. Organizado há apenas 1 ano já alcançou sucesso em recente concurso de canto coral obtendo o segundo lugar. Seu grande diferencial é a aproximação das diversas linguagens musicais no intuito de promover o diálogo artístico que leva o público a reconhecer os mais famosos temas corais sob nova roupagem.

Foto

Coral da Associação São Vicente de Paulo - Baldim/Minas Gerais

Foto

Regente: Daniel Souza

Maestro Daniel Souza

Release do Coral:

Surgiu em Janeiro de 2013 com o objetivo de integrar seus participantes e contribuir para a criação de uma comunidade mais fraterna através do Canto Coral, propiciando o desenvolvimento de um espírito de equipe coeso e solidário e que venha a fortalecer os serviços prestados pela Associação. Sob presidência de Eduardo Eustáquio e direção musical do maestro Daniel Souza, o Coral possui 30 cantores e sobrevive por meio de mensalidades dos cantores e sócios.

Foto

Coral da Escola de Música de Lavras - EM Lavras - Lavras/Minas Gerais

Foto

Regente: Elisabete Mendonça Silva do Carmo

A Regente: O Projeto foi idealizado e o coral está sendo coordenado por Elisabete Mendonça Silva do Carmo, musicista lavrense. Formada em técnica em canto pelo Conservatório de Música São João Del Rei, Elisabete também cursou o Bacharelado de Canto Lírico da Universidade Federal de Minas Gerais. Como musicista, ela atuou no Coro da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP), na Estação Julio Prestes, onde ela também fez parte do coro durante 13 anos.

Release do Coral:

O projeto e o coral: O projeto EM Lavras visa a criação de uma Escola de Música (Conservatório de Música) com ensino gratuito para favorecer a população da cidade de Lavras e região, oferecendo aulas de teoria musical e de prática instrumental para a comunidade em geral, mas tendo como foco principal a faixa etária de 6 a 25 anos por estarem em melhores condições de aproveitamento para uma futura profissionalização na área da música, seja como músico intérprete ou professor. Desde fevereiro de 2012, o projeto foi amparado pela APROAC - Associação para Promoção de Arte e Cultura, que foi criada para ser mais uma ferramenta fundamental à realização desse projeto no que tange às campanhas de mobilização pública para conscientização de sua importância e para a soma de forças na captação de recursos para o seu funcionamento. O coral da Escola da Música de Lavras é formado por jovens de 15 a 25 anos, selecionados na primeira etapa do processo seletivo ocorrido no ano de 2013. O coral funciona desde agosto de 2013 e se apresentou no 1? Recital do Alunos da EM Lavras, realizado em Novembro de 2013. O repertório inclui, em sua maioria, músicas populares brasileiras.

Foto

Coral da Escola Municipal Antonio Andrade - Nova Era/MG

Foto

Regente: Lindomar Gomes

Regente: Lindomar Gomes Maestro Lindomar, regente dedicado e paciente que transmite confiança as crianças desenvolvendo assim suas habilidades musicais.

Release do Coral:

A ideia do Canto Coral surgiu nas Escolas no início de 2013 quando a Secretária de Educação recebeu uma proposta do Maestro Lindomar Gomes . Sob sua regência. a Escola passou a integrar o Festival Internacional de Corais, preparando uma apresentação para a Semana da Pátria. O evento foi promovido em grande estilo e foi formado um Coral de 500 vozes com crianças de todas as Escolas Municipais e Corais já existentes na cidade de Nova Era. A apresentação aconteceu na Fazenda da Vargem, importante cenário turístico e histórico da região. As crianças cantaram junto com Marcus Vianna e sua orquestra. Um publico de cerca de 1500 pessoas aplaudiu a iniciativa. O sucesso foi o principal motivo para que outros eventos fossem planejados. A partir de então, iniciou-se uma outra programação para o natal. O Coral abrilhantou a comemoração do nascimento de Cristo e ganhou projeção. A continuidade fez-se necessária e então, em 2014, integrando novamente o Festival Internacional de Corais, sob a regência do Maestro Lindomar Gomes, , estamos novamente nos palcos das Minas Gerais. no dia 21 de abril, estivemos em Ouro Preto participando das solenidades do Governo de Minas em comemoração á Inconfidência Mineira.

Foto

Coral da Escola Municipal Delby Pires Muzzi - Nova Era /Minas Gerais

Foto

Regente: Maestro Lindomar Gomes

O Maestro Lindomar Gomes é formado em Canto, Canto Gregoriano e Regência Coral pela Fundação Clóvis Salgado (Palacio das Artes). Formado também em Arte educação pela UEMG e Planejamento e Gestão Cultural pela PUC Minas. Maestro do Coral da Fumec, onde desenvolve um projeto de resgate do Canto Coral voltado para composições brasileiras e do movimento musical mineiro "Clube da Esquina". rege tambem o Coral da Terceira idade (Neeti) e o Coral Infanto Juvenil do Colegio Pedro Aleixo.coordenou vários festivais pelo Estado como Festival de Inverno de Itabira e Festival de Verão de Pedro Leopoldo. É o idealizador e coordenador do Festival de Corais de Belo Horizonte.

Release do Coral:

A ideia do Canto Coral nas Escolas surgiu no inicio de 2013 quando a Secretaria de Educação recebeu uma proposta do Maestro Lindomar Gomes. Sob sua regência, a escola passou a integrar o festival internacional de Corais, preparando uma apresentação para a semana da Pátria. O evento foi promovido em grande estilo e foi formado um Coral de 500 vozes com crianças de todas as Escolas Municipais e Corais já existentes na cidade de Nova Era. A apresentação aconteceu na Fazenda da Vargem,importante cenário turistico e histórico da região. As crianças cantaram juntos com Marcus Vianna e sua orquestra. Um público de cerca de 1.500 pessoas aplaudiram a iniciativa. O sucesso foi o principal motivo para que outros eventos fossem planejados. A partir de então, iniciou-se uma outra programação para o Natal. O Coral abrilhantou na comemoração do nascimento do cristo e ganhou projeção. A sua continuidade fez-se necessária e então, em 2014, integrando novamente o Festival Internacional de Corais, sob a regência do Maestro Lindomar Gomes, estamos novamente nos palcos das Minas Gerais. No dia 21 de abril, estivemos em Ouro Preto participando das solenidades do Governo de Minas em comemoração à Inconfidência Mineira.

Foto

Coral da Escola Municipal Desembargador Drumond - Nova Era/MG

Foto

Regente: Lindomar Gomes

O Maestro Lindomar Gomes é formado em Canto, Canto Gregoriano e Regência Coral pela Fundação Clóvis Salgado (Palácio das Artes). Formado também em Arte Educação pela UEMG e Planejamento e Gestão Cultural pela PUC Minas. Maestro do Coral da Fumec, onde desenvolve um projeto de resgate do Canto Coral voltado para composições brasileiras e do movimento musical mineiro "Clube da Esquina". Rege também o Coral da Terceira idade (Neeti) e o Coral Infanto Juvenil do Colégio Pedro Aleixo. Coordenou vários festivais pelo Estado como Festival de Inverno de Itabira e Festival de verão de Pedro Leopoldo. É o idealizador e coordenador do Festival de Corais de Belo Horizonte.

Release do Coral:

- A ideia do Canto Coral nas Escolas surgiu no início de 2013 quando a Secretaria de Educação recebeu uma proposta do Maestro Lindomar Gomes. Sob sua regência, a Escola passou a integrar o Festival Internacional de Corais, preparando uma apresentação para a Semana da Pátria. O evento foi promovido em grande estilo e foi formado um Coral de 500 vozes com crianças de todas as Escolas Municipais e Corais já existentes na cidade de Nova Era. A apresentação aconteceu na Fazenda da Vargem, importante cenário turístico e histórico da região. As crianças cantaram junto com Marcus Vianna e sua orquestra. Um público de cerca de 1.500 pessoas aplaudiu a iniciativa. O sucesso foi o principal motivo para que outros eventos fossem planejados. A partir de então, iniciou-se uma outra programação para o Natal. O Coral abrilhantou a comemoração do nascimento do Cristo e ganhou projeção. A sua continuidade fez-se necessária e então, em 2014, integrando novamente o Festival Internacional de Corais, sob a regência do Maestro Lindomar Gomes, estamos novamente nos palcos das Minas Gerais. No dia 21 de abril, estivemos em Ouro Preto participando das solenidades do Governo de Minas em comemoração à Inconfidência Mineira.

Foto

Coral da Escola Municipal Estação Crescer - Nova Era/Minas Gerais

Foto

Regente: Lindomar Gomes

Maestro Lindomar, regente dedicado e paciente que transmite confiança as crianças desenvolvendo assim suas habilidades musicais.

Release do Coral:

A ideia do Canto Coral surgiu nas Escolas no início de 2013 quando a Secretária de Educação recebeu uma proposta do Maestro Lindomar Gomes . Sob sua regência. a Escola passou a integrar o Festival Internacional de Corais, preparando uma apresentação para a Semana da Pátria. O evento foi promovido em grande estilo e foi formado um Coral de 500 vozes com crianças de todas as Escolas Municipais e Corais já existentes na cidade de Nova Era. A apresentação aconteceu na Fazenda da Vargem, importante cenário turístico e histórico da região. As crianças cantaram junto com Marcus Vianna e sua orquestra. Um publico de cerca de 1500 pessoas aplaudiu a iniciativa. O sucesso foi o principal motivo para que outros eventos fossem planejados. A partir de então, iniciou-se uma outra programação para o natal. O Coral abrilhantou a comemoração do nascimento de Cristo e ganhou projeção. A continuidade fez-se necessária e então, em 2014, integrando novamente o Festival Internacional de Corais, sob a regência do Maestro Lindomar Gomes, , estamos novamente nos palcos das Minas Gerais. no dia 21 de abril, estivemos em Ouro Preto participando das solenidades do Governo de Minas em comemoração á Inconfidência Mineira.

Foto

Coral da Escola Municipal Isabel Gomes - Pedro Leopoldo/Minas Gerais

Foto

Regente: Marcelo Minal

Marcelo Minal nasceu na cidade mineira de Pedro Leopoldo no dia 3 de janeiro de 1984. Iniciou seus estudos musicais no início de 1998. Dois anos depois estreou sua carreira musical como baixista e vocalista de uma banda local de rock. Três anos após a sua estréia se mudou para Belo Horizonte para investir em sua carreira. Desde então já trabalhou de diversas formas no meio musical: professor de canto e violão, músico de banda, cantor corista, transcritor, arranjador, maestro de corais e até ator/cantor de musicais. Atualmente cursa o Bacharelado em Regência Musical na UFMG. www.marcelominal.com

Release do Coral:

O Coral da Escola Municipal Isabel Gomes é um coral de formato inclusivo por receber pessoas de diversas idades e sem conhecimento musical prévio. O coral surgiu da ideia de unir pais e alunos do ensino fundamental da Escola Municipal Isabel Gomes Teixeira da cidade de Pedro Leopoldo em um coral de ensaio semanal. Com este formato o Coral Isabel Gomes já se apresentou, juntamente com outros corais, na festividade do dia 21 de abril na cidade de Ouro Preto em 2014. Atualmente o coral é coordenado pela administração da escola e pela diretora Sueli Nunes. E parte musical é coordenada pelo regente Marcelo Minal.

Foto

Coral da Escola Municipal São José da Lagoa - Nova Era /Minas Gerais

Foto

Regente: Lindomar Gomes

O Maestro Lindomar Gomes é formado em Canto, Canto Gregoriano e Regência Coral pela Fundação Clóvis Salgado (Palácio das Artes). Formado também em Arte Educação pela UEMG e Planejamento e Gestão Cultural pela PUC Minas. Maestro do Coral da Fumec, onde desenvolve um projeto de resgate do Canto Coral voltado para composições brasileiras e do movimento musical mineiro "Clube da Esquina". Rege também o Coral da Terceira idade (Neeti) e o Coral Infanto Juvenil do Colégio Pedro Aleixo. Coordenou vários festivais pelo Estado como Festival de Inverno de Itabira e Festival de verão de Pedro Leopoldo. É o idealizador e coordenador do Festival de Corais de Belo Horizonte.

Release do Coral:

A ideia do Canto Coral nas Escolas surgiu no início de 2013 quando a Secretaria de Educação recebeu uma proposta do Maestro Lindomar Gomes. Sob sua regência, a Escola passou a integrar o Festival Internacional de Corais, preparando uma apresentação para a Semana da Pátria. O evento foi promovido em grande estilo e foi formado um Coral de 500 vozes com crianças de todas as Escolas Municipais e Corais já existentes na cidade de Nova Era. A apresentação aconteceu na Fazenda da Vargem, importante cenário turístico e histórico da região. As crianças cantaram junto com Marcus Vianna e sua orquestra. Um público de cerca de 1.500 pessoas aplaudiu a iniciativa. O sucesso foi o principal motivo para que outros eventos fossem planejados. A partir de então, iniciou-se uma outra programação para o Natal. O Coral abrilhantou a comemoração do nascimento do Cristo e ganhou projeção. A sua continuidade fez-se necessária e então, em 2014, integrando novamente o Festival Internacional de Corais, sob a regência do Maestro Lindomar Gomes, estamos novamente nos palcos das Minas Gerais. No dia 21 de abril, estivemos em Ouro Preto participando das solenidades do Governo de Minas em comemoração à Inconfidência Mineira.

Foto

Coral da OAP UFMG - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Marilene Gangana

Professora Marilene Gangana Formação Acadêmica: Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito da UFMG – 1964. Graduação em Canto pela Escola de Música da UFMG - 1972, tendo como mestres na área de canto Eugênia Bracher Lobo e Geraldo Chagas. Licenciatura em Direito e Legislação - UTRAMIG - 1974 Especialização em Declamação Lírica no Palácio das Artes, sob orientação de Geraldo Chagas-1980. Especialização em Educação Musical e Musicologia Histórica Brasileira pela Escola de Música da UFMG – 1986. Curso Avançado de Língua Inglesa - ICBEU – 1980. Curso de Língua Alemã - Mittelslufe Goethe Institut – 1985. Curso Avançado de Língua Italiana - Cultura Italiana – 1979. Atividades Profissionais: Meio soprano com extensa atuação em inúmeros salões de concertos do País, desde 1960, em recitais, concertos, operetas e óperas sob a regência de Carlos Eduardo Prates, Carlos Alberto Pinto Fonseca, Sebastião Viana, Arthurs Bosmans, Hely Drummond, David Machado, Sérgio Magnani e outros. Professora de Canto e Técnica Vocal na Escola de Música da UFMG até 1992, quando se aposentou. Professora de Declamação Lírica da Escola de Música da UEMG, onde coordenou e dirigiu o Grupo Experimental de Ópera, até 2012, quando se aposentou. Regente do Coral OAP - UFMG, desde sua fundação em 1999. Distinções: Premiada em Concursos Nacionais de Canto em Minas, São Paulo e Rio de Janeiro, foi agraciada em 1972 com a distinção "Palma de Ouro", como melhor recitalista de Canto Lírico de 1972 e também em 1973 pela Sociedade Coral de Belo Horizonte, Em 2003, foi homenageada pela Fundação Palácio das Artes como "Destaque do Canto Lírico".

Release do Coral:

Release do Coral: O Coral foi criado em 2000 com o apoio da Organização dos Aposentados e Pensionistas da Universidade Federal de Minas Gerais (OAP UFMG), estando aberto aos associados e a pessoas da comunidade. Apresentou-se no Festival de Inverno de Ouro Preto em 2001, juntamente com grande elenco, cantando a Ópera Orpheo e Eurídice, de Gluck, com orquestra regida pelo maestro Márcio Miranda Pontes. Apresenta-se no Conservatório da UFMG e como parte de Concertos de Primavera e de Outono da OAP. Tem participado das várias edições do Festival Internacional de Corais de Belo Horizonte, assim como de outros festivais e eventos corais de Belo Horizonte e de algumas cidades mineiras. Leva seu apoio a casas de idosos e a hospitais. Seu repertório inclui peças do cancioneiro nacional e internacional, bem como obras clássicas de Verdi e Palestrina, entre outros.

Foto

Coral da Terceira Idade Lia Viana - Vespasiano/MG

Foto

Regente: Márcia Alves

Márcia Alves é formada em Terapia Ocupacional pela UFMG. Atualmente desenvolve atividades artísticas como professora de canto coral e cantora solista do Grupo Contraponto. Estudou canto e percepção musical na Escola de Música da UEMG, e participou do Curso de Regência Coral ministrado pelo Maestro Márcio Miranda Pontes. Como corista, integrou diversos grupos como Corpo Coral Estável da UFMG; Coral da ASSEFAZ; Coral da Colônia Portuguesa e Coral Municipal de Vespasiano.

Release do Coral:

O Coral da Terceira Idade \"Lia Viana\" é um projeto da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Vespasiano, que visa, através da arte do canto coral, integrar, incluir e socializar seus 30 integrantes com idade entre 60 e 85 anos. O grupo traz em seu repertório músicas folclóricas, sacras e popular brasileira. Há mais de dez anos o \"Lia Viana\" vem se apresentando em escolas, empresas, conferências municipais, festas religiosas e diversos eventos do município de Vespasiano e região como o Festival de Inverno, Concertos nas Igrejas, Festival Internacional de Corais, Concerto de Natal, entre outros. Sempre com o lema \"...cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz!\"

Foto

Coral de Tradição Italiana Joaquim Lovatti - Cariacica/Espirito Santo

Foto

Regente: Max Coutinho Carvalho

Max Carvalho iniciou-se profissionalmente como regente em 2008, com o então recém formado Coral Bom Pastor, inicialmente formando um grande coro intitulado Coral das Comunidades Católicas, com um número aproximado de 75 vozes e uma mini orquestra. Em 2009 Max assumiu o Coral Joaquim Lovatti substituindo o maestro Adolfo Alves, também foi convidado á reger o coral da Paróquia Sagrada Família neste mesmo ano. Foi convocado pela prefeitura de Marechal Floriano em 2010 para reger três corais, sendo eles o Coral Italiano Pio Bello de Araguaia, o Coral Criança Encanto da Escola em Marechal Floriano e o Coral São José de Santa Maria de Marechal. Participou também de vários eventos estaduais e nacionais, incluindo o Festival Internacional de Arraial do Cabo RJ, onde o Coral Joaquim Lovatti teve a oportunidade de cantar ao lado de grandes corais. Em Setembro de 2012 o Maestro Max Carvalho participou juntamente com o Coral Joaquim Lovatti no Festival Internacional de Corais do estado de Minas Gerais (FIC) em Homenagem a Carlos Drummond de Andrade. Hoje o maestro Max Carvalho é regente de um total de 150 pessoas distribuídas em sete corais e também proprietário e professor da Escola de Música Max Music.

Release do Coral:

“Coro de Tradição Italiana \"Joaquim Lovatti\" O Coro foi fundado em 1994, a princípio como um grupo de “cantoria” de canções italianas ensinadas pelas “nonas”. Porém, o desejo de preservar as tradições e costumes dos imigrantes fez surgir o então Coral “Voce D`Itália” que teve sua 1ª apresentação oficial no I Encontro de Descendentes de Italianos de Cariacica, evento realizado pela Associação de Moradores do Núcleo de Campo Grande - AMNCG. Posteriormente, em 1999 recebeu o nome de “Coro de Tradições Italianas Joaquim Lovatti”, em homenagem ao seu idealizador. É filiado a FECORES – Federação de Coros do ES, desde 10.09.1999. O Coro esteve, desde o início e por mais de 10 anos, sob a responsabilidade técnica do reconhecido maestro Adolfo Alves da Silva Filho. Atualmente responde pela direção técnica o regente Max C Carvalho. É mantido pela AMNCG que também coordena o Gruppo Folklorístico Tarantella, especializado em danças típicas da Itália. coro é composto atualmente por 22 componentes distribuídos nos naipes soprano, contralto, tenor e baixo. De seu repertório constam músicas folclóricas e populares italianas e nacionais, além de algumas peças sacras tradicionais do calendário natalino, semana santa, missas e cultos católicos e ecumênicos. O coro já se apresentou em diversos eventos culturais na Grande Vitória e em várias localidades do Espírito Santo, além de outros estados como Goiás, Sergipe, Encontro de Corais em Arraial do Cabo-Rj e FIC 2012.

Foto

Coral Divina Misericórdia - Rio de Janeiro/Rio de Janeiro

Foto

Regente: José Vallone Féo

Nascido José Vallone Féo a 19 de Junho, iniciou seus estudos musicais com a Professora Celina Monteiro Camarinha, preparação e técnica vocal com o Maestro e Professor Gilvan Melo e regência com seu Mestre, o Maestro Ciro da Costa Braga. Mantém estreito intercâmbio cultural com grandes maestros da atualidade, e ainda se correspondente com diversas escolas, onde se atualiza em novas técnicas de preparação e técnica vocal e dinâmica comportamental de ensaios, viabilizando através desses métodos uma melhor visão e uma percepção vocal dos cantores que estão sob sua responsabilidade. Professor de preparação e técnica vocal dos grupos de canto coral fundou em cada um deles a “Escola de Preparação e Técnica Vocal”, para os cantores dos Corais. E também estabeleceu em cada grupo de canto a “Escola de Solistas”, onde prepara cantores e cantoras para solos de grandes áreas de óperas e interpretações de músicas imortais, e a “Oficina de Teoria Musical”. Em Agosto de 2010, foi homenageado no Festival Canta Brasil, Encontro Internacional de Canto Coral, pelos seus 35 anos de vida artística dedicada a música coral e preparação vocal dos mesmos, foram 90 Coruns no evento homenageando suas Bodas de Esmeralda. Grande Emoção. Homenageado na Câmara dos Vereadores com a Moção 9746/2010 No ano de 2015 comemorará seus 40 anos de vida artística dedicado ao canto coral.

Release do Coral:

Fundado a 14/09/1993, estabelecido para participar de Missas Solenes Encontros de Corais, Festivais Nacionais e Internacionais de Canto Coral; seu repertório vai do erudito ao popular brasileiro e músicas internacionais. Participa e promove eventos na Cidade do Rio de Janeiro.

Foto

Coral do Colégio dos Jesuítas - Juiz de Fora/Minas Gerais

Foto

Regente: Guilherme Augusto de Oliveira

Guilherme Augusto de Oliveira Natural de Ouro Preto – MG o baixo-barítono Guilherme Oliveira é graduado em canto pela Universidade Federal de Ouro Preto e atua como professor de técnica vocal, regente e solista. Por quatro anos, trabalhou como preparador vocal do Coral Canarinhos de Itabirito, neste período destaca-se a gravação do DVD “Viva Mozart” em Itabirito MG (2006) e do DVD “Paixão e Fé”, gravado em Belo Horizonte no Grande Teatro do Palácio das Artes (2007), além dos encontros nacionais de Meninos Cantores do Brasil. Participou, juntamente com o Coral Lírico de Minas Gerais, das obras: Turandot (ópera de G. Puccini), Macbeth (ópera de G. Verdi), Menina das Nuvens (ópera de Heitor Villa-Lobos), Floresta do Amazonas (obra de Heitor Villa-Lobos), As quatro Estações (obra de Haydn) e Carmina Burana (obra de Carl Orf). Em abril deste ano, foi solista junto a Orquestra Filarmônica Bachinana, com regência do maestro Julio Medaglia e direção do maestro João Carlos Martins, concerto que foi realizado na Sala São Paulo. Estudou canto lírico com vários professores, dentre eles: Paulo Campos, Urbano Lima, Nadja Daltro, Eliane Sampaio, Amin Feres, Édson de Oliveira, Rio Novelo, Neyde Thomas e Andrea Adour . Atualmente, recebe orientações do professor Francisco Campos. Hoje além de solista, atua como regente de coro e orquestra junto à Pró-Música, UFJF e Colégio dos Jesuítas, todos em Juiz de Fora MG.

Release do Coral:

• Coral do Colégio dos Jesuítas O Coral do Colégio dos Jesuítas foi criado em março de 2000 e é formado atualmente por 36 alunas, do 6º ano do Ensino Fundamental à 2ª série do Ensino Médio. Além de desenvolver uma rica atividade artística, o Coral contribui, com sua disciplina, na organização da própria vida, reforçando nas estudantes o senso de compromisso, seriedade e assiduidade. A participação no grupo não gera nenhum ônus para as estudantes. O Colégio dos Jesuítas de Juiz de Fora integra a rede jesuíta de educação e contribui, há 56 anos, com a ação evangelizadora da Igreja por meio da excelência na educação, desenvolvendo e integrando as dimensões afetiva, ética, social, cognitiva, esportiva, comunitária e espiritual de seus alunos, à luz de uma concepção cristã do ser humano, preparando-os para a vida e para uma presença transformadora na sociedade: homens e mulheres a serviço dos demais.

Foto

Coral do Colégio Maximus - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Vito Duarte

Oboísta, violonista, saxofonista, regente e arranjador do Coral do Colégio Maximus, Vito Duarte é músico formado pelo Centro de Formação Artística (CEFAR) da Fundação Clóvis Salgado - Palácio das Artes, onde também atua como oboísta e solista de corne inglês da Orquestra Sinfônica de minas Gerais. Professor de Educação Musical, complementou sua formação na área de Educação graduando-se em Psicologia na Universidade Católica de Minas Gerais. Entre outros trabalhos, participou como oboísta em discos de Wilson Dias, Chico Amaral e Flávio Henrique, Bibi Ferreira, Pereira da Viola, Dado Prates, Paulinho Pedra Azul, Tavinho Moura e Tabajara Belo. Numa parceria do Coral do Colégio Maximus com o violeiro Chico Lobo gravou o CD Vozes de Viola.

Release do Coral:

Criado em 1998, o Coral do Colégio Maximus é formado exclusivamente por alunos do Colégio. Tem como proposta o exercício da criatividade e da musicalidades através do Canto Coral, ao mesmo tempo em que oferece, para a comunidade escolar, um maior contato com o universo cultural musical. Tem em seu repertório mais de cinquenta canções de compositores brasileiros, com arranjos elaborados pelo próprio regente, os quais valorizam a tessitura vocal de sua formação. Mantando uma agenda repleta de apresentações nos principais eventos culturais de Belo Horizonte, o Coral do Colégio Maximus lançou, em 2006, um CD com músicas do compositor mineiro Chico Lobo. Regido e acompanhado ao violão pelo maestro Vito Duarte desde sua fundação, o Coral do Colégio Maximus usa e abusa da Música Popular Brasileira, para mostrar sua versatilidade e seu compromisso com nossa cultura.

Foto

Coral do IBGE - Rio de Janeiro/Rio de Janeiro

Foto

Regente: Márcio Luiz de Carvalho

Márcio Carvalho é mestre em composição pela EM-UFRJ. Graduado em regência pela mesma Escola, em regência coral pelos Seminários de Música Pro-Arte, e em composição, também pela EM-UFRJ. É licenciado em música pelo CBM; cursou especialização em Docência Superior na UCAM. No IBGE realiza trabalhos artísticos e técnicos relacionados às artes. À frente do Coral do IBGE realizou até hoje aproximadamente 160 apresentações e concertos, internos e externos, em eventos e locais variados, tais como igrejas, congressos, Encontros de Corais, Fóruns etc. Realiza, junto à Coordenação de Marketing, composições e arranjos relacionados a vídeos promocionais. No ano de 2010, compôs a trilha do vídeo “Um pouquinho de Brasil”, utilizado nas aberturas das cerimônias vinculadas ao Censo 2010. Como regente atua à frente, além do Coral do IBGE, do Coral Cênico da Escola Técnica Estadual de Teatro Martins Pena, e do Coral do ON/MAST – Observatório nacional e Museus de Astronomia, dentre outros grupos, tendo regido estes grupos em importantes espaços no Rio de Janeiro e outros estados do país. É coordenador de Iniciação Musical do Programa Aprendiz - música nas escolas, da Prefeitura de Niterói, tendo regido a orquestra do APRENDIZ, com 170 integrantes, na inauguração do Teatro Popular de Niterói, em cujo repertório contava, em sua maioria, arranjos seus. Como docente já lecionou na Escola de Música Villa-Lobos e atualmente é professor da Escola Superior de Música da UCAM-NF e da Escola Técnica Estadual de Teatro Martins Pena. Esteve à frente da direção musical e preparação do canto em vários espetáculos teatrais no Brasil.

Release do Coral:

O Coral do IBGE foi criado no final da década de 1970 com o objetivo de proporcionar lazer e cultura aos ibgeanos (ativos e aposentados), bem como representar a instituição em eventos externos e em atividades culturais. Ao longo desses anos, o grupo vem se apresentando em encontros de corais, missas, concertos, comemorações e em eventos realizados no IBGE e em outros locais. Dessa forma, o Coral do IBGE vem contribuindo para o fortalecimento da imagem do Instituto junto à comunidade externa e para o reforço dos laços do corpo funcional com a instituição. Os ensaios são realizados com regularidade em algumas unidades do IBGE no Rio de Janeiro. Cada encontro funciona como um momento para aperfeiçoar o canto e ao mesmo tempo estar com os amigos. O repertório do Coral do IBGE mescla o erudito com o popular. Para a alegria dos ibgeanos, é cada vez mais freqüente encontrar um espaço reservado para o Coral do IBGE nos principais eventos da Instituição. O coro também vem buscando se apresentar, sempre que possível, em eventos externos, o que demonstra um interesse cada vez maior em levar a voz dos coristas (e do IBGE) para todos os cantos do País – bem ao estilo do Instituto que para retratar o Brasil percorre todos os recantos do nosso território, sem desafinar.

Foto

Coral do MDC-MG - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Maestro Júlio Cesar Faria

Maestro Júlio Cesar Faria formado em regência e violoncelo pela Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais. Rege os corais da Igreja Santíssima Trindade e Nossa Senhora da Conceição, movimento das Donas de Casa e Coral Comunicanto. Ministra aulas de violão, violino, Grupo de Percussão, Harmonia e Computação Musical. Já regeu a Orquestra Experimental de Três Pontas e Varginha, também foi regente dos Corais do Colégio Marista Dom Silvério e Coral da Infraero.

Release do Coral:

Coral do Movimento das Donas de Casa e Consumidores de MG foi fundado em 1998, como um espaço de convivência dos associados. Hoje conta com 22 integrantes e um repertório variado de música popular e música sacra. Apresentasse em eventos do MDC-MG e também em em faculdades, colégios, praças em encontros e eventos externos quando convidado. Participando em Belo Horizonte e cidades do interior de Minas Gerais.

Foto

Coral do Ministério Público de Minas Gerais - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Cristina Maria Miranda Bello

- Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Minas Gerais, com bacharelado em Microbiologia. - Mestre em Ciências, pela Universidade Federal de Minas Gerais, com ênfase na área de Microbiologia. - Curso de Iniciação e Formação Musical, pela Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais. - Curso de Percepção Musical, pela Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais. - Aulas de piano, Canto, Teoria Musical e Solfejo, no período de 1985 a 1992, com a professora Elvira Bracher Prates. - Aulas de Canto com a contralto e professora de Canto e Técnica vocal da Escola de Música da UFMG, Vânia Soares, no período de 1988 a 1995. - Aulas de canto com o barítono e ator José Carlos Leal, no período de 1997 a 2000.

Release do Coral:

O Coral do Ministério Público de Minas Gerais iniciou suas atividades em 31 de maio de 1995, a partir de uma idéia da servidora Maria Trindade Pinto, ao organizar a missa anual de Páscoa, e pela iniciativa do servidor Manoel Perdigão Bello, que tinha, já, grande experiência em canto coral. Apesar da maioria dos integrantes não possuir conhecimento musical, o esforço, a boa vontade e dedicação dos mesmos, sob a regência da maestrina Cristina Maria Miranda Bello, fez com que o primeiro evento - a Missa da Páscoa da Procuradoria-Geral de Justiça, celebrada pelo Revmo. Frei Alexandre Fernandes da Paróquia Santo Agostinho - fosse um sucesso. Isso serviu como estímulo para que o grupo buscasse, através de patrocínios, as condições necessárias à manutenção do Coral. Dessa forma, o Coral seguiu adiante em suas atividades, sempre com o objetivo de representar o Ministério Público em eventos oficiais e culturais, participando de atividades comemorativas e promovendo a integração dos servidores. Durante todo esse tempo, é importante destacar o apoio essencial oferecido pela Administração Superior do Ministério Público através da liberação dos servidores e cessão de espaço para os ensaios e apresentações. Nesses 15 anos, além das muitas apresentações locais, destacam-se as passagens feitas pelo interior do Estado, atendendo a solicitações de Promotores de Justiça e a convite de Prefeitos em cidades como Lagoa da Prata, Oliveira e Carmópolis de Minas. Recentemente, o Coral do MPMG se apresentou em evento organizado pela Procuradoria-Geral de Justiça, para entrega do Grande Colar do Mérito ao então Governador Aécio Neves nas comemorações da Semana do Ministério Público. Apresentou-se na Câmara Municipal de Belo Horizonte, no Encontro de Corais de Órgãos Públicos (na Assembléia Legislativa de Minas Gerais) e, ainda, no evento Quatro Cantos Coral na Praça, organizado pelo BDMG. O repertório é eclético, com músicas escolhidas entre os diferentes gêneros, incluindo clássicas, religiosas, populares e folclóricas. Também o corpo de coralistas é diversificado e flutuante, composto, hoje, por quatorze integrantes fixos entre servidores efetivos e terceirizados, aposentados e da ativa e, também, por um promotor de Justiça.

Foto

Coral do UNILAVRAS - Lavras/Minas Gerais

Foto

Regente: Ewerton de Brito

Formado em Música pela UFOP - Universidade Federal de Ouro Preto. Professor da disciplina de Música na Educação Infantil e Ensino Fundamental Anos Iniciais do Colégio UNILAVRAS. Regente do Coral do Colégio UNILAVRAS. Mestrando em Música pela UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais. Participante de grupos folclóricos mineiros.

Release do Coral:

O Coral do Colégio Unilavras foi iniciado a partir de um sonho de seu fundador Professor Canísio Ignácio Lunkes, e de uma necessidade de toda a comunidade escolar em trabalhar a arte e a música na escola, iniciativa tão importante num mundo virtual e intimista que vivemos.Sob a coordenação e regência da professora Eliana Cerf, o Coral do Colégio UniLavras iniciou seus estudos no ano de 2011, unindo vozes a instrumentos executados por alunos. No ano de 2012, com a entrada do Maestro Ewerton de Brito, alterou-se o perfil desse trabalho; focando-se apenas em vozes com quatro naipes (sopranos, contraltos, tenores e baixos) e sem instrumentos musicais. O repertório, a princípio diversificado, foi substituído por músicas mais focadas na música brasileiro. Os integrantes são alunos a partir do 8º ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio. Participam de vários eventos na cidade e a última apresentação aconteceu no 4º Canta Del Rei 2013 em São João Del Rei.

Foto

Coral Doce Melodia/Aposvale-BH - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Carlos Eduardo Assis Camarano

Iniciou seus estudos aos oito anos no Consevatório de Música de São João Del Rei onde estudou canto e piano.É licenciando em Educação Musical e canto Popular Pela Universidade Federal de São João Del Rei. Estudou regência com grandes nomes como Yara Frickis (BH), Alberto Grau (Venezuela), Maria José Chevitarese (RJ), Márcio Miranda(BH) .Cursos de especialização em Cênica coral com André Protásio(RJ) e Rosângela Sant´anna(RJ), técnicas de interpretação coral com Ueslei Banus(RJ) e André Protásio(RJ) ,Técnica vocal com Martha Her(SP) e Glória Calvente(RJ) entre outros. Já trabalhou com diversos grupos corais em BH e São João Del Rei/MG. Atualmente é regente do Coral Doce Melodia/Aposvale BH, Coral da Unimed – São João Del Rei, Coral da Boca pra Fora CEM São João Del Rei,Coral Lírico do CEM e professor de Prática Coral no Conservatório Estadual de Música Padre José Maria Xavier. Já se apresentou à frente destes corais em diversas cidades do país em festivais e encontros .

Release do Coral:

O coral é formado por associados e dependentes da APOSVALE - Associação de Aposentados e Pensionistas da Companhia Vale do Rio Doce. Apresenta um repertório eclético, dando ênfase a música popular. Atualmente o coro vem desenvolvendo um trabalho de unir Música à poesia e a cênica o que culminou em vários espetáculos Cênico corais:No tom das Gerais (2006/07) , Brasil que canta e dança(2008),Canção do Amor Demais (2010/2011) e " Bailei Na Curva"(2012). O coral tem se apresentado em vários festivais pelo Brasil: Encanta Santos (SP), Encanta Serra Negra (SP), Festival Nacional de Coros de Campos (RJ), Canta Brasil de São Lourenço, Encontro de Corais da Universidade Federal de Lavras, Circuito MPB em São João Del Rei, Noite Cultural da APOSVALE, FIC-Festival Internacional de Corais de Belo Horizonte, Festival de Corais e Teatro nas cidades de Itabira, Governador Valadares e Belo Horizonte, Encanta Cruise.1º encontro de corais do mundo em alto mar a bordo do navio Grand Celebracion da Cia espanhola Ibero Cruceros e atualmente o coral vem se apresentando com o espetáculo comemorativo de seus 15 anos.

Foto

Coral dos Alunos do Colégio Padre Eustáquio - Belo Horizonte/MG

Foto

Regente: Vivian Assis

Vivian Assis é Mestre em Música e Bacharel em Regência pela Universidade Federal de Minas Gerais. Participou de seminários e oficinas, estudando regência com Carlos Alberto Pinto da Fonseca, Mogens Dahl, Bob Chilcott, Janet Galván, Henry Leck, Lincoln Andrade, Rodney Eichenberger, Iara Fricke Matte e Sílvio Viegas. Vivian atua profissionalmente como maestrina desde 1998, quando começou a reger corais comunitários e de extensão universitária. Dedica-se à formação de cantores juvenis e, atualmente, trabalha com o Coral do Colégio Padre Eustáquio, com o Coral do Projeto Cariúnas e Coral da Imprensa Oficial. É professora efetivada do Centro de Formação Artística da Fundação Clóvis Salgado – CEFAR e regente assistente do Coral Lírico de Minas Gerais.

Release do Coral:

O Coral dos Alunos do Colégio Padre Eustáquio foi criado em abril de 2001. Atualmente, o coro tem 50 componentes. O seu repertório é composto de diversos gêneros da música brasileira e internacional. O Coral tem se apresentado em atividades desenvolvidas pelo Colégio como festas, missas, formaturas, bem como de eventos externos. Ao longo de sua trajetória, já se apresentou: no \"Quatro Cantos“ do BDMG – Cultural, no PIC – Pampulha Iate Clube, no XIV Encontro Anual da ABEM – Associação Brasileira de Educação Musical, no IIIº Festival de Corais promovido pela Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, no Minas Cantat – Festival de Corais promovidos pela FEMICOR – Federação Mineira de Corais, na Vila dos Sonhos da Coca-cola, no Minas Shopping, no Big Shopping e em várias edições do FIC - Festival Internacional de Corais de Belo Horizonte. Desde abril de 2011, o Coral é regido pela maestrina Vivian Assis.

Foto

Coral dos Correios - Vozes de Minas - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Maestro Sérgio Antônio Canedo - / 9982-6506

É graduado em composição e regência pela Escola de Música da U.F.M.G., sendo seus mestres C. Guerra-Peixe e o Maestro David Machado. Estudou com Oiliam Lanna, Koelreutter, Dante Grela, Eduardo Bértola e Carlos Alberto Pinto Fonseca, entre outros. Já dirigiu diversos corais (Minas Tênis Clube, M.A.I., Vale do Rio Doce, USIMINAS -Ipatinga, UNIMED-BH, etc) e à frente de importantes orquestras. É doutor em literatura e música medievais, tratando de Afonso X e suas Cantigas de Santa Maria. É professor da Escola de Música da Universidade do Estado de Minas Gerais. OBS.: procuraremos enviar foto mais recente nos próximos dias.

Release do Coral:

Coral fundado em fevereiro de 1993 sob a regência da Maestrina Ângela Pinto Coelho. Em março de 1994 o coral viaja para participar do II Encontro Nacional de Corais da ECT, realizado em Brasília/DF, quando foi convidado pelo Palácio da Alvorada para apresentar-se ao Presidente da República, o Sr. Itamar Franco. Entre 95-97, já sob a regência do Maestro Paulo Gomes, participou de encontros e festivais, com destaque para Curitiba, Brasília, Fortaleza e em especial o concerto em homenagem aos 300 anos de Mariana. É em 1998, quando o dirigia o Maestro Júlio César Faria, que iniciam-se as participações do \"Vozes de Minas no Festcoros – Juiz de Fora. Desde 1999, é regido pelo Maestro Dr. Sérgio Antônio Canedo, apresentando-se sempre em diversos eventos, encontros e festivais, com destacada participação em São Lourenço, no Festcoros, Minascantat, painel SESIMINAS, no Festival Nacional de Betim e no FIC de Belo Horizonte, entre outros. Em 2012, um grupo advindo do Coral e denominado “Vozes de Minas”, apresentou-se com sucesso no V Festival Internacional de Coros de Câmera do Instituto Mexiquense de Cultura, no México.

Foto

Coral Ensaio Aberto - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Lindomar Gomes

O Maestro Lindomar Gomes é formado em Canto, Canto Gregoriano e Regência Coral pela Fundação Clóvis Salgado (Palácio das Artes). Formado também em Arte educação pela UEMG e Planejamento e Gestão Cultural pela PUC Minas. Maestro do Coral da Fumec, onde desenvolve um projeto de resgate do Canto Coral voltado para composições brasileiras e do movimento musical mineiro "Clube da Esquina". Rege também o Coral da Terceira idade (Neeti) e o Coral Infanto Juvenil do Colégio Pedro Aleixo. Coordenou vários festivais pelo Estado como Festival de Inverno de Itabira e Festival de Verão de Pedro Leopoldo. É o idealizador e coordenador do Festival de Corais de Belo Horizonte.

Release do Coral:

A ideia do Coral Ensaio Aberto de Belo Horizonte surgiu há 4 anos, durante a realização dos eventos promovidos pelo Maestro Lindomar Gomes: o FIC – Festival Internacional de Corais, o FIC Natal, o Dia de Minas e a Solenidade de Comemoração da Medalha da Inconfidência em Ouro Preto. Os participantes de diversas faixas etárias são oriundos de corais da Região Metropolitana de Belo Horizonte, praticando o canto coral de forma sublime.

Foto

Coral Esperanto - Santa Luzia/MG

Foto

Regente: Otávio Marinho Nascimento

- Graduado em música com habilitação em trompa pela Universidade Federal de Minas Gerais. - Durante os estudos acadêmicos participou de vários festivais de música, como Femusc. Iniciou seus estudos musicais na Banda de Música Euterpe Santa Luzia de Caetanópolis-MG aos quinze anos de idade, com o renomado maestro Valdomi Carneiro do Nascimento, ex - maestro da também renomada banda do CIAAR da Força Aérea Brasileira em Belo Horizonte. - Durante todo o curso acadêmico participou da Orquestra Sinfônica da UFMG. - Também é músico popular, autodidata, em violão, bateria e cantor popular, além de integrante do grupo de música regional e sertaneja raiz que se chama “Amigos da Viola”, grupo este que foi campeão do primeiro e segundo Festivais da Canção de Caetanópolis, no Festival Cultural Clara Nunes (2007 e 2008), e campeão do primeiro festival de violeiros de Betim (2010). - Como professor atuou ministrando aulas no projeto Cariunas, através de parceria com à Universidade Federal de Minas Gerais e professor particular. -- Atualmente é professor de música no Projeto Arte para Vida e regente do Coral Esperanto, em Santa Luzia-MG.

Release do Coral:

Coral Esperanto Fundado em 3 de março de 2005, onde em uma votação os seus membros escolheram este nome em meio a vários outros, O Coral Esperanto é um seguimento do Projeto Arte Para a Vida, idealizado e coordenado pelo Professor Aramis Silva, com a atual regência do Professor Otávio Marinho Nascimento, e tem como participantes os alunos da Escola Municipal Dona Quita, Escola Municipal Luisa Rosália e Escola Municipal Ceçota Diniz, da cidade de Santa Luzia- MG. Durante estes anos de existência cerca de 400 jovens passaram pelo coral e alguns permanecem desde a sua fundação. O coral fez inúmeras apresentações durante estes anos, abrindo vários eventos da Secretaria de Educação de Santa Luzia e também em aberturas de eventos de outras secretarias municipais e estaduais, apresentou-se em diversas escolas em eventos diferenciados para milhares de alunos e também fez a abertura do IV Congresso Internacional de Educação realizado no grande teatro do Minas Centro em 2007, participou de um grande coral no Dia de Minas na Praça da Liberdade em 2011, participou do Show de Marcos Viana e Sagrado Coração da Terra em Pedro Leopoldo em 2012 e dos Festivais Internacionais de Coral de BH em 2011 e 2012 .

Foto

Coral G-DECC - Curaçá/Bahia

Foto

Regente: Dimael Barbosa dos Santos

Dimael Barbosa dos Santos, Arte-educador, músico, dançarino, Coreografo, Estudante de Música pela Universidade Federal do Piauí, Coordenador do Ponto de Cultura TransformArte, com grande experiência na área das artes, música, dança, cultura e canto coral, tendo cantado e coordenado vários coros na cidade.

Release do Coral:

O Coral G-DECC foi criado em Outubro de 2007 pela ASDECC (Associação de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Cidadania) em Comemoração ao Aniversário de 4 anos do Grupo de Dança Educativa Caminho da Cidadania G-DECC, grupo que desenvolve um trabalho social para crianças e adolescentes da Cidade de Curaçá utilizando a dança, o teatro e a música como ferramentas de ação social, sendo referência regional e tendo representado o estado e a região nordeste em todo país. O Coral G-DECC é composto por alunos do projeto que recebem aulas de dança, teatro, música, informática e audiovisual, daí surgem a principal característica e o diferencial do coral. A integração dessas expressões em suas apresentações. São músicas que recebem coreografias, percussão corporal, interpretação teatral entre outros elementos artísticos. O Coro é formado por 20 componentes e apresenta músicas do repertório popular brasileiro e nordestino tendo uma grande preocupação com o crescimento intelectual e artístico do público. O coro se apresenta nos principais eventos da cidade e da região recebendo aplausos e elogios por onde passa.

Foto

Coral GREMIG / CEMIG - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Luiz Flávio dos Santos

Pela regência de Luiz Flávio dos Santos, brasileiro, casado, músico, registrado na OMB sob o n° 11.049, residente e domiciliado na Rua :Vitório Magnavaca, 105/101, Bairro: Buritis, BH/MG. Saxofonista e Flautista, é um dos profissionais mais conceituados na área.

Release do Coral:

Criado pela Associação Recreativa e Cultural dos Empregados da Cemig, em 1972, o coral foi reativado em junho de 1991 pelo maestro Luiz Flávio dos Santos . possui um repertório bem brasileiro, resgatando cantigas do folclore de várias partes do país, interpretando também canções clássicas e sacras que revelaram o coral em muitos festivais, concertos, missas , solenidades, hospitais, asilos, albergues, entre outros. Os objetivos do coral são: estimular as aptidões musicais dos participantes e oferecer mais opção de lazer e cultura através de apresentações para o público em geral. Principais Eventos: Festival Nacional de corais de Empresas em são Lourenço( anos 2003,2004,2005,2006); Homenagem "Cinquentenário Cemig" pela Assembléia Legislativa de MG; vários outros eventos.

Foto

Coral Guairá - Andrelândia/Minas Gerais

Foto

Regente: Chico Almeida (José Francisco de Almeida Júnior)

Regente: José Francisco de Almeida Júnior Nome de apresentação: Chico Almeida Graduado em Música pela Universidade Federal de Ouro Preto em 2009, atuou com diversos projetos em Ouro Preto e na região de Andrelândia, como o Canto Coral do Projeto Vivências Lúdicas (CEDUFOP/UFOP), CPPA/TV UFOP, Projeto Lata Viva (São Vicente de Minas), Canto Coral do Projeto Importando Artes (Bom Jardim de Minas), Projeto Cantarolias (Andrelândia/MG), Coral Guairá (Fundação Guairá), dentre outros.

Release do Coral:

Fundado em 2007 pela Fundação Guairá com o apoio da professora de Artes e musicista andrelandense Carmem Lídia e a supervisão e coordenação do experiente maestro juiz-forano Ciro Tabet, o coral foi um projeto pioneiro na região, o que fez com que toda a comunidade participasse direta ou indiretamente do grupo. Em 2008 o músico Douglas Toledo, então graduando do Curso de Música da Universidade Federal de São João Del Rei assume o Coral Guairá, onde desenvolveu um importante trabalho de formação de repertório e desenvolvimento técnico dos coristas. Sob sua direção, o grupo se apresentou diversas vezes na cidade de Andrelândia e na cidade de Madre de Deus de Minas, na Igreja Matriz, em um Concerto Natalino juntamente com a Corporação Musical Santa Cecília, desta cidade em dezembro de 2009. No ano de 2010, o músico Chico Almeida, graduado em música pela Universidade Federal de Ouro Preto assume a coordenação e regência do Coral Guairá. Desde então o grupo vem realizando um trabalho de arranjos com foco na música caipira e folclórica mineira, paralelo ao tradicional repertório de Música Popular Brasileira. O grupo já participou de eventos do segmento de canto coral, como o Canta Brasil Corais (Caxambu-MG) 2011, 2012 e 2013, 3° e 4º Canta Del Rei (São João Del Rei) e FestCoros 2012 (Juiz de Fora-MG) além de outras apresentações.

Foto

Coral Harmonia - Fortaleza/Ceará

Foto

Regente: Luiz de Gonzaga Leite Neto

Iniciou suas atividades musicais em 1990, coordenando grupos vocais de jovens cantores de música sacra. Bacharelado em música da UECE (Universidade Estadual do Ceará) Rege os corais: HARMONIA, TRT, ICC, SEFIN, BNB, SINTUFCE e SEPLAG. É instrumentista e arranjador de todos os corais que rege.

Release do Coral:

Somos um Coral independente e misto, sua formação vem desde de 2005. Atualmente são 18 integrantes. Repertório bem diversificado : Sacro, Samba, Forró, MPB. Anualmente participamos de Encontros de Corais em várias regiões do Brasil: Rio de Janeiro, Salvador, Natal, João Pessoa. E em Fortaleza somos sempre convidados para eventos sociais como: Dia da Mulher, Dia das Mães, Reuniões, Aniversários, Missas, e anualmente participamos do Natal de Luz de Fortaleza e também encontro de corais locais. E para completar nosso currículo desejamos participar do FIC.

Foto

Coral IFMG-OP - Ouro Preto /Minas Gerais

Foto

Regente: Arlindo Leandro Gomes

Arlindo Leandro Gomes é licenciado em Música pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Seu instrumento é o Canto Lírico. Atua como tenor solista, regente de Coral, professor de canto, compositor e arranjador.

Release do Coral:

OCoral IFMG-OP do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG Campus Ouro Preto-MG) foi formado em 2008 sob a regência de “Arlindo Leandro Gomes”. Sempre teve como característica a pesquisa e a execução de músicas populares, regionais e folclóricas de diversas épocas, abrindo espaço também para a música erudita . Das apresentações mais recentes, destacamos participação no “II Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica” em Florianópolis-SC e no XIII CantarES/UFES 2012 em Vitória-ES, e em 2013 MAR(Museu de Arte do Rio)-RJ e no Encontro FEIC em Jacarepaguá-RJ.

Foto

Coral Imprensa Oficial - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Vivian Assis

Vivian Assis é Mestre em Música e Bacharel em Regência pela Universidade Federal de Minas Gerais. Participou de seminários e oficinas, estudando regência com Carlos Alberto Pinto da Fonseca, Mogens Dahl, Bob Chilcott, Janet Galván, Henry Leck, Lincoln Andrade, Rodney Eichenberger, Iara Fricke Matte e Sílvio Viegas. Atua profissionalmente como maestrina desde 1998, quando começou a reger corais comunitários e de extensão universitária. Dedica-se à formação de cantores juvenis e, atualmente, trabalha o projeto social Cariúnas, além de atuar com corais de empresas e escolas na capital mineira. É professora do Centro de Formação Artística da Fundação Clóvis Salgado–Cefar.

Release do Coral:

O Coral Imprensa Oficial de Minas Gerais foi criado em dezembro de 1999, com o intuito de valorizar a vocação musical, oferecer uma oportunidade de estudo e de visão ampla da música, consolidando uma das competências da Autarquia de participar da difusão de uma das mais notáveis atividades culturais do Estado, o canto coral. Conta atualmente com 25 vozes, divididas em quatro naipes e é regido pela maestrina Vivian Assis. Possui repertório eclético de músicas populares e eruditas, merecendo destaque as apresentações de grandes peças em concertos e festivais. O Coral é a imprensa itinerante que atravessa fronteiras, marcando raízes de Minas.

Foto

Coral Juvenal Alves Vilela - Caeté/Minas Gerais

Foto

Regente: Edson Alves de Oliveira

Cantor e regente de diversos coros de Belo Horizonte, os corais infanto-juvenis do Colégio Arnaldo e Colégio Nossa Senhora das Dores(que foi semi-finalista no 1º Concurso Nacional de Canto Coral da Funarte) e o Madrigal Ânima, alem dos Meninos Cantores Cardeais de Sete Lagoas e do Coral Juvenal Alves Vilela de Caeté. Seu trabalho tem encontrado reconhecimento não só no Brasil como no exterior, sendo convidado pela maestrina Olga Kablusckiu da República Tcheca, para ministrar o Workshops de Música Brasileira para Coro Infantil. Aluno de classe de regência da Universidade Estadual de Minas Gerais, aluno dos professores Paul Okley dos Estados Unidos , Alberto Grau da Venezuela e Mara Campos de São Paulo; estudou canto com o professor Edilson Costa de São Paulo.*Participou de oficinas de regência de coral em Curitiba e São Paulo e de cursos internacionais de regência no Rio de Janeiro e São Paulo. Workshops de regência de Coral Infantil com o maestro Bartolucci da Academia de São Pedro de Roma, tendo oportunidade de reger o Coro Oficial do Vaticano e também com o maestro Sir Edgar Hoikns o Royal Academy de Londres.*Por seus trabalhos como cantor e regente, já recebeu diversos prêmios no Brasil e exterior. Como regente tem seu repertório: Missa da Coroação de Mozart, Réquiem de Mozart, Missa em Sol de Schubert, Glória de Vivaldi, Missa em Dó de Mozart, dentre outras, todas com coro e orquestra. Como tenor-solista já atuou no Réquiem de Mozart, Thamos o Rei do Egito de Mozart e Missa Nossa Senhora da Conceição de Lobo de Mesquita. Em 1997, excursionou com o Coral Brasilessência por diversas capitais da Europa e em 1998 em diversas cidades da Itália com o Coral Bone Jesu de Belo Horizonte e Coral Vilela de Caeté.

Release do Coral:

Fundado em março de 1946, pelo maestro e compositor Juvenal Alves Vilela, o Coral já apresentou em diversos festivais em todo o Brasil e gravou um LP e 3 CD’s. Realiza importante evento musical, neste ano em sua 15ª edição, o POP CORAL-PROGRAMA DE POPULARIZAÇÃO DA MÚSICA CORAL, circuito de apresentações e cursos realizadas a partir de 1980, que tem como objetivo a popularização da música coral, mostrando o funcionamento deste canto e como ele pode melhorar a qualidade de vida. Nesta edição, que tem o tema “A Música que Inclui”, está buscando tambem acionar os deficientes auditivos, portadores de transtornos mentais e jovens.

Foto

Coral Luis de Camões - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Leonardo Cunha

Leonardo Cunha é mestre em Música e bacharel em Violino pela Escola de Música da UFMG. Seu currículo aponta para um profundo interesse na interação entre música erudita e popular. O trabalho de Leonardo Cunha envolve desde arranjo e composição para teatro, espetáculos, encontros e festivais à regência de orquestras e coros e produção musical de diversos artistas. Em 2008 foi indicado ao Prêmio da Música Brasileira. Entre os artistas com quem atuou, podemos citar: Milton Nascimento, Fafá de Belém, Daniela Mercury, Hermeto Pascoal, Toninho Horta, Roberto Menescal, Emílio Santiago, Leila Pinheiro, Danilo Caymi, Derico Sciotti, Wanda Sá, Celso Adolfo no popular, e Arthur Moreira Lima, Antônio Meneses, Boris Belkin, Márcio Carneiro, Edson Queiroz, Jasmin Gottstein, Ulla Benz, no erudito. Em 2008 lançou um livro de arranjos de música brasileira para coral, intitulado "MPB a Quatro Vozes" utilizado por vários corais no Brasil e no exterior. Em Junho de 2011, foi convidado a reger a Orquestra Sinfônica Collegium Musicum de Potsdam, na Alemanha, num concerto com músicas brasileiras. Com a Orquestra de Câmara OPUS, produziu 2 CDs e esteve em turnê em 2011 no Peru e em 2012 na Europa. Frequentemente é convidado para dirigir orquestras pelo Brasil. Atualmente é o maestro titular da Orquestra de Câmara OPUS, da Orquestra Sinfônica de Nova Lima, do Coral da AABB/BH e do Coral da GEPES – Banco do Brasil.

Release do Coral:

Em construção

Foto

Coral Minas Tênis Clube - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Eliane Fajioli

Regente Eliane Fajioli Pianista, maestrina e cantora, é natural de Belo Horizonte, com graduação em piano pela FUMA – Fundação Mineira de Arte. Na Fundação Artística foi aluna de piano dos professores Eduardo Hazan e Lily Kraft e de canto do professor Eládio Perez Gonzales. Especializou-se em regência coral com Carlos Alberto Pinto Fonseca e Sérgio Magnani. Foi Professora das classes de regência coral, música de câmara, canto coral, percepção musical e pianista acompanhadora das classes de canto na Escola de Música da UFMG. Já atuou como professora de regência coral e maestrina no Festival de Inverno de Londrina, Paraná. Participa como pianista acompanhadora e cantora solista em recitais e concertos com orquestra. Atualmente é regente dos Corais do Minas Tênis Clube, Copasa e Coral Lírico de Minas Gerais.

Release do Coral:

CORAL MINAS TÊNIS CLUBE O Coral Minas Tênis Clube foi criado em 1964 por um grupo de cantores que havia se desligado de outro coro famoso, o “ Madrigal “Renascentista”. Com o objetivo de difundir a música latino-americana – principalmente a brasileira – o Coral começou a trabalhar sob a direção do Maestro Roberto de Castro e com o apoio irrestrito do empresário José Mendes Júnior, na época, presidente do Minas Tênis Clube. Em pouco tempo, o Coral já contava com um grupo de 30 cantores e 10 instrumentistas, apresentando um repertório eclético que incluía música folclórica, clássica, Negro Spirituals, renascentista e de compositores contemporâneos. Em 1968, após a realização de concertos em diversas cidades brasileiras, recebeu seus dois primeiros prêmios: A “ Lira de Ouro”, da Secretaria de Cultura do município de Belo Horizonte, e a “ Palma de Ouro” entre os corais de MG, numa promoção conjunta dos Diários Associados e O Globo. Ainda, em 1968, realizou concertos em Curitiba e Porto Alegre, antes de chegar à Argentina, em sua primeira viagem internacional. No Brasil, foi o primeiro coro a cantar “Missa Criolla” do compositor argentino Ariel Ramirez. Na Argentina, a convite do governo daquele país, em Buenos Aires, pôde interpretar a “Missa Criolla” diante de seu autor, antes de seguir viagem pelas cidades de Rosário, La Plata e Córdoba. Em 2006, 38 anos depois, o coral apresentou a peça novamente, obteve um grande sucesso e inúmeros convites para apresentações da obra. Em Minas Gerais, viajou por diversas cidades do interior, e gravou um disco com músicas de J. S. Bach, Dori Caymmi, Roberto e Pedro de Castro. Com o falecimento do Maestro Roberto de Castro, outros regentes vieram a trabalhar com o coro: Marisa Mazzarello, Sérgio Canedo, Maria Virgínia, Luciano Lima e Edésio Lara. Desde março de 1999, o Coral Minas Tênis Clube está sob a regência da Maestrina Eliane Fajioli. O Coral, formado, desde então, exclusivamente por sócios do clube atualmente com 44 vozes (masculinas e femininas), tem o objetivo de resgatar seus melhores momentos, através de eventos de alto nível, tanto dentro quanto fora do âmbito da comunidade minastenista.

Foto

Coral Musicanto de Contagem - Contagem/Minas Gerais

Foto

Regente: Divino Francisco de Castro e José de Paula Ribeiro

Divino Francisco de Castro, Professor das Línguas Portuguesa e Inglesa e respectivas literaturas, formado pela UFMG. Cursos de Regências (nível técnico) pelas UFMG e UEMG. Professor de Percepção Musical de Teclado no Centro Cultural de Contagem. Estudante de piano. Fundador e Regente dos Coral Musicanto de Contagem da Coordenadoria de Cultura de Contagem. José de Paula Ribeiro, Professor de História da Rede Estadual de Minas Gerais, foi seminarista na Congregação do Verbo Divino onde teve a oportunidade de estudar música surgindo aí o gosto pela arte da música coral. Fez curso de regência livre e, desde então, vem atuando como regente de corais. Atualmente é regente auxiliar do Coral Musicanto de Contagem - MG

Release do Coral:

O Coral Musicanto de Contagem, criado há 15 anos pelo Regente Divino Francisco de Castro, é formado por jovens e adultos do município de Contagem e outras cidades adjacentes... Seu principal objetivo é levar junto aos segmentos sociais e comunidades o conhecimento da música, sobretudo do canto coral. O Musicanto tem um repertório bastante eclético: interpreta obras eruditas, folclóricas, clássicas, gospel e populares... Tendo como Regente Divino Francisco de Castro e seu Auxiliar Regente José de Paula Ribeiro. Tem participado de festivais nacionais e internacionais, várias cantatas, e oficinas dentro e fora do município. Em 25 de maio de 2013, participou do 4º. Canta Del Rei na Cidade de São João Del Rei, 6 de junho do Quatro Cantos Coral na Praça, evento realizado pelo BDMG - BH e no período de 4 a 6 de maio de 2012, participou do 1º. Festival Internacional de Corais 3 Fronteiras, apresentando no Teatro Elias Haaugge - Foz do Iguaçu - PR - BR e no Centro de Eventos e Convenciones - Puerto de Iguazu - Argentina. Em 16 a 18 de agosto participará do Canta Brasil 2013 na cidade de Caxambu.

Foto

Coral Nosso Momento - Belo Horizonte/MG

Foto

Regente: Josi Trevizan

A Regente Josi Trevizan é pianista, graduada pela Universidade Estadual de Minas Gerais, e psicóloga, graduada pela Universidade FUMEC. Atualmente, faz pós graduação em Arteterapia. É diretora da escola Chorus, Música e Psicologia, e atua como professora de piano, psicóloga e regente de dois corais. • Regente do Coral St. Jude. (25 vozes/adulto) - coral para funcionários. (desde 2008) – Participação no Festival Internacional de Corais em 2009, 2010, 2011 e 2012. • Regente do coral Nosso Momento, no Centro de Referencia ao Idoso, no bairro Caiçara, desde janeiro de 2012, projeto patrocinado pela St. Jude Medical e aprovado pelo Ministério da Cultura. Coral formado por 60 idosos. Foi Regente do Coral Cantores do Marieta (40 vozes/infantil) – patrocinado pela empresa St. Jude Medical. (lei de incentivo a cultura) – 2009 a 2011 Rondonista – julho de 2011, em Montezuma. (Projeto RONDON-PUC MINAS) Regente do coral formado por idosos na FUMEC (40 vozes) – NEETI (início - setembro de 2011até final de 2012. Professora de canto (aula para idosos) no CEMEI – FUMEC (60 idosos). (início - agosto de 2011até final de 2012.

Release do Coral:

O Coral Nosso Momento é composto por pessoas com mais de 40 anos, é um coral formado por pessoas da terceira idade que buscam viver a vida com mais alegria, mais música e muita harmonia. O coral conta com 50 integrantes, apenas 5 homens, é um coral basicamente feminino. Nosso primeiro encontro foi em janeiro de 2012. Durante o ano participamos do Festival Internacional de Corais, cantando em Inhotim e no Museu Abilio Barreto. Cantamos em alguns eventos da empresa St. Jude Medical, que é a patrocinadora do coral, e fizemos algumas participações nas igrejas Sta Margarida, Rainha da Paz, no bairro Caiçara. Em março de 2013, participamos do 1º Festival de Corais do Rio de Janeiro em Alto Mar. Nosso repertório é bem eclético. Cantamos canções que tem a ver com a nossa historia, musicas com mensagens que queremos propagar.

Foto

Coral Nova Era - Ensaio Aberto - Nova Era/Minas Gerais

Foto

Regente: Lindomar Gomes

Maestro Lindomar Gomes O Maestro Lindomar Gomes é formado em Canto, Canto Gregoriano e Regência Coral pela Fundação Clóvis Salgado (Palácio das Artes). Formado também em Arte educação pela UEMG e Planejamento e Gestão Cultural pela PUC Minas. Maestro do Coral da Fumec, onde desenvolve um projeto de resgate do Canto Coral voltado para composições brasileiras e do movimento musical mineiro "Clube da Esquina". Rege também o Coral da Terceira idade (Neeti) e o Coral Infanto Juvenil do Colégio Pedro Aleixo. Coordenou vários festivais pelo Estado como Festival de Inverno de Itabira e Festival de Verão de Pedro Leopoldo. É o idealizador e coordenador do Festival de Corais de Belo Horizonte.

Release do Coral:

A ideia do Canto Coral para o público adulto de Nova Era surgiu no inicio de 2013 quando a Prefeitura de Nova Era, recebeu uma proposta do Maestro Lindomar Gomes. Sob sua regência, as pessoas da comunidade passaram a integrar o Projeto Ensaio Aberto e, assim, iniciaram a participação efetiva no Festival Internacional de Corais, preparando uma apresentação para a semana da Pátria. O evento foi promovido em grande estilo e foi formado um Coral de 500 vozes. A sua continuidade fez-se necessária e então, em 2014, estamos novamente nos palcos das Minas Gerais. A cada ensaio ocorrido percebemos a alegria e o aprendizado das pessoas inseridas no Projeto.

Foto

Coral Pequenos Cantores de Cachoeira Escura - Belo Oriente/Minas Gerais

Foto

Regente: Edson Doliveira

Edson Doliveira é maestro e cantor lírico. Graduando em regência pela Universidade Carlos Gomes de SP, tem extensão em canto coral na Royal Academy de Londres e Academia Santa Cecilia´-Roma. Participou dos principais festivais nacionais e internacionais como regente convidado. Foi um dos únicos brasileiros a reger o coro da Capela Sistina em Roma, em solenidade presidida por sua santidade o Papa João Paulo II. Foi assistente e aluno dos maestros Mara Campos´-Sp, Lutero Rodrigues- Curitiba, Alberto Grau- Venezuela, Paul Oklau, EUA e Carlos Alberto Pinto Fonseca- Mg.

Release do Coral:

O coral Pequenos cantores de Cachoeira Escura, foi formado recentemente com o objetivo estabelecer através da música a aprendizagem e a aproximação das crianças, das famílias e da comunidade. O coral traz em seu perfil, crianças e adolescentes oriundas da Escola Municipal Perpétuo Socorro, localizada no distrito de cachoeira Escura, no município de Belo Oriente. Pela primeira vez participa do FIC- Festival Internacional de Corais com muita alegria, entusiasmo e disposição. O coral vem promovendo encontros para ensaios através de oficinas oferecidas pela CENIBRA - Celulose Nipo-Brasileira S/A, com apoio da Secretaria Municipal de Educação de Belo Oriente. Esta experiência traz marcos na história da vida dos alunos participantes e um movimento social de rara beleza, emoção e encantamento que une homens e mulheres de todas as idades, profissões e ideologias que têm em comum o gosto pela música e pelo canto.

Foto

Coral Petrobras Regap - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Maria do Carmo Souza Campara

MARIA DO CARMO SOUZA CAMPARA Especialista em Educação Musical / Regente de Coral Como professora: . Curso de Especialização em Educação Musical da Escola de Música da UFMG, período de 1996 a 2009 - disciplinas Técnicas em Direção Coral, Princípios de Regência Coral e Técnica Vocal; . Escola de Música da UFMG - disciplinas Canto Coral, Percepção Musical no período de 1978 a 2002; . Curso de Artes Cênicas da UFMG, disciplina Educação Vocal - de 1998 a 2002; . Iniciação à Regência no Curso de Formação Profissionalizante da Fundação de Educação Artística – FEA - em Belo Horizonte - Janeiro de 2007 e Dezembro de 2008; . Professora-convidada da FUNARTE, para ministrar “Cursos de Regência Coral”, em vários estados brasileiros; . Professora do Curso de Extensão em Música – CEM da Escola de Música da UFMG, disciplina Apreciação e Percepção Musical- atualmente; . Professora na Fundação de Educação Artística, disciplina Oficina de Leitura - atualmente. Como regente: . Coral do Instituto Cultural Newton Paiva Ferreira no período de 1977 a 1994, tendo gravado 2 CD’s de músicas corais nacionais, folclóricas e internacionais. Prêmios em concursos nacionais como Regente de coral; . Regente assistente do Coral Lírico do Palácio das Artes de junho a dezembro de 2009; . Coral da REGAP (Refinaria Gabriel Passos – Petrobrás) desde abril de 2005, apresentando-se em diversos Encontros de Corais pelo Brasil, em Belo Horizonte e nas comunidades do entorno da Refinaria Gabriel Passos. . Vice-Diretora da Escola de Música da UFMG, no período de 1998 a 2002. . Especialista em Educação Musical pela UFMG.

Release do Coral:

Criado em 1965, o Coral Petrobras Regap, ostenta o título de mais antigo da Petrobras, iniciando suas atividades três anos antes da inauguração da própria Refinaria Gabriel Passos (1968). Reconhecido oficialmente em 1981, após determinação da presidência da Companhia, os Corais da Petrobras constituem, hoje, uma das atividades institucionais mais bem sucedidas da empresa, por divulgarem-na em todo o país e encantar a todos com suas apresentações de extrema beleza e harmonia. Atualmente, o Coral Petrobras Regap é composto por vinte e três vozes, regidas pela maestrina Maria do Carmo de Souza Campara. Consonante ao espírito da Petrobras, o Coral Petrobras Regap desenvolve suas atividades fundamentado em princípios que o tornam digno do padrão de excelência da Companhia: seriedade, motivação, esforço e trabalho. A riqueza de estilos de seu repertório, que abrange do popular ao clássico, faz com que o Coral cumpra sua missão especial de resgatar a cultura de nosso povo, despertando no coração de cada ouvinte, o prazer pela arte. Com importantes participações no cenário artístico e cultural em todo o país, destacam-se: - Participação na estréia mundial da Ópera Tiradentes - Participação na gravação de CD do Encontro das Américas e CD Corais Petrobras. - Missa em Fá Maior de Lobo de Mesquita, na Igreja de São José -Missa do Orfanato, de Mozart, apresentada em Divinópolis e em Belo Horizonte, na Igreja da Boa Viagem. - Participação nos projetos da FEMICOR: Minas Cantat, Minas Encanto e Cantarte. - Festival de Corais de Belo Horizonte. - Concertos diversos em cidades mineiras como: São Lourenço, Sabará, Ouro Preto, Betim, Ibirité, Contagem, Mariana, Viçosa, Ipatinga, Ferros, Montes Claros, Divinópolis, etc. - Concerto no IBAMA, no Parque das Águas e no Programa “Ao Cair da Tarde”, em Brasília. - Encontros de Corais Petrobras no Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais, Paraná e Espírito Santo. - Festival de Inverno de Sarzedo. - Apresentação Quatro Cantos-Coral na Praça da Liberdade. - FIC - Festival Internacional de Corais de Belo Horizonte.

Foto

Coral Prata Encanto & Voz - São Domingos do Prata/Minas Gerais

Foto

Regente: Edméa Saldanha Lima

Licenciada em Música – Habilitação em Canto, UEMG (2009), também estudou no Palácio das Artes- CEFAR (2001) e na Ordem dos Músicos (1986-1987) Trabalha atualmente no CENTEC/DOCTUM – Centro Tecnológico Dr. Joseph Hein, em João Monlevade/MG (2011 a 2013) como professora de Musicalização Infantil, Canto Coral, Flauta Doce , violão e teclado. Na AMEPI- Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Piracicaba é Coordenadora e professora do “Curso de Capacitação em Música para professores de Arte do Médio Piracicaba” – João Monlevade/MG desde 2012. Em São Domingos do Prata é Regente do Coral Adulto “Vozes de Prata” desde 2011 e do Coral Infanto-Juvenil “Prata Encanto & Voz” em 2009 e de 2012 a 2013, da Casa de Cultura Chiquito Moraes, onde também é professora de Flauta Doce e é regente voluntária do “Coral Menino Jesus” da Paróquia São Domingos de Gusmão. Em Belo Horizonte foi Regente do Coral Infanto-Juvenil na Paróquia São Vicente de Paulo (de 2003 a 2008) e foi também sócia-proprietária e gerente administrativo da Escola de Música “Sons & Dons” (de 2000 a 2005) onde também ministrava aulas de Técnica Vocal, Teclado, Violão, Flauta Doce e Percepção Musical. Atua como professora de música e Cantora desde 1990.

Release do Coral:

O Coral Infanto-Juvenil “Prata Encanto & Voz” foi criado em 2008 pela iniciativa da atual secretária de cultura de São Domingos do Prata, Mariluce Martins e pela regente e instrumentista Lúcia Lima, e está vinculado à Casa de Cultura Chiquito Moraes. É formado atualmente só por meninas entre 08 e 16 anos e trabalha repertório erudito e popular. Já participou do FIC em 2011 sob a regência de Emanuelle Cardoso e em 2012 com a atual regente, Edméa Lima. Participa anualmente de três eventos na sua cidade sede: O Concerto das Estações, Festa do Padroeiro São Domingos e Cantata de Natal. Já fez apresentações em Nova Era, Ipatinga, Praça da Liberdade (Dia de Minas), Outro Preto, Itabira, São Gonçalo do Rio Abaixo, João Monlevade e Inhotim.

Foto

Coral Ribeirão de Areia - Araçuaí/MG

Foto

Regente: Dêner Pinheiro

Músico, compositor, arranjador e instrumentista estudou música na Fundação de Educação Artística – BH. Nos seus doze anos de profissão ministrou diversos cursos e oficinas ligados à música em festivais como FESTIVALE e FESTEJE, também para entidades como APRISCO - Virgem da Lapa, AJENAI - Jenipapo de Minas, AMAI – Itinga, ASSOCIAR – Araçuaí, CÁRITAS DIOCESANA – Araçuaí e ASCAI – Itaobim. Trabalhou e dividiu palco com diversos grupos e artistas como Ícaros do vale, Coral Araras Grandes, Coral Bem-ti-vi, Coral Ribeirão de Areia, Banda Dona Rita, Psycho Garden, Arangaio, Josino Medina, Grace Matos, Titane, Diêgo Alves, Luciano Tanure, Alessandro Silva, Joana Darc, Diego Carvalho, Leo Mendonza e Luciano Silveira. Atualmente é professor de Violão Erudito e Popular, atuando no colégio Nazareth – Araçuaí – MG e trabalha como educador musical e professor de violão pela AJENAI – Jenipapo de Minas e ABITA - Coronel Murta

Release do Coral:

O coral Ribeirão de areia é um grupo formado por crianças, adolescentes e adultos moradores da comunidade Ribeirão de Areia – Jenipapo de Minas. É um grupo que tem por objetivo ampliar horizontes e contribuir com o desenvolvimento psicossocial de sua região, através da música, em especial, o canto. É um grupo que tem o especial cuidado de transmitir sua arte e seus valores realizando constantemente, apresentações e oficinas em sua própria comunidade bem como em Jenipapo de Minas e cidades vizinhas. Participou também de importantes eventos como o Festival de férias de São Gonçalo do Rio das Pedras por duas vezes consecutivas, festival Internacional de corais em BH, Terceira mostra cultural de Jenipapo de minas entre outros. O repertório do coral vai da MPB tradicional a canções de domínio público de sua própria região e há um interesse especial em interpretar canções de novos compositores ainda não conhecidos pelo grande público. Busca-se sempre nas canções algum tipo de ligação com a realidade atual, objetivos e sonhos do grupo. Enfim, há também canções e poesias compostas por membros do grupo que são também incorporadas ao trabalho.

Foto

Coral RotarynCanto - NITERÓI/RIO DE JANEIRO

Foto

Regente: Joabe Ferreira

Geraldo Joabe de Figueiredo Ferreira, natural de São Paulo, iniciou seus estudos em música desde muito cedo.Bacharel em Música Sacra com o maestro Parcival Módolo, orientação pianística da Prof. Regina Schoschauer e orientação organística da Dra.Dorotéa Kerr. Na área de regência Curso Intensivo de Regência com o com o Maestro Henry Leck (USA). Em julho/2003, atendendo a convite da maestrina Mônica Vazquez, participou do Encontro de Música em Stuttgart (Alemanha), participou da Premier européia do credo, grande obra vocal do compositor polonês Krysztof Penderecki, em turnê pela Alemanha, Polônia e Rússia.No ano de 2000 integrou a Delegação Brasileira no Encontro de Organistas e Organeiros realizado no México. Com a direção artística da organeira Susan Taterschaw excursionou por cidades do México conhecendo o patrimônio histórioco-cultural de música ibérica desse país.Pós-graduado em Regência Coral no Conservatório Brasileiro de Música (RJ).Stagier” da classe de Regência Coral do Conservatório Nacional de Bordeaux “, na França.

Release do Coral:

O Coral Rotary foi criado em 2010 com a finalidade de reunir os rotarianos e amigos em uma atividade cultural. O RotarynCanto é o primeiro Coral da Instituição Rotary Internacional criado no estado do Rio de Janeiro e desde o início está sob a regência do maestro Joabe Figueiredo Ferreira. Sendo o Rotary um clube de serviços comunitários, o Coral RotarynCanto se apresenta em eventos beneficentes.

Foto

Coral Rouxinóis do Nazareth - Araçuaí/Minas Gerais

Foto

Regente: Lucas Aguilar

Formado em História, o maestro Lucas Aguilar conta como experiência, as sua vivências nos movimentos de cultura popular no Vale do Jequitinhonha. Participou durante anos do Coral Nossa Senhora do Rosário onde teve seu primeiro contato com a regência. Atualmente participa do Coral Trovadores do Vale e rege o Coral Rouxinóis do Nazareth. Aliando sua experiência com grupos musicais e a atuação na educação, o maestro assumiu a missão de formar o Coral de alunos do Colégio, proporcionando o contato dos jovens com esta expressiva manifestação artística.

Release do Coral:

Com o objetivo de aliar arte e educação o coral formado por alunos do Colégio Nazareth de Araçuaí, surgiu em agosto de 2011 para ser um grupo de animação das atividades e eventos da escola. Formado por crianças e adolescentes o grupo caiu nos encantos dos professores, funcionários e direção que vêem no coral um aliado à missão cognitiva. O grupo tem participado de todas atividades da escola e começa a alçar vôos em outros eventos da cidade. Em seu segundo ano no FIC, a participação vem servir de motivação, fortalecimento e crescimento do grupo.

Foto

Coral Sagrada Família - Vila Velha/Espirito Santo

Foto

Regente: Max Carvalho

Max Carvalho iniciou-se profissionalmente como regente em 2008, com o então recém formado Coral Bom Pastor, inicialmente formando um grande coro intitulado Coral das Comunidades Católicas, com um número aproximado de 75 vozes e uma mini orquestra. Em 2009 Max assumiu o Coral Joaquim Lovatti substituindo o maestro Adolfo Alves, também foi convidado á reger o coral da Paróquia Sagrada Família neste mesmo ano. Foi convocado pela prefeitura de Marechal Floriano em 2010 para reger três corais, sendo eles o Coral Italiano Pio Bello de Araguaia, o Coral Criança Encanto da Escola em Marechal Floriano e o Coral São José de Santa Maria de Marechal. Participou também de vários eventos estaduais e nacionais, incluindo o Festival Internacional de Arraial do Cabo RJ, onde o Coral Joaquim Lovatti teve a oportunidade de cantar ao lado de grandes corais. Em Setembro de 2012 o Maestro Max Carvalho participou juntamente com o Coral Joaquim Lovatti no Festival Internacional de Corais do estado de Minas Gerais (FIC) em Homenagem a Carlos Drummond de Andrade. Hoje o maestro Max Carvalho é regente de um total de 150 pessoas distribuídas em sete corais e também proprietário e professor da Escola de Música Max Music.

Release do Coral:

O Coral Sagrada Família é formado por um grupo de pessoas pertencentes à comunidade da Igreja Sagrada Família, situada em Vila Velha - ES. Sob a regência do maestro Max Carvalho, teve seu início em março de 2010 com objetivo de incentivar a comunidade maior participação no dia a dia da igreja e abrilhantar as celebrações ao som de cantos mais belos e elaborados.

Foto

Coral Saúde e Vida - Belém/Pará

Foto

Regente: Reginaldo Silva Santana

O maestro Reginaldo Santana estudou musicalização e canto lírico no Conservatório Carlos Gomes e escola de Música da UFPA, tendo como professora a Maestrina Marina Monarcha Gaspar. Quando membro membro da associação Lírica do Pará, participou como solista de diversas Óperas nos Teatros Paraenses como: teatro Waldemar Henrique, Teatro da Paz e outros. Formado em Regência Coral pelo Seminário Daniel Berg, participou de inúmeros cursos e oficinas de técnicas vocal, regência, composição e harmonização com os mais variados professores de renomes nacionais e internacionais, como: Zuingli Faustine, Alexandre Zilahi, Semita Costa, Carol Hills, Silvério Maia entre outros. É membro da Associação Brasileira de Regentes e participou do I Encontro Internacional de Regentes em Brasília/DF em 2001. Atualmente é Regente dos Corais: "Saúde e Vida" (Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará"; SETRAN'ART (Secretaria de Estado de Transporte); "Canto da terra" (Associação Brasileira dos Clubes da Melhor Idade do Pará). Participou em 2009 e 2010 do Festival Internacional de Corais de Belo Horizonte (MG) -FIC com os corais "Saúde e Vida" e SETRAN'ART; em 2011 do Festival Maranhense de Coros-FEMACO como o coral "SETRAN'ART" e em 2012 participou do Festival Internacional das Três Fronteiras, se apresentando em Foz do Iguaçu e Argentina com o Coral "Saúde e Vida".

Release do Coral:

O Coral “Saúde e Vida” da Fundação Santa casa de Misericórdia do Pará, iniciou suas atividades em 1998, com o objetivo de oferecer cultura e lazer aos servidores que compõem o grupo e também a valorização do potencial artístico de cada um. O Coral faz parte do Programa de Humanização do Hospital, tendo suas ações inseridas nos seguintes programas: “Cantando e Curando” (para os pacientes), tendo como principal objetivo oferecer aos pacientes alegria, para rapidez de sua recuperação ou minimizar seu sofrimento, oferecendo algo extraordinário na vida, a emoção do canto e da música.; “Quem canta seus males espanta” (para os servidores) voltado para os servidores como forma de terapia ao “stress” do dia a dia e “ En..cantando” (para o público em geral), voltado para a comunidade em geral, que sempre prestigia o coral onde quer que ele se apresente. Atualmente é composto de 30 coralistas dentre eles servidores de diversas categorias e colaboradores da comunidade, tendo participado de vários eventos ao longo destes 15 anos, tanto internos como externos e principalmente em datas comemorativas, tais como: Natal, dia das mães, festas alusivas e etc. Por duas vezes participou do Festival Internacional de Corais- FIC 2009 e 2010, em Belo Horizonte e outras cidades de Minas Geraise recentemente (Maio/2013) participou do II Festival Internacional de Corais das Fronteiras (Brasil-Foz do Iguaçu/Paraguay (Cuidad Del Este) e Argentina- Puerto Iguazu), onde foi o único coral do Pará e norte do Brasil. O Coral “Saúde e vida” tem seu repertório variado, com músicas que vão do erudito ao popular e tem como regente desde julho/2000 o Sr. Reginaldo Santana, que muito tem contribuído com seus conhecimentos técnicos.

Foto

Coral São José - Marechal Floriano /ESPÍRITO SANTO

Foto

Regente: Max Carvalho

Max Carvalho iniciou-se profissionalmente como regente em 2008, com o então recém formado Coral Bom Pastor, inicialmente formando um grande coro intitulado Coral das Comunidades Católicas, com um número aproximado de 75 vozes e uma mini orquestra. Em 2009 Max assumiu o Coral Joaquim Lovatti substituindo o maestro Adolfo Alves, também foi convidado á reger o coral da Paróquia Sagrada Família neste mesmo ano. Foi convocado pela prefeitura de Marechal Floriano em 2010 para reger três corais, sendo eles o Coral Italiano Pio Bello de Araguaia, o Coral Criança Encanto da Escola em Marechal Floriano e o Coral São José de Santa Maria de Marechal. Participou também de vários eventos estaduais e nacionais, incluindo o Festival Internacional de Arraial do Cabo RJ, onde o Coral Joaquim Lovatti teve a oportunidade de cantar ao lado de grandes corais. Em Setembro de 2012 o Maestro Max Carvalho participou juntamente com o Coral Joaquim Lovatti no Festival Internacional de Corais do estado de Minas Gerais (FIC) em Homenagem a Carlos Drummond de Andrade. Hoje o maestro Max Carvalho é regente de um total de 150 pessoas distribuídas em sete corais e também proprietário e professor da Escola de Música Max Music.

Release do Coral:

O Coral de São José é formado por membros da Igreja Católica de São José, Paróquia de Sant’ana, da Arquidiocese de Vitória do Espírito Santo. O Coral São José iniciou seus trabalhos em 20 de março de 2012 com o objetivo de aperfeiçoar a música nas celebrações litúrgicas da Igreja de São José, da qual participamos e herdamos de nossos antepassados. Desde o seu início contou com a presença do maestro Max Carvalho na frente dos trabalhos do coral. E após a contratação do maestro pela prefeitura municipal de Marechal Floriano foi estendido o repertório para apresentações culturais com músicas de raiz e populares. Com isso, começamos a realizar apresentações não só em celebrações litúrgicas, mas também em eventos do município de Marechal Floriano e em outros municípios do estado do Espírito Santo, fazendo ecoar nos corações das pessoas as mais diversas letras e melodias. A nossa primeira apresentação aconteceu no festival Ítalo-Germânico realizado em 01 julho de 2012 no município de Marechal Floriano/ES. Depois os convites se estenderam para: * Festival Internacional de Inverno de Domingos Martins/ES em 2012 e 2013; * Brilho de Natal dos municípios de Marechal Floriano, Domingos Martins, Santa Maria de Jetibá, Cariacica e Vila Velha em 2012 e 2013; * Oficina de Música ministrada pelo Maestro Cláudio Modesto durante o Festival Internacional de Inverno de Domingos Martins 2013; * Festas Religiosas (Corpus Christi e do padroeiro São José) e Culturais (Festa do Café) no distrito de Santa Maria – Marechal Floriano/ES. * Além das missas nas comunidades da paróquia de Sant’ana. Atualmente o Coral São José, se reúne semanalmente para os ensaios, com a participação afinca dos coristas. Embora residirmos em uma comunidade do interior do município de Marechal Floriano/ES, onde o deslocamento é difícil, mesmo assim a participação dos coristas nos ensaios é perseverante. Temos hoje um coro formado de 29 coristas. Para ajudar nos custos do coral, realizamos rifas, roletas e nos organizamos para que todos possam participar dos nossos eventos. E ao sairmos da nossa casa, vamos ao encontro de outros corais para aperfeiçoarmos nossos conhecimentos e trocarmos experiências.

Foto

Coral St. Jude - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Maestrina Josi Trevizan

A maestrina Josi Trevizan é bacharel em piano, graduada pela Universidade do Estado de Minas Gerais e psicóloga, graduada pela Universidade FUMEC. É regente do Coral St. Jude desde 2008, regente do coral CEMEI e NEETI, um projeto da Universidade FUMEC, que tem como integrantes pessoas que voltam a estudar na terceira idade. Regente do Coral Nosso Momento, também formado por idosos, um projeto aprovado pelo Ministério da Cultura, a maetrina é pianista, professora de piano e como tecladista, já tocou em várias bandas em Belo Horizonte.

Release do Coral:

Desde 2008 o coral está em plena atividade e conta atualmente com 25 colaboradores da St. Jude Medical Brasil. O grupo busca utilizar o canto como um canal de integração, desenvolvimento, criatividade, concentração e combate ao estresse. Bem como, momentos de descontração, alegria, desenvolvimento da autoestima, e consequentemente, melhorias no ambiente de trabalho. O coral St. Jude se apresenta nos eventos da própria empresa e participa frequentemente de encontros de corais levando ao público o melhor da música brasileira

Foto

Coral Teen Vozes de Taubaté - Taubaté/São Paulo

Foto

Regente: Denise Marques

A Maestrina responsável pelo Coral Vozes de Taubaté e pelo Projeto Orquestra desde 1978 é a Profa Denise Marques que todos os anos refaz os arranjos da peças que as crianças desejam manter no repertório para facilitar a inclusão dos alunos novos e manter o interesse dos antigos. A Professora Denise também é a Coordenadora do Programa de Educação Musical do Instituto Brasileiro de Apoio à Pesquisa e Estudo da Musica. É Membro do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. É Membro do Conselho Municipal de Controle Social, É responsável pela Secretaria de Musica da Sinodal do Médio Vale do Paraíba e é Produtora Cultural de projetos aprovados no PROAC.

Release do Coral:

O Coral é formado por Crianças de 7 a 14anos, que interpretam arranjos a 2 ou 3 vozes. O repertório desenvolvido inclui clássicos da música popular brasileira e internacional, peças sacras, canções educativas e folclore nacional e internacional. Todas as crianças fazem aula de música e participam do Projeto Orquestra. O Coral desde a sua fundação em 1997, já cantou no em varias cidades do sul de Minas, Rio de Janeiro, Paraná e Santa Catarina. Entre os principais Festivais podemos destacar, o Granfinale, o EC de Itatiaia, o EC Piracicaba e o EC de Vinhedo (Festivais Nacionais ), o ENCATA BLUMENAU e o AMERID (Festivais Internacionais). O grupo já recebeu o Premio SIFE Brasil / Estados Unidos, o Premio Ponto de Cultura do Ministério da Cultura e o Petrobras - Desenvolvimento e Cidadania

Foto

Coral Trem das Vozes AEPS - Belo Horizonte /Minas Gerais

Foto

Regente: Cleude William

O Maestro Cleude William é natural de Belo Horizonte, formou-se em regência pela UFMG, e participa no cenário nacional e internacional com grandes produções como : ópera “Aída”, de Verdi; ópera “Tiradentes”, de Macedo, Festival Internacional de Corais de Neuchâtel, Suíça (1997) e Festival International de Chant Choral de Gerzat, França (2011).Seu trabalho enaltece o canto coral em Minas Gerais.

Release do Coral:

O coral Trem das Vozes da AEPS foi fundado em 2009 pela Associação dos Empregados da Rede Sarah de Reabilitação de Belo Horizonte, com objetivo de contribuir para o bem estar dos pacientes.Desde então, vem participando de eventos como o FIC e o Festival Nacional de Corais de São João Del Rei. Sob a regência do maestro Cleude William o coral canta à cappella principalmente músicas populares.

Foto

Coral Villa Lobos - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Luiz Flávio dos Santos

Sua carreira no canto coral teve início em 1974, quando ingressou no Coral Guilherme Lage, do Colégio Municipal de BH. Durante o período de 1976 a 1986 cantou nos coros infantil, juvenil e adulto do Coral Júlia Pardini, tendo participado de festivais nacionais e internacionais junto a este grupo. Atuou como flautista e saxofonista na Banda Sinfônica do CIAAR, Centro de Instrução e adaptação da Aeronáutica. Criou o grupo coral e teatral infantil do Instituto Sagrada Família (Unidade Caiçara) e o Coral Villa Lobos; fundou ainda os corais da Bemge Seguradora, Coral de Idosos da LBA, Coral da Assepro, Coral “Vozes da Globo Minas” da TV Globo Minas e o Coral Gremig/Cemig, o que lhe rendeu vasta experiência na criação e organização de corais empresariais. Atualmente, rege os corais da TV Globo Minas e Gremig/Cemig e é diretor musical, regente e arranjador dos corais do Instituto Sagrada Família e Villa Lobos; músico integrante do Grupo Sui Generis, atua como saxofonista, flautista, percussionista e cantor.

Release do Coral:

O coral e formados por amigos desde 1987, canta em todos os tipos de eventos, participamo de encontro de corais por todos Brasil.

Foto

Coral Voix-Là - Viçosa/Minas Gerais

Foto

Regente: Arlindo Leandro Gomes

Arlindo Leandro Gomes é licenciado em Música pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Seu instrumento é o Canto Lírico. Atua como tenor solista, regente de Coral, professor de canto, compositor e arranjador.

Release do Coral:

O Coral VOIX-LÀ foi formado em 2006 pela então professora da UFV Raíssa Palma, com o objetivo de incentivar o aprendizado da língua francesa. De lá para cá, o grupo foi se aperfeiçoando e expandindo a técnica do canto em diversas línguas. Das apresentações mais recentes, destacam-se as participações, no dia 21 de abril, da cerimônia de entrega da Medalha da Inconfidência, em Ouro Preto (MG), no Festival Internacional de Corais (FIC) 2013, também em Ouro Preto, e no espetáculo "Um Culto à Música" no Teatro Fernando Sabino em Viçosa-MG. O coral conta com o apoio do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes e do Departamento de Letras.

Foto

Coral Vozes - Seger - Vitória/Espírito Santo

Foto

Regente: Patrick do Val

Com vasta experiência de regência coral, o Maestro Patrick do Val esteve à frente de corais de importantes empresas públicas e privadas, entre elas: ESCELSA, Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo, OAB, Águia Branca, entre outros. Atualmente rege o Coral Vozes do Governo do Estado do Espírito Santo. Conquistou primeiro lugar geral no vestibular que lhe deu ingresso ao curso de bacharelado em música da EMES (atualmente FAMES - Faculdade de Música do Espírito Santo) onde estudou Canto Lírico. Há dez anos atua como professor desta instituição. Sua especialização lato sensu na área de educação, Docência para o Ensino Superior se deu na FABAVI (Faculdade Batista de Vitória). Foi professor da Escola de Teatro e Dança FAFI por dez anos onde ministrou: expressão vocal para atores, canto para atores, musicalização para o curso de dança e oratória. No SESI, por seis anos atuou no projeto Musical nas Empresas. Posteriormente permaneceu prestando serviços ministrando cursos de oratória, orientação de atores e motivação. Atuou em óperas tanto no elenco como na técnica, musicais e espetáculos teatrais, entre eles: ópera “Dido e Eneas” (tenor solista), ópera “O Reino de Duas Cabeças” (tenor solista), “Boulevard 83, o Musical” (preparador vocal). Cantou a frente de diversas orquestras sendo regido inclusive por Isaac Karabtchevsky, André Cardoso, Helder Trefzger e o português Mário Mateus. Após muitos anos apresentando-se tocando teclado e cantando em diversos eventos empresariais e sociais, tornou-se cantor principal da Banda Exodus. Na Rede Gazeta de Comunicações trabalhou na Central de Produção de Áudio (CPA) como sonoplasta produzindo jingles, trilhas e spots para o mercado publicitário em geral e material de áudio para as rádios Jovem Pan, Litoral, Gazeta AM, CBN, Antena 1 e TV Gazeta. Foi coordenador geral do I Fórum internacional de Didática Musical (2006); curador do Projeto Rede Cultura Jovem da SECULT – Secretaria de Cultura do Governo do Estado do Espírito Santo (2010), que envolveu projetos artísticos das mais variadas áreas: teatro, música, artes visuais, artes plásticas, dança, literatura. Foi também coordenador do departamento de canto da FAMES.

Release do Coral:

O Governo do Estado do Espírito Santo tem como um dos focos prioritários a valorização do servidor público. Nesse contexto, nasceu o QUALIVIDA – Programa de Qualidade de Vida dos Servidores do Estado, com projetos voltados para a participação das pessoas em atividades que privilegiem a interação e a integração social. Nele se insere o Coral VozES, dos Servidores do Governo do Espírito Santo. Suas atividades foram iniciadas no mês de junho de 2008, quando todos os servidores da Administração Pública Direta e Indireta foram convidados a participar. O empenho dos coralistas e a dedicação do regente Patrick do Val resultaram em apresentações primorosas e alto conceito junto à sociedade capixaba. Além de participações em eventos na capital Vitória, o coral se apresentou, a convite, em diversos municípios do interior do Estado. Em 2013, o VozES participou do 19º Festival Internacional de Coros de Juiz de Foram – MG e do IX Festival Nacional de Corais em Conservatória – RJ. Também foi anfitrião do Fest VozES, 1º Encontro de Corais de Servidores Públicos. O repertório é composto por músicas que comunicam mensagens positivas ao público, emocionam e empolgam. O ambiente de trabalho do coral é sempre agradável. Pessoas das mais diferentes secretarias encontram-se e estreitam laços de amizade. Mesmo com toda atenção, responsabilidade e dedicação dispensada, todos encontram satisfação pessoal no exercício dessa atividade.

Foto

Coral Vozes da Alegria - Nova Era /Minas Gerais

Foto

Regente: Maestro Lindomar Gomes

O Maestro Lindomar Gomes é formado em Canto, Canto Gregoriano e Regência Coral pela Fundação Clóvis Salgado (Palácio das Artes). Formado também em Arte Educação pela UEMG e Planejamento e Gestão Cultural pela PUC Minas. Maestro do Coral da Fumec, onde desenvolve um projeto de resgate do Canto Coral voltado para composições brasileiras e do movimento musical mineiro "Clube da Esquina". Rege também o Coral da Terceira idade (Neeti) e o Coral Infanto Juvenil do Colégio Pedro Aleixo. Coordenou vários festivais pelo Estado como Festival de Inverno de Itabira e Festival de verão de Pedro Leopoldo. É o idealizador e coordenador do Festival de Corais de Belo Horizonte.

Release do Coral:

Em 2009, o coral surgiu quando iniciou a Escola de Tempo Integral, fazendo parte da grade curricular. A partir daí, o Vozes da Alegria apresentou em cantatas de Natal, eventos na própria escola, como, Festa da Família, Café com Poesia, dentre outros. Em 2013 a Secretaria de Educação do Município, recebeu uma proposta do Maestro Lindomar Gomes, dessa forma, o coral Sob sua regência, passou a integrar o Festival Internacional de Corais, preparando uma apresentação para a Semana da Pátria. O evento foi promovido em grande estilo e foi formado um Coral de 500 vozes com crianças de todas as Escolas Municipais e Corais já existentes na cidade de Nova Era. A apresentação aconteceu na Fazenda da Vargem, importante cenário turístico e histórico da região. As crianças cantaram junto com Marcus Vianna e sua orquestra. Um público de cerca de 3000 pessoas aplaudiu a iniciativa. O sucesso foi o principal motivo para que outros eventos fossem planejados. A partir de então, iniciou-se uma outra programação para o Natal. O Coral abrilhantou a comemoração do nascimento do Cristo e ganhou projeção. A sua continuidade fez-se necessária e então, em 2014, integrando novamente o Festival Internacional de Corais, sob a regência do Maestro Lindomar Gomes, estamos novamente nos palcos das Minas Gerais. No dia 21 de abril, estivemos em Ouro Preto participando das solenidades do Governo de Minas em comemoração à Inconfidência Mineira.

Foto

Coral Vozes da Liberdade - Belo Horizonte/MG

Foto

Regente: Rodrigo Garcia Pacheco

REGENTE - RODRIGO GARCIA Formado em Regência pela Escola de Música da UFMG, onde cursa bacharelado em Violoncelo e Composição. Regente Titular do Coral Ases MG desde 2008, e também de diversos outros corais de Belo Horizonte (atualmente \\\'Vozes da Liberdade - PRMG, Madrigal Cura d\\\'Ars\\\' e \\\'Grupo Orguel Musical\\\'). Rodrigo também participou de diversos eventos como regente, violoncelista, guitarrista, arranjador, produtor e compositor, tendo o prazer de trabalhar com grandes nomes da música brasileira como Alceu Valença, Paulinho Santos e Décio Ramos do Uakti, Cálix, Cartoon, Aggeu Marques, Renato Savassi e a Orquestra Ouro Preto. Fundador da Orquestra Sinfônica Libertas com a qual pôde fazer alguns concertos com casa lotada no Palácio das Artes em homenagem aos Beatles.

Release do Coral:

O Coral Vozes da Liberdade é composto por servidores da Procuradoria da República em Minas Gerais, com a formação de 15 vozes e foi criado em abril de 2011 tendo, portanto, apenas dois anos de existência. O Coro foi instituído, inicialmente, apenas com a ideia de promover uma melhor integração e busca do bem-estar no ambiente de trabalho mas, aos poucos, o gosto pela música e o prazer de cantar, extrapolou as fronteiras e o grupo já chegou a se apresentar em instituições de caridade, asilos e em outras instituições públicas, além da participação na Cantata de Natal da Assembleia Legislativa/MG, em 2011. O Coral Vozes da Liberdade possui repertório basicamente de música popular brasileira, acreditando que a boa música proporciona momentos de encantamento e alegria interior.

Foto

Coral Vozes da Serra - Ouro Branco/MG

Foto

Regente: Cássio Marcelo

Cássio Marcelo nasceu 07/05/1988 em Ouro Branco, Minas Gerais, onde cresceu sob as influências e referências de músicos da cidade. Iniciou os estudos musicais no violão clássico com Marcelo Cruz e Leonardo Amorim. Logo após entrou na Casa de Música de Ouro Branco onde fez parte do Grupo de Violões da Casa de Música organizado por Charles Roussin. Participou das cinco primeiras edições da Semana de Música de Ouro Branco onde participou de masterclasses de violão com Fábio Zanon, Mario Ulloa, Fernando Araújo e Alieksey Viana. Participou de oficinas de Coral com Arnon Sávio de Oliveira e também da oficina A Voz e o Instrumento com Babaya. Participou de vários Workshops com músicos renomados. Entre eles, dois promovidos pela Mostra Internacional de Música de Olinda. O workshop World Music ministrado por Richard Bona e o Workshop de Violão ministrado por Juarez Moreira. Formou-se em Música/Licenciatura com habilitação e Violão pela Universidade Federal de Ouro Preto, onde teve aulas de violão com André Siqueira, Michel Maciel e Humberto Junqueira e de harmonia com Guilherme Paoliello. Pela UFOP, maestro do coral de 3ª idade UFOP em Serenata e monitor do Coral UFOP. Defendeu a monografia com título Danza Caracteristica – Contexto Histórico da Obra orientado por Bernardo Fabris.

Release do Coral:

Coral Vozes da Serra em Ouro Branco, Minas Gerais, por iniciativa de diretores da AEA e de associados, nascia no ano de 1994, com o apoio dessa associação. Um sonho, um desejo idealizado por muitos daqueles que depois se tornaram componentes desse coral. O primeiro ensaio foi realizado na casa de festas da AEA no dia 9 de outubro de 1994. A primeira música aprendida nos ensaios foi Amo-te Muito de autoria de João Chaves. A criação do coral tinha como princípio, a integração de funcionários da Açominas, associados da AEA e comunidade para difundir a boa música, sobretudo a popular brasileira. Nos primeiros anos de atividade o Coral funcionou sem nome. Apresentava-se como Coral da AEA. O nome Vozes da Serra surgiu um ano após a sua fundação, ou seja, em 1995. No princípio foi difícil o seu desenvolvimento técnico-musical. A equipe ainda não estava completa. Faltavam partituras para preparação de um repertório. Foi necessário um trabalho de equipe para conseguir o ingresso de mais pessoas na formação de todos os naipes do coral. Também a aquisição de músicas. O coral contou com o apoio da AEA e da Açominas nesse processo de inscrição de novos componentes para o coral. Os anúncios eram divulgados no jornal PAINEL da AEA, Correio eletrônico da Açominas. Em poucos meses, o coral alcançou um número razoável de componentes. O que mais encantava naquele grupo, era a disposição e o entusiasmo para os ensaios. Nos primeiros anos, realizavam-se dois ensaios semanais, mas em época de apresentações mais importantes, encontros de corais, os ensaios se estendiam de segunda a sexta-feira. O coral cresceu em número de componentes. Houve um período em que teve aproximadamente 40 componentes. No dia 24 de agosto de 1998, foi empossada a primeira diretoria do coral. Com 10 anos de existência o Coral Vozes da Serra da AEA, sob a regência do maestro Nilson Alves de Castro, paralisa suas atividades, por falta de verba, com sua última apresentação em um encontro de corais de Ouro Preto. No ano de 2007 a Associação Casa de Musica de Ouro Branco, sob a direção de Kênia Libânio apadrinha o coral adotando um repertório de musica erudita para coral. Com o nome de Coral Vozes da Serra da Casa de Música de Ouro Branco, tinha como maestro Charles Roussin. As atividades foram de 2007 à 2009, quando novamente por falta de verba encerrou suas atividades. No ano de 2012, por uma iniciativa da AEA e de Aldair Seabra, o coral entra em sua terceira fase retornando as atividades e novamente sendo patrocinado pela AEA. Retomou o nome Coral Vozes da Serra da AEA e o seu antigo local de ensaio. Atualmente está sob a regência do maestro Cássio Marcelo.

Foto

Coral Vozes das Gerais INSS/Receita Federal - BH - Belo Horizonte/MG

Foto

Regente: Robson Lopes

Regente Robson Lopes (Regente) - Licenciado em Educação Artística - Habilitação em Música pela UEMG; Bacharel em Música - Composição pela UFMG; Bacharel em Música - Canto pela UEMG; Mestre em Música pela UFMG. Tem em sua discografia cinco CD\'s atuando como regente e cantor. Atualmente é integrante do Coral Lírico de Minas Gerais e desenvolve pesquisa sobre a música mineira do séc. XIX. Desenvolve atividades como tacladista e arranjador. Músicos: o coral conta ainda com o pianista, Paulinho Faria; E o percursionista Sérgio Augusto Castelar.

Release do Coral:

O Coral Vozes das Gerais INSS/RFB foi fundado em agosto de 1998. Atualmente, com 48 integrantes, é formado por servidores do INSS/RFB e familiares. O Coral se apresenta em encontros, seminários, congressos e eventos promovidos pelo INSS e RFB, em festivais, projetos culturais, casamentos e celebrações diversas, com o objetivo de difundir o canto Coral junto ao público, como integrar os servidores, levando a todos alegria e emoção através do canto. Lançou seu primeiro CD pela BEMOL, em março de 2003, patrocinado pela empresa Mendes Junior, com apoio do Banco do Brasil. O Coral Vozes das Gerais é patrocinado pelas entidades de classe: ANFIP/MG- Associação dos Auditores Fiscais da Previdência Social de Minas Gerais e ANASPS/MG – Associação Nacional dos Servidores da Previdência Social de Minas Gerais. Dentre suas apresentações recentes destacamos : - VI Festival de corais/ Conservatória no Rio de Janeiro - 12/2011; - Festival de Corais Três Fronteiras – Foz do Iguaçu – 05/2012 - Encontro de Corais ALMG – Órgãos Públicos – 06/2013 - 120 anos da JUCEMG – 07/2013 - FIC 2013 - 09/2013 - FEPACOR - Festival Paraibano de Coros em João Pessoa - 11/2013 - CONCERTO SACRO - Igreja Santa Efigênia - 12/2013 - COMEMORAÇÃO DOS 80 ANOS DA PREVIDÊNCIA SOCIAL - Restaurante Popular / Centro - 01/2014

Foto

Coral Vozes de Prata - São Domingos do Prata/Minas Gerais

Foto

Regente: Edméa Saldanha Lima

Licenciada em Música – Habilitação em Canto, UEMG (2009), também estudou no Palácio das Artes- CEFAR (2001) e na Ordem dos Músicos (1986-1987) Trabalha atualmente no CENTEC/DOCTUM – Centro Tecnológico Dr. Joseph Hein, em João Monlevade/MG (2011 a 2013) como professora de Musicalização Infantil, Canto Coral, Flauta Doce , violão e teclado. Na AMEPI- Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Piracicaba é Coordenadora e professora do “Curso de Capacitação em Música para professores de Arte do Médio Piracicaba” – João Monlevade/MG desde 2012. Em São Domingos do Prata é Regente do Coral Adulto “Vozes de Prata” desde 2011 e do Coral Infanto-Juvenil “Prata Encanto & Voz” em 2009 e de 2012 a 2013, da Casa de Cultura Chiquito Moraes, onde também é professora de Flauta Doce e é regente voluntária do “Coral Menino Jesus” da Paróquia São Domingos de Gusmão. Em Belo Horizonte foi Regente do Coral Infanto-Juvenil na Paróquia São Vicente de Paulo (de 2003 a 2008) e foi também sócia-proprietária e gerente administrativo da Escola de Música “Sons & Dons” (de 2000 a 2005) onde também ministrava aulas de Técnica Vocal, Teclado, Violão, Flauta Doce e Percepção Musical. Atua como professora de música e Cantora desde 1990.

Release do Coral:

O Coral Vozes de Prata é um coral independente, criado em 2011 por um grupo de amigos com os mesmos ideais de aperfeiçoamento musical e convivência. É regido pela maestrina Edméa Lima e conta com o apoio da Casa de Cultura Chiquito Moraes. È composto por dois naipes de vozes masculinas, tenor e baixo e dois naipes femininos, soprano e contralto e trabalha músicas do repertório popular e erudito. É a primeira vez que se inscreve no FIC. Participa anualmente de três eventos na sua cidade sede: O Concerto das Estações, Festa do Padroeiro São Domingos e Cantata de Natal. Já fez apresentações em Nova Era e no Santuário do Caraça.

Foto

Coral Vozes do Campus (UFLA) - Lavras/MG

Foto

Regente: Augusto Mário Goulart Pimenta

Formado em regência coral e orquestral pela UFMG dirigiu vários corais em Belo Horizonte, entre eles O coral da INFRAERO, Coral do CREA-MG, Projeto KRONOS.Trabalhou também como professor de violoncelo na \"Preludium escola de música\". Atualmente rege o Coral Vozes do campus (UFLA) e a orquestra de câmara da UFLA. Alem de orientar uma oficina de estudos musicais junto a coordenadoria de cultura UFLA .

Release do Coral:

O Coral vozes do campus é composto por moradores de Lavras e região, alunos e profissionais da Universidade Federal de Lavras. Tem atuado em festivais de corais, concertos e apresentações de música popular e erudita tanto dentro da comunidade acadêmica quanto em eventos na cidade de Lavras e região. Se dedica ao aprendizado e aperfeiçoamento do canto polifônico a quatro vozes com ênfase no canto a cappella.

Foto

Coral Vozes Do Campus - UFMG - Belo Horizonte /MG

Foto

Regente: Marcelo Minal

Marcelo Minal nasceu na cidade mineira de Pedro Leopoldo no dia 3 de janeiro de 1984. Iniciou seus estudos musicais no início de 1998. Dois anos depois estreou sua carreira musical como baixista e vocalista de uma banda local de rock. Três anos após a sua estréia se mudou para Belo Horizonte para investir em sua carreira. Desde então já trabalhou de diversas formas no meio musical: professor de canto e violão, músico de banda, cantor corista, transcritor, arranjador, maestro de corais e até ator/cantor de musicais. Atualmente cursa o Bacharelado em Regência Musical na UFMG. www.marcelominal.com

Release do Coral:

O Coral Vozes Do Campus foi fundado em 1997,dentro do Projeto Corais do Campus (UFMG) a partir de um antigo coral de funcionários da instituição. Atualmente o grupo é composto por alunos da graduação e mestrado, ex-alunos, funcionários e membros da comunidade externa. Ao longo de sua história, o grupo já se apresentou em diversos locais do Campus UFMG (Praça de Serviços, Escola de Música, Reitoria, Auditório da FALE, etc), em diversas igrejas (Igreja Da Boa Viagem, Igreja Lourdes, Igrejinha da Pampulha) e em diversos outros locais como no coreto da Praça Da Liberdade, Praça da Assembléia, Rodoviária de BH e etc. As apresentações mais marcantes foram uma apresentação com o violeiro Chico Lobo, uma apresentação com a Orquestra Sinfônica da EMUFMG, na ocasião sob regência do Professor Silvio Viegas e uma apresentação com a Gerais Big Band, sob regência do Maestro Paulo Lacerda. Em sua grande trajetória o coral já esteve sob a regência de vários outros maestros: Maria do Carmo Campara, Vivian De Assis, João Tarcísio (Tatá), Rodrigo (da banda Calix), Renato Pedroso, Elicelma, Samuel Fagundes, etc, e atualmente é regido por Marcelo Minal, que também é o arranjador musical do atual repertório. No repertório do coral a música popular sempre foi predominante e atualmente contamos com arranjos exclusivos de músicas de MPB, Pop Internacional e temas de filmes.

Foto

Coral Vozes do Coração - Rio de Janeiro /RJ

Foto

Regente: Maestro Féo

Nascido José Vallone Féo a 19 de Junho, iniciou seus estudos musicais com a Professora Celina Monteiro Camarinha, preparação e técnica vocal com o Maestro e Professor Gilvan Melo e regência com seu Mestre, o Maestro Ciro da Costa Braga. Mantém estreito intercâmbio cultural com grandes maestros da atualidade, e ainda se correspondente com diversas escolas, onde se atualiza em novas técnicas de preparação e técnica vocal e dinâmica comportamental de ensaios, viabilizando através desses métodos uma melhor visão e uma percepção vocal dos cantores que estão sob sua responsabilidade. Professor de preparação e técnica vocal dos grupos de canto coral fundou em cada um deles a “Escola de Preparação e Técnica Vocal”, para os cantores dos Corais. E também estabeleceu em cada grupo de canto a “Escola de Solistas”, onde prepara cantores e cantoras para solos de grandes áreas de óperas e interpretações de músicas imortais, e a “Oficina de Teoria Musical”. Em Agosto de 2010, foi homenageado no Festival Canta Brasil, Encontro Internacional de Canto Coral, pelos seus 35 anos de vida artística dedicada a música coral e preparação vocal dos mesmos, foram 90 Coruns no evento homenageando suas Bodas de Esmeralda. Grande Emoção.

Release do Coral:

Fundado EM 2010, o Coral Vozes do Coração foi estabelecido para participar de Encontros de Corais, Festivais Nacionais e Internacionais de Canto Coral. Com um repertório que vai do erudito ao popular brasileiro e músicas internacionais. Sente-se honrado em poder vir e poder aprender um pouco mais neste famoso evento internacional.

Foto

Coro da Orquestra de Câmara do Sesc - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Flávia Campanha

Em 1980 Flávia Campanha fundou o Coral Infantil Waldemar Baptista (1980/1990), o Coral Juvenil Soledade (1985/1990) e o Coral Infantil João Campanha (1996/1998). Em 1988 participou como cantora da “Cantata”, juntamente com o Coral de Neuchatel da Suíça, sob a regência do maestro Pierre Huwiller. A partir do ano de 2000, passou a ser regente auxiliar dos Corais da Associação Artística Júlia Pardini, tendo se apresentado com grande êxito na Europa, em encontros de Corais na Alemanha, Portugal e Itália, além de representar juntamente com o mesmo grupo, apresentações no Festival de Coros de La Serena, no Chile. Regeu os Corais Juvenil Júlia Pardini, Coral da Net TV, Corais Infantil, Juvenil e Adulto do Colégio Magnum Agostiniano. Atualmente rege os Corais adulto e juvenil Waldemar Baptista de Sabará e o Coro da Orquestra de Câmara do Sesc.

Release do Coral:

Em junho de 2012 o Sesc Minas lançou o projeto Orquestra de Câmara visando a formação de uma orquestra de cordas composta por alunos oriundos da rede pública de ensino de Belo Horizonte com idade entre 8 e 18 anos. Em outubro de 2012 , a regente de coro Flávia Campanha passou a integrar o corpo docente da orquestra e iniciou seus trabalhos formando um coro infantil e juvenil . O Coro da Orquestra de Câmara do Sesc atende atualmente 80 alunos e apresentam o resultado de um belo trabalho desenvolvido em diversos eventos artístico culturais na capital e no interior de Minas.

Foto

Família Querubins Música & Cia - Barão de Cocais/Minas Gerais

Foto

Regente: Alexandre Luis Lacerda Campos

O Maestro Alexandre Luis Lacerda Campos é bacharelado em Música – flauta transversal pela UEMG. Fez curso de Extensão Regência e Novas Tendências em repertório para banda sinfônica e outras formações de instrumento de sopro com o renomado maestro Dwight Satterwhite, da Universidade da Georgia, EUA, pela UFMG (2004); fez Curso de “Regência para Sopros Sinfônicos”, com o professor Dario Sotelo, regente da orquestra de sopros de São Paulo pela UFMG (2003).participou da II conferencia Sul-Americana de Compositores, arranjadores e Regentes de Banda Sinfônica. Ministrou curso "Extensão de Aperfeiçoamente para Bandas de Música" pela Universidade Federal de São João Del Rei. Trabalhou por quatro anos (2002 a 2006) na "Banda de Música Celso Máximo Pereira", da cidade de Pompéu, como mestre de banda, nas funções de arranjador, compositor, regente e professor de teoria musical e instrumentos de sopro e percussão. É professor de música há quatorze anos. Faz arranjos sob encomenda para a "Banda de Músia Dárcio Maciel Ribeiro", da cidade de Papagaios, desde 2003. Atualmente é mestre de banda da "Banda de Música Santa Cecília", da cidade de Barão de Cocais, desde 2006. É bolsista do projeto "Novo Regresso", aprovado pela FAPEMIG, parceria entre a Banda de Música Santa Cecília e a Universidade Federal de São João Del Rei, projeto que visa restaurar o acervo de partituras da referida banda neste vigente ano de 2008. É professor de técnica vocal para os vocalistas das bandas da ONG Juventude Viração de Barão de Cocais. Em fevereiro de 2011 assumiu a regência dos coros infanto-juvenil e adulto da Família Querubins Música & Cia de Barão de Cocais. Em 2011/2012 participou do Projeto de aperfeiçoamento de regentes e coros do Museu da Música de Mariana, patrocinado pela Petrobrás através do Coral da Família Querubins Música & Cia e do Encontro de Músicos na Serra do Caraça com a Família Querubins Música & Cia idealizado pela renomada flautista Odette Ernest Diasi.É empreendedor, músico arranjador/compositor, engenheiro de gravação/mixagem.

Release do Coral:

Em dezembro de 2002 sob a direção de Elza Elói da Rocha Viana e Rosalinda da Conceição Duarte Domingues, formou-se um grupo uníssono de canto livre_ composto por 61 vozes infanto-juvenis em parceria com a Paróquia São João Batista, na pessoa do Pároco Pe. Nedson Pereira de Assis, na ocasião com o nome de Grupo Querubins . A partir de 17 de março de 2003, iniciou-se o Projeto Querubins, motivados pela procura criou-se oportunidades também para jovens e adultos . Em 2004, firmou-se a parceria com a Gerdau que contribuiu para estruturação da entidade. Em 2005 a entidade registrou-se e passou a se chamar Família Querubins Música & Cia, formou-se então os Coros polifônicos categorias adulto e infanto-juvenil, regidos pelo Maestro Tito Lazarino do Santos. Realizou Cantatas de Natal no período de 2002 a 2006. No período de 2004 a 2007 realizou Auto de Natal em parceria com a companhia de Teatro Art e Riso e a Folia de Reis. Em 2007 participou do III Encontro nacional de Coros de Itatiaia –RJ, sendo o único representante de Minas Gerais.Em 2007 e 2008 realizou o I e o II Encontro de Coros de Barão de Cocais, propiciando o intercâmbio com vários coros, entre eles , coros de renome internacional como o Júlia Pardini, o Madrigal Renascentista e o Coral Usiminas. Em maio de 2008, trouxe para a cidade o Projeto Minas em Canto realizado pela Associação Artística Júlia Pardini . Em 2009 foi produtor local do FIC – Barão de Cocais. Em 2010 realizou em parceria com a Paróquia São João Batista o I Festival Multicultural de Natal de Barão de Cocais. Dentro do Festival Multicultural de Barão de Cocais apresentou juntamente com o Grupo Art & Rio e a Folia de Reis, o Oratório de Natal. Desde 2007 tem participado do Festival Internacional de Corais de Belo Horizonte. Participou em 2008 do Festival Vila dos Sonhos Coca-Cola.Participa anualmente do Encontro de Coros de João Monlevade. Participou em 2008 e 2011 da Cantata de Natal de Contagem. Em 2011 o maestro Alexandre Lacerda assumiu a regência do coral. A partir de março de 2012 passa a ser coordenado por Rejane Cristina da Fonseca. Neste ano, participou do Projeto Aperfeiçoamento de Maestro e Coralistas do Museu da Música de Mariana, acrescentando em seu repertório música do século XVIII e XIX composta em Barão de Cocais, participou ainda do Projeto Encontro de Músicos no Caraça, idealizado pela renomada flautista Odette Ernest Dias, com produção da Crioula Carioca Projetos Culturais e Fonográficos. As atividades diárias da entidade são direcionadas principalmente para crianças e adolescentes. A maioria dos beneficiados são alunos da rede pública.

Foto

Grupo Angelus - Coral/Camerata - Caxambu/Minas Gerais

Foto

Regente: Jonhy da Silva Pinto

Johny da Silva Pinto (Regente titular): Membro atuante desde a fundação do Grupo Angelus, músico com formação em Clarinete, atuou como coordenador musical da Escola Municipal de Música de Caxambu - MG, Leciona Teoria Musical e aulas práticas de instrumento. Dedica-se à formação social e religiosa de crianças, jovens e adultos. Advogado formado pela Universidade Valse do Rio Verde - UNINCOR, campus Caxambu.

Release do Coral:

Grupo Ângelus - Coral/ Camerata - Caxambu Atuante na Igreja e na Comunidade desde 18 de dezembro de 1994 tem como objetivo a Evangelização e Socialização através da Música, Integração, cultura e difusão da arte e da Fé bem como a divulgação de Nossa Terra e de nossa Gente. Criado por Izabelina Rocha Spinelli Batista tem como regente Jonhy da Silva Pinto, músicos e cantores juvenis que voluntariamente se dedicam arte musical nos mais variados estilos( Sacro-Clássico e Popular) participando de variados eventos pelo Brasil. Durante vários anos é participante do Festival Internacional de Belo Horizonte ( Em destaque) Canta Brasil, Solenidades Sacras e Civis, Casamentos, Cantatas e Encontros de corais. Incontáveis são os convites que chegam para variados eventos. Na formação de seus membros incluem as de Conservatório, particulares, fraternos e autodidatas. Destacam-se pela unidade de seus membros, harmonização, formação e dedicação. Mediadores do Amor e da Alegria cantam e tocam em eterna louvação. Paz e Bem!

Foto

Grupo Orguel Musical - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Rodrigo Garcia

CURRÍCULO MAESTRO RODRIGO GARCIA Começou seus estudos de música com a guitarra elétrica, tendo atuado como guitarrista de vários grupos desde 1992. Autodidata em baixo elétrico, violão e violão de 12 cordas. Hoje, com formação superior em Regência (Música) pela Escola de Música da UFMG (2008) e, desde 2009, Cursando o Bacharelado em Violoncello também pela Escola de Musica da UFMG e complementando seu currículo para mais uma graduação, desta vez em Composição. Ainda fez Masterclass com os maestros Guillermo Scarabino (Argentina) e Florin Totan (Romênia - aluno do grande maestro Sergiu Celibidache). E com o quarteto Antares na 1º Semana de Musica Antiga da UFMG participou de masterclasses com o violoncelista e gambista Sérgio Alvarez - Espanha. Autodidata em Inglês (comprovado através do TOEIC efetuado em 2010 com pontuação = 905) e excelente conhecimento de softwares musicais (composição e edição/produção musical, entre outros) com grande enfoque aos de sons de instrumentos virtuais (RTAS e VSTS). Atualmente, é o regente titular dos corais Cordis Mariae, Vozes da Liberdade (Procuradoria da República) e Ases-MG (Serpro BH) e do Grupo Orguel Musical e Vozes do Campus, e até 2009, foi o regente dos corais Santíssima Trindade e Risa Engenharia (grupo Magnesita); Maestro auxiliar da orquestra da escola de musica da UFMG com destaque para programas como a Sinfonia 4 de Bruckner, a Sinfonia 5 de Sibelius e a Sinfonia 4 de Beethoven (auxiliando o Maestro Allan Magnata – Itália); Experiência com a orquestra da UFMG como Regente Titular por alguns programas tais como sinfonias de Beethoven (1,3,5,7), Brahms – Abertura Trágica e outros autores; Regente do Coral de Trompas da UFMG (até 2006); Idealizador, Diretor Musical, Regente e Arranjador da Orquestra Sinfônica Libertas com a qual participou de dois concertos no Palácio das Artes com casa lotada em homenagem aos Beatles com Aggeu Marques e Yesterdays; Fundador e membro do Quarteto de Musica clássica: Antares, com o qual fez diversos concertos em Belo Horizonte, incluindo o de vencedores do prémio Jovem Músico – BDMG; Idealizador, copista, regente e violoncelista do grande concerto de trilhas sonoras da UFMG onde uma orquestra com mais de 70 músicos e produção multimídia (ao lado do maestro Silvio Viegas e do produtor e diretor de cenas de óperas Henrique Passini); Regente, Arranjador e Diretor da Orquestra do DVD – Cálix e Orquestra; Regente do Projeto “Concerto para Curvas, Sinos e Anjos" - Direção Musical de Paulo Santos e participação de músicos como Décio Ramos e Paulo Santos do Uakti; Arranjador, maestro e co-produtor do disco Trilhas Imaginárias do flautista Renato Savassi; Guitarrista, vocalista, violonista, baixista, compositor e violoncelista da banda Cartoon desde 2002 com a qual gravou 2 cds e participou da Canadian Music Week em Toronto - 2012; Ao lado da Orquestra Ouro Preto, participou de inúmeros concertos, como guitarrista, em concertos que homenagearam os Beatles e com a mesma orquestra, fez alguns concertos ao lado de Alceu Valença, em homenagem ao mesmo (Valencianas).

Release do Coral:

O Grupo Orguel Musical é formado por funcionários das empresas do Grupo Orguel, em sua maioria especializadas na venda e locação de máquinas para construção civil. O Grupo conta com um coral de 12 vozes acompanhado de uma banda de 5 músicos: baixo, percussão (2 músicos), teclado e flauta/Trompete. Tem como regente o maestro Rodrigo Garcia e a Direção Artística de Renato Savassi. Com mais de 3 anos de existência o Grupo Orguel Musical tem agradado bastante ao público por onde passa. Grande sucesso fizeram suas apresentações no Automóvel Clube, na Assembléia Legislativa de Minas Gerais, no restaurante Xapuri, no Centro de Convivência de Vespasiano, nos Centros Culturais Venda Nova, Pampulha e São Bernardo,no Mercado Distrital do Cruzeiro, na Feira de Artesanato de Lagoa Santa, etc. Em Novembro de 2012 o grupo se apresentou em grande estilo na Sala Juvenal Dias – Palácio das Artes, com casa cheia. Em Dezembro de 2013 o grupo realizou um grande show na Praça da Liberdade, dentro da programação do evento “BH Capital do Natal”, que contou com um público de cerca de 1000 pessoas. Para 2014 está previsto o lançamento do primeiro CD do Grupo, que já está gravado e encontra-se em fase de mixagem.

Foto

Grupo Vocal Compasso22 da APM do Col. Santa Maria - São Paulo /SP

Foto

Regente: Rosana Massuela

Regente Rosana Massuela • Atuou na Chefia de Difusão Cultural da Secretaria de Cultura do Município de Diadema e posteriormente como Assessora da Área de Música e Coral, supervisionando e coordenando a implementação de projetos de formação artístico- culturais em centros culturais do município. • Experiência em regência coral para grupos independentes, coros de empresas, escolas e grupos vocais, canto coral infanto juvenil, adulto e melhor idade. • Consultora e Assessora na área de música para instituições públicas e privadas. • Diretora da ALACC São Paulo - Associação Latino Americana de Canto Coral • Experiência na condução de cursos e oficinas no Brasil e exterior para formação de profissionais na área de musica e regência coral.

Release do Coral:

Grupo Vocal Compasso 22/ Regente Rosana Massuela Grupo Vocal Compasso 22 Formado pela APM do Colegio Santa Maria em 2003 tem na sua maioria integrantes que são pais, mães e convidados dos alunos do Colegio. Possui um repertório eclético que privilegia os compositores e arranjadores da musica popular brasileira Seus arranjos vocais e apresentações são integradas as diversas linguagens artisticas somando à música elementos cênicos (dança, iluminação, cenário, figurino, textos, etc.) , com muito humor, alegria e prazer em cantar. Em 2012 realizou sua primeira Turne Internacional em Buenos Aires,se apresentou no Congresso Nacional de Buenos Aires em San Telmo e na Cidade de La Mantanza, onde ganhou Premio de Melhor Grupo Coral eleito pelo Voto Popular. Rosana Massuela , Maestrina do Grupo Vocal Compasso 22 da APM do Colégio Santa Maria rege o grupo desde sua fundação..

Foto

Imperial coro do Penedo - Penedo/Alagoas

Foto

Regente: José Manoel da Silva Junior

Maestro Manoel Junior, natural de Maceió/AL, há 08 anos atua na área de regência coral no Estado de Alagoas. Em sua carreira funcional Manoel Junior cursou com o Professor e Maestro André Vital da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Regência Barroca I e II. Participou do Curso de Regência com a Professora e Maestrina Valéria Matos da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Teve aprimoramentos de sua regência com o Maestro Gustavo Campos Lima, e participou do Curso de Extensão em Musica pela UFAL no Espaço Cultural. Atualmente é regente e ensaiador dos seguintes coros da capital das Alagoas: Imperial Coro do Penedo, Coro Ângelus e Coro Eru Dictus. Atua como Regente Adjunto, corista e ensaiador do Coro Prisma de Maceió; canta e é ensaiador do CORUFAL - Coro da Universidade Federal de Alagoas. Dos exercícios elementares de conhecimentos dos sons básicos à harmonia de todas as notas, o maestro Manoel Junior fez o caminho para alcançar esse Objetivo Máximo Definido: a música, a única linguagem que se sobrepõe à mística das guerras e das religiões.

Release do Coral:

O Imperial Coro do Penedo foi criado por um grupo de penedenses para desenvolver a cultura musical na região do Baixo São Francisco. Um coral independente que tem na sua estrutura formal 22 componentes, apresentando repertórios ecléticos dinâmicos com ênfase no nativismo nordestino, preparados com apoio técnico do maestro Manoel Junior, um jovem maceioense que dispõe de seu tempo integral para o Imperial Coro do Penedo. Um coral pequena empresa de produtores culturais exercitando ações culturais ousadas, inteirando um circuito musical que vai desde o centro de cultura musical, músicas educativas nas escolas e em empresas particulares, criação de novos grupos musicais, realizações de Festivais em Penedo com dimensão internacional de canto coral, e honrando a representação do Baixo São Francisco em festivais de outros países. EVENTOS DE DESTAQUE: 2005-Festival de Tradições Populares de Penedo – AL 2005 – 3º Festival Internacional de Corais em Belo Horizonte – MG 2005 - Festival de Tradições Populares em Penedo-AL 2005 - Festival de Coros de Penedo – AL 2006 - Festival em homenagem aos 50 anos da Cooperativa Pindorama – AL 2006 - Festival Internacional de Coros em Maringá – PR 2006 –Festival Nacional de Musica Sacra em Penedo– AL 2007 - Festival Nacional de Canto Coral em Penedo –AL 2007 -Festival de Canto Coral Empresas em Recife –PE 2008 - Festival Internacional de Corais em Belo Horizonte - MG 2008- Festival de Bom Jesus dos Navegantes em Penedo- AL 2009-Festival de Canto Coral em Penedo - AL 2010 - Festival Nacional de Canto Coral em Penedo- AL 2010 – Festival Internacional de Coros em Maceió – AL 2010-Festival de Canto Coral em Traipu –AL 2011-Festival Internacional de Corais em Recife –PE 2012-Festival Nacional de Canto Coral em João Pessoa-PB 2012- Festival Nacional de Coros em Maceió - AL 2013 - Natal de Luz em Penedo - AL 2014 - Festa de Bom Jesus dos Navegantes - Penedo - AL

Foto

Nós de Minas - Coronel Murta/Minas Gerais

Foto

Regente: Luciano Silveira

Luciano de Souza Silveira é ator,pesquisador diretor e regente de corais. Ele fundou os corais: ARARAS GRANDES (Araçuaí), NÓS DE MINAS(Coronel Murta), BEM TI VI (Virgem da Lapa), FLOR DA TERRA (Francisco Badaró) entre outros por várias cidades do Vale do Jequitinhonha. Atualmente está como diretor de cultura da cidade de ARAÇUAÍ -MG

Release do Coral:

: Grupo formado por um grupo de crianças e adolescentes, num total de 26 pessoas, a maioria descendentes do Negros, que vem a quase dez anos representando o municípiode Coronel Murta em apresentações culturais e nos festivais culturais. Tem no seu repertório canções de domínio popular, pesquisadas na comunidade, música regional e a boa MPB. Ao longo da existência do coral, ele já teve a oportunidade de apresentar com o renomado cantor cultural Rubinho do Vale , Carlos Farias, Pereira da Viola entre outros .Tem como músico responsável Luciano Silveira, sob a coordenação de Eliete Araujo

Foto

Turnê Coral Canto & Vida - Belo Horizonte/Minas Gerais

Foto

Regente: Juracy Ferreira Campos Cunha

Regente:Juracy Ferreira Campos Cunha. Experiencia : Curso Superior • Odontologia em 1971 Cursos de Extensão • Curso de Técnica de Chefia e Liderança/Aperfeiçoamento realizado no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) – departamento regional de Minas Gerais em 09 de dezembro de 1985, com carga horária de 10 horas de duração, e as disciplinas: 1- Relações Interpessoais 2- Comunicação Humana e Organizacional 3- Liderança de Reuniões 4- Estilos Gerenciais 5- Tomada de Decisão CERTIFICAÇÕES: FEMICOR – FEDERAÇÃO MINEIRA DE CORAIS 15° Encontro de Corais Mineiros. Belo Horizonte, 21 de novembro de 2003. CLUBE DOS OFICIAIS Projeto Quinta Cultural – Nossos Concertos em 2004 CURSOS: XXIII Laboratório Coral de Itajubá UNIFEI – Universidade Federal de Itajubá. Regência de Coral: 60 horas/aula Realizado de 18 a 24 de Julho de 2010 Oficina Coral 2011 – Ministério da Cultura Didática aplicada à Técnica Vocal e à Percepção Musical, Técnica de Regência e Dinâmica de Coral: 104 horas/aula Coordenação – Maestro Márcio Miranda Fontes Realizado entre abril e dezembro de 2011 • "Direção Musical e Dinâmica" em Regência com o professor Márcio Miranda completando agora em 2013 384 horas. Estágio Oficina Coral 2011 – Ministério da Cultura Cine Teatro Capucho – Vespasiano/MG Direção Musical e Dinâmica – Maestro Márcio Miranda Pontes Regência das seguintes obras: Tolite Hostias (Camile Saint-Saëns), De Colores (Paulo Roberto), Divina Música – do filme “A Noviça Rebelde” (Richard Rodgers e Oscar Hammerstein II) Realizado no dia 10 de novembro de 2011 FESTIVAIS: CONCERTO NO GRANDE TEATRO DO PALÁCIO DAS ARTES Participação da Orquestra Sinfônica da Policia de Minas Gerais. Belo Horizonte 06 de Setembro de 2004 CANTA BRASIL – FESTIVAL INTERNCIONAL DE CORAIS São Lourenço, 20 de agosto de 2006. 4° FESTIVAL DE CORAIS DE BELO HORIZONTE Realizado nos dias 22 a 30 de Setembro de 2006. • Congresso "Palma Acadêmica" Sessão Solene de premiação dos médicos agraciados no concurso de EXCELÊNCIA MÉDICA 2012 e outros.

Release do Coral:

O Turnê Coral Canto & vida, fundado no ano 2000, realiza atividades culturais e sociais por todo Estado de Minas Gerais. Formado por amigos, a composição deste coral se deve ao desejo de sua fundadora Juracy F. C. Cunha de manifestar a arte e a musica mineira, desempenhando uma forma de viver e de sentir útil aos seus integrantes e participantes. Além da performance musical, o coral é engajado em projetos sociais, participando e promovendo eventos beneficentes, apresenta em festivais, Igrejas, missas, casamentos, bodas, congressos e em vários eventos sociais.

Foto

Vocal Nonino da Univ. Nacional de Villa María - Villa María/Córdoba

Foto

Regente: Maestrina Cristina Gallo

Formada em Córdoba, Argentina, como Professora Superior de Piano. Estudou Regência Coral com o Maestro Néstor Andrenacci em Buenos Aires entre 1995 e 1998, se aperfeiçoando em cursos com os Maestros Werner Pfaff (de Alemanha) e Josep Prats (de España). Estudou na Universidade de Santiago de Compostela (Espanha) em 1998 obtendo Premio Andrés Segovia. Em dezembro de 2011 obteve o titulo de Magister em Interpretação de Música Latinoamericana Contemporánea com Especialidade Regência Coral pela Universidade Nacional de Cuyo, sendo a primeira maestrina em obter essa especialidade na Argentina. O estudo esteve dedicado à obra coral afro-brasileira do compositro mineiro Carlos Alberto Pinto Fonseca. Desde 1997 é professora de Canto Coral e Regência Coral da Universidad Nacional de Villa María. Desde sua conformação, em setiembro de 1998, é a diretora do Coro “Nonino” da mesma instituição. É socia fundadora da Asociação de Regentes de Coro da República Argentina ADICORA, e entre 2009 e 2012 foi Secretaria Geral da administração nacional. Também participa como juri em concursos de regentes de coro e ensina ténica gestual e repertórios argentino e brasileiro popular e académico. En março de 2009 conformou Coral Mediterráneo, agrupação integrada por músicos de diversas especialidades que moram em Villa María e Córdoba, dedicada principalmente á música coral contemporânea argentina e latinoamericana. Coral Mediterrâneo participou do FIC em 2012 e 2013.

Release do Coral:

Vocal Nonino é um grupo seleto de cantores que fazem parte do Coro Nonino da Universidade Nacional de Villa María, na provincia de Córdoba, Argentina. O Coro tem 15 anos de trabalho continuo especialmente dedicados à música popular da Argentina e de Latinoamérica, na maior parte arranjada por alunos do curso de composição. Os oito cantores têm uma intensa atividade musical em particular e artística em geral.. Juliana e Daniela são clarinetistas. Daniela, além de Federico e Julieta, são regentes de corais de crianças e de jovens, Matias e Ignácio tocam o violão, Luciano a batería. À excepção de Manuela, que está concluindo o curso de desenho e produção audiovisual, todos são alunos avançados de composição. Cristian também foi cantor do coral e desde 2013 pianista do grupo.