O Coral foi criado em 2000 com o apoio da Organização dos Aposentados e Pensionistas da Universidade Federal de Minas Gerais (OAP UFMG), estando aberto aos associados e a pessoas da comunidade. Apresentou-se no Festival de Inverno de Ouro Preto em 2001, juntamente com grande elenco, cantando a Ópera Orpheo e Eurídice, de Gluck, com orquestra regida pelo maestro Márcio Miranda Pontes. Apresenta-se no Conservatório da UFMG e como parte de Concertos de Primavera e de Outono da OAP. Tem participado das várias edições do Festival Internacional de Corais de Belo Horizonte, assim como de outros festivais e eventos corais de Belo Horizonte e de algumas cidades mineiras. Leva seu apoio a casas de idosos e a hospitais. Seu repertório inclui peças do cancioneiro nacional e internacional, bem como obras clássicas de Verdi e Palestrina, entre outros.