O Coral Una Voz foi fundado em 1996 pela regente Juliana Grassi Pinto Ferreira, através de um projeto de iniciativa da Prefeitura Municipal de Itaúna. Desde então, realiza concertos e apresenta-se na cidade e região, com um repertório composto por músicas eruditas, populares e folclóricas de vários países. Já participou de diversos festivais de corais, entre eles o Febacor, Festival Bach de Corais de São Lourenço, o 5º. Circuito de Corais de Diamantina (2005), e o FIC-Festival Internacional de Corais edições 2009, 2010, 2011 e 2016 em Belo Horizonte, Ouro Preto, Inhotim (Brumadinho) e Ermida de Nossa Senhora da Piedade (Caeté), respectivamente. Entre outros trabalhos, vem dedicando-se ao projeto "Viva a Música do centro-oeste mineiro" que reúne compositores, cantores e instrumentistas de Pitangui, Pará de Minas e Itaúna, com o objetivo de somar esforços para o crescimento e a difusão da cultura musical do centro-oeste mineiro que teve como primeiro registro o Cartão CD “Feliz Natal”, lançado em 2010. Em 2013, o coral Una Voz ganha nova direção, tendo à frente a regente Juliana Lima, e participa de vários concertos em parceria com os corais Arte Nossa de Pará de Minas e Palestrina de Itatiaiuçu. Em 2014 realiza o I Encontro de Corais de Itaúna e, em 2015, entre outros trabalhos participa, juntamente com vários outros corais do estado de Minas Gerais, de um coral de 300 vozes, formado para homenagear o Governador Alberto Pinto Coelho em solenidade no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte. Em 2017, é selecionado para a série “Quatro Cantos Coral na Praça”, realizado pelo Coral BDMG, se apresentando na Basílica de Lourdes, em Belo Horizonte.